Em “nome da nação”, Trump pede desculpas a Kavanaugh pelo “sofrimento terrível”

Shawn Thew / EPA

O presidente dos Estados Unidos pediu desculpas, em nome do país, a Brett Kavanaugh, que é acusado por três mulheres de agressão sexual. Donald Trump mencionou o “sofrimento terrível” que o juiz teria passado.

“Em nome da nossa nação, desejo apresentar desculpas a Brett e ao conjunto da família Kavanaugh, pela dor e pelo sofrimento terríveis que foram obrigados a suportar”, declarou Trump na Casa Branca, antes do juramento do juiz, de 53 anos, confirmado no sábado (6) pelo Senado, depois de uma intensa luta política.

Trump declarou também que Kavanaugh tinha sido “apanhado em uma falsificação montada pelos democratas”, considerando que as alegações de má conduta sexual contra o juiz “foram todas falsificadas, [o caso foi] fabricado e é uma desgraça”.

Kavanaugh foi acusado por várias mulheres de agressão sexual, incluindo uma professora universitária californiana, que testemunhou sob juramento que Kavanaugh tentou atacá-la durante uma festa de colégio há décadas. Kavanaugh negou todas as alegações.

Com todos os juízes presentes, o presidente norte-americano declarou que Kavanaugh foi vítima de uma “campanha de destruição política e pessoal baseada em mentiras”. “Sob escrutínio histórico, [Kavanaugh] foi provado inocente”, declarou Trump, que tinha chegado a considerar credível o depoimento da professora.

Fraude fabricada pelos democratas

Durante uma cerimônia de posse transmitida para as câmeras, Kavanaugh assegurou ao público norte-americano que será “justo e imparcial”, afirmando que o Supremo Tribunal “não é uma instituição política ou partidária”.

“O Supremo Tribunal é uma equipe de nove pessoas. E eu sempre serei um membro da equipe, dessa equipe de nove. O processo de confirmação no Senado foi controverso e desgastante. Esse processo acabou”, declarou.

O Senado norte-americano ratificou no sábado a indicação de Kavanaugh, numa votação acirrada (50-48).

Foi, assim, o fim de um processo de indicação que desencadeou protestos em massa, uma investigação do FBI e uma avaliação nacional sobre poder, gênero e agressão sexual. Ocorre também a menos de um mês de eleições, a meio mandato, que vão determinar que partido vai controlar o Congresso.

Os democratas da Casa dos Representantes prometeram aprofundar as investigações sobre as denúncias de várias mulheres contra Kavanaugh se ganharem a maioria nas eleições intercalares de novembro.

No Senado, os republicanos detêm uma maioria de 51 para 49, com vários assentos em disputa no escrutínio do próximo mês. À exceção do senador da Virgínia Ocidental Joe Manchin, todos os democratas votaram contra a indicação do novo juiz para o Supremo Tribunal dos Estados Unidos.

Ao deixar a Casa Branca ao início do dia para uma viagem à Florida, Trump afirmou que Kavanaugh foi “pego em uma fraude fabricada pelos democratas“.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Macron visita Beirute devastada e cobra reformas no Líbano

Presidente francês visita local da explosão e ouve apelos por mudanças por parte da população, para quem o desastre é consequência de anos de corrupção, caos público e má gestão. O presidente da França, Emmanuel Macron, …

Após ser engolido, besouro consegue escapar do intestino dos sapos

Uma pesquisa mostrou que o besouro aquático Regimbartia attenuata tem a capacidade de sobreviver ser engolido por um sapo. Todos já ingerimos coisas que parecem querer sair correndo de dentro de nós, mas deve ser muito …

Disney+ chegará à América Latina em novembro

Ao divulgar que ultrapassou a marca de 60 milhões de assinantes, a Disney também reforçou uma informação que traz esperança a muita gente: o Disney+ deve mesmo chegar à América Latina em novembro. A informação foi …

China exorta Trump a não abrir 'caixa de Pandora' com aquisição do TikTok

China apela aos EUA que não abram a caixa de Pandora, exigindo vender a companhia TikTok, eles serão os próprios culpados pelas consequências, declarou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Wang Wenbin. O presidente …

Twitter bloqueia conta oficial de campanha de Trump

O Twitter anunciou nesta quarta-feira (5) ter bloqueado temporariamente a conta oficial da campanha de reeleição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por conta de um tuíte que continha informação equivocada sobre a …

Líbano inicia luto nacional e recebe ajuda internacional

Diversos países enviam suprimentos médicos a Beirute. Presidente da França chega ao Líbano para avaliar situação. Megaexplosão deixou ao menos 137 mortos, incluindo diplomata alemão, e mais de 5 mil feridos. Beirute amanheceu nesta quinta-feira (06/08) …

StarShip finalmente levanta voo: a nave que um dia levará cem humanos para Marte e Lua

A SpaceX fez um lançamento de teste com sucesso do seu gigantesco protótipo do StarShip SN5 em Boca Chica, Texas (EUA), a uma altura planejada de 150 metros. A massiva torre de aço inoxidável flutuou no …

EUA conduzem lançamento de teste do míssil balístico Minuteman III

O projétil não tinha ogiva de combate, mas era equipado com três veículos recuperáveis que foram submetidos a testes. Militares dos EUA lançaram na manhã desta terça-feira (4) um míssil balístico Minuteman III a partir da …

Beirute soma mais de 100 mortos e 4000 feridos após explosões

O Líbano vive nesta quarta-feira (5) um dia de luto nacional, após as explosões na região portuária de Beirute, na tarde de ontem. A tragédia soma pelo menos 100 mortos, 4.000 feridos e 300.000 …

Mensagem na areia salva marinheiros desaparecidos no Oceano Pacífico

Trio de marinheiros que havia se desviado de rota e ficado sem combustível foi localizado numa pequena ilha da Micronésia após três dias. Aeronaves avistaram sinal gigante de SOS escrito na areia da praia. Três homens …