Trump rejeita nova acusação de abuso sexual contra Brett Kavanaugh

Michael Reynolds / EPA

Presidente americano chama de “mentira” artigo do ‘New York Times’ com novo testemunho de suposto abuso sexual cometido pelo juiz indicado por ele para a Suprema Corte. Democratas pedem impeachment do magistrado.

O presidente dos EUA, Donald Trump, rejeitou neste domingo (15/09) pedidos de democratas por um impeachment do juiz da Suprema Corte dos EUA Brett Kavanaugh, após uma nova reportagem sobre acusações de abuso sexual contra o magistrado.

Trump, que defendeu ferozmente Kavanaugh durante seu controverso processo de confirmação, descartou a nova acusação como “mentira”. No Twitter, ele afirmou que Kavanaugh “deveria começar a processar pessoas por difamação, ou o Departamento de Justiça ir em sua ajuda”.

Durante o processo de confirmação da indicação de Kavanaugh para o Supremo, em outubro de 2018, ele foi acusado por duas mulheres de abuso sexual nos anos 80, época em que era estudante na Universidade de Yale. Kavanaugh desmentiu veementemente as acusações, que prejudicaram o processo para sua confirmação.

As últimas alegações de má conduta sexual contra Kavanaugh surgiram como parte de uma investigação de 10 meses do jornal The New York Times. Em um artigo publicado no periódico neste sábado, Max Stier, um ex-colega de Yale, disse que viu Kavanaugh numa festa no dormitório universitário em que amigos “empurraram o pênis dele na mão de uma aluna”.

Esse novo testemunho corrobora uma acusação feita por Deborah Ramirez, uma ex-colega Kavanaugh em Yale, ainda durante o processo de confirmação de Kavanaugh no ano passado. Ela afirmou que Kavanaugh expôs suas partes íntimas a ela durante uma festa de bebedeira na universidade.

O artigo do The New York Times informa que pelo menos sete pessoas, incluindo a mãe de Ramirez, tinham ouvido sobre o incidente muito antes de Kavanaugh se tornar juiz. Kavanaugh negou as acusações de Ramirez durante sua audiência de confirmação do Senado.

O jornal afirma que Max Stier notificou senadores americanos e o FBI sobre o incidente, mas que o FBI não investigou o caso.

Pelo menos três pré-candidatos presidenciais democratas pediram o impeachment de Kavanaugh após a reportagem do The New York Times.

A senadora democrata Kamala Harris, da Califórnia, disse que no Twitter que “Brett Kavanaugh mentiu para o Senado dos EUA e, mais importante, para o povo americano. Ele tem que sofrer impeachment”.

Os republicanos atualmente controlam o Senado, tornando virtualmente impossível um impeachment de Kavanaugh, que foi nomeado por Trump.

A senadora e pré-candidata à Presidência pelo Partido Democrata Elizabeth Warren, tuitou: “Essas novas revelações são perturbadoras. Assim como o homem que o nomeou, Kavanaugh deve sofrer impeachment.”

Os comentários foram semelhantes aos de Julián Castro, ex-secretário de Habitação dos EUA e também pré-candidato democrata, no sábado à noite. “Está mais claro do que nunca que Brett Kavanaugh mentiu sob juramento“, tuitou. “Ele deve sofrer um impeachment, e o Congresso deveria rever a falha do Departamento de Justiça em investigar adequadamente o assunto.”

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Opositor belarusso é achado morto na Ucrânia

Ativista Vitaly Shishov ajudava compatriotas a fugir da perseguição do regime de Alexander Lukashenko, considerado o último ditador da Europa. Polícia investiga possível assassinato encenado como suicídio. Um ativista de Belarus foi encontrado morto nesta terça-feira …

Polônia concede visto humanitário a atleta olímpica e alimenta tensões com Belarus

A Polônia concedeu nesta segunda-feira (2) um visto humanitário para a atleta olímpica bielorrussa Krystsina Tsimanuskaya. A jovem afirma que estava sendo obrigada a deixar o Japão após ter criticado sua equipe e temia …

EUA e Reino Unido teriam dado 'luz verde' a Israel para retaliar Irã após ataque a petroleiro

Irã rejeitou o envolvimento do país no ataque contra o petroleiro Mercer Street no mar Arábico que ocorreu na quinta-feira (29), condenando as acusações lançadas pelo governo israelense. Tel Aviv teria recebido "luz verde" de Washington …

Incêndios causam mortes e devastação no sul da Europa

A União Europeia EU) enviou ajuda para a Turquia nesta segunda-feira (02/08), e voluntários se juntaram a bombeiros na luta contra fortes incêndios que já duram seis dias e mataram oito pessoas no país. Em …

Golpe militar em Mianmar completa seis meses e já resultou em quase mil mortes de civis

Aterrorizados pela repressão da junta militar e pela propagação do coronavírus, poucos birmaneses se atreviam a ir às ruas para protestar neste domingo (1º), quando completam-se seis meses do golpe de Estado que mergulhou …

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …