Senado dá luz verde para votação da indicação de Brett Kavanaugh para o Supremo dos EUA

ninian_reid / Flickr

O magistrado conservador Brett Kavanaugh

O magistrado conservador, escolhido pelo presidente dos EUA, conquistou uma primeira votação do Senado no processo de confirmação para juiz do Supremo Tribunal, com 51 votos contra 49.

Uma senadora republicana, Lisa Murkowksi, se opôs à confirmação do magistrado nesta votação preliminar que dá uma indicação da votação final, que deverá decorrer no sábado.

Dois outros senadores, republicanos moderados, Susan Collins e Jeff Flake, se pronunciaram a favor de Brett Kavanaugh, assim como o senador democrata Joe Manchin.

Pelo menos 302 pessoas foram detidas na quinta-feira (4) por protestarem ilegalmente dentro do edifício do Senado dos EUA contra a indicação de Kavanaugh para juiz Supremo Tribunal, informaram as autoridades norte-americanas.

De acordo com a polícia dos EUA, os manifestantes começaram a protestar nos degraus do Capitólio, edifício onde se encontram o Senado e a Câmara dos Representantes.

Contudo, e depois de as autoridades bloquearem os degraus, os manifestantes se dirigiram para dentro do átrio do Hart Senate Office Building, um de três edifícios de escritórios do Senado norte-americano.

Na quinta, o líder da maioria republicana do Senado norte-americano, Mitch McConnell, anunciou que a Câmara alta vai votar no sábado sobre a indicação para o Supremo tribunal do juiz Brett Kavanaugh e na sequência da investigação do FBI.

“O que sabemos de certeza é que a investigação do FBI não corrobora nenhuma das acusações contra o juiz Kavanaugh. E, segundo, que temos por certo de que nada do que façamos agradará aos democratas”, afirmou McConnell em coletiva de imprensa, acompanhado por outros senadores republicanos.

Kavanaugh foi acusado publicamente por três mulheres de abusos sexuais, entre elas Christine Blasey Ford, que há uma semana contou sua versão em uma audiência pública perante o Senado sobre fatos que supostamente ocorreram durante uma festa em 1982.

A débil maioria dos republicanos na Câmara alta, com 51 em 100 lugares, implica não permitir que quase nenhum dos representantes esteja ausente da votação, por necessitarem de pelo menos 50 votos para a confirmação de Kavanaugh.

No entanto, e após a investigação do FBI, que apenas se prolongou por cinco dias, dois dos senadores que questionavam seu voto, Susan Collins e Jeff Flake, consideraram que os dados fornecidos pela investigação não confirmam as acusações contra o juiz indicado pelo presidente Donald Trump.

“Essa pessoa está muito bem qualificada: é alguém que crê nos princípios das garantias processuais, a presunção de inocência e a disposição para servir. Por isso, o juiz Kavanaugh deve ser confirmado no sábado, assegurou o presidente do comitê judicial da Câmara alta, Chuck Grassley, que dirigiu a avaliação.

No entanto, a pressão social contra a confirmação de Kavanaugh foi reforçada nos últimos dias, com centenas de mobilizações em todo o país.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

"Mafalda" perde seu criador, Quino, aos 88 anos

O criador de Mafalda, o cartunista argentino Quino, morreu aos 88 anos. O icônico ilustrador e humorista marcou a vida argentina e do mundo todo com a criação da pequena menina com grandes ideias que …

Muito além de Netuno: objeto binário choca cientistas por ter partes orbitando muito perto

Um objeto transnetuniano (TNO, na sigla em inglês) binário foi detectado por uma rede de observação nos EUA. Objetos transnetunianos consistem em pequenos corpos gelados que orbitam o Sol a uma distância longínqua, para além …

Acusados de financiar terrorismo na Síria com bitcoins são detidos na França

A Procuradoria Nacional Antiterrorista (PNAT) da França anunciou a detenção nesta terça-feira (29) de 29 pessoas acusadas de transferir recursos a jihadistas na Síria graças a um circuito sofisticado no qual foram utilizadas criptomoedas. A …

Donald Trump e Joe Biden travam debate caótico

Xingamentos e interrupções marcam primeiro duelo direto. Trump se recusa a condenar racistas, e Biden chama presidente de palhaço e mentiroso. Democrata sinaliza que pretende retaliar Brasil por devastação ambiental. Faltando pouco mais de um mês …

Flight Simulator tem um bug com buraco bizarro no mapa do Brasil

Vejam só: encontraram um bug respeitável na edição 2020 de Flight Simulator, o respeitado simulador de voo da Microsoft. E, para o nosso orgulho, a falha se localiza especificamente no Brasil. Se você sobrevoar as coordenadas …

Médica fez viagem institucional para impedir aborto de criança vítima de estupro e Damares teria atuado nos bastidores

Uma reportagem da Folha de São Paulo afirmou que uma das médicas que trabalhou para impedir o aborto legal de uma criança de 10 anos que foi estuprada em São Mateus, ES, confessou, em entrevista, …

COVID-19: produção de vacina pode causar morte de meio milhão de tubarões, alertam especialistas

Óleo natural feito a partir do fígado dos tubarões é um componente-chave entre os ingredientes utilizados por vários candidatos a vacina contra a COVID-19. A Shark Allies, uma organização de defesa aos tubarões, da Califórnia, EUA, …

Quem é Amy Barrett, a indicada de Trump para Suprema Corte?

Se aprovada pelo Senado, atual juíza federal e católica devota poderá influenciar a vida pública dos EUA por décadas e mover de vez a composição da Corte para uma orientação conservadora. Se no Brasil o presidente …

Uber ganha 18 meses de licença para atuar em Londres

Após uma longa batalha jurídica, a Uber ganhou uma licença para restabelecer suas operações em Londres pelos próximos 18 meses. Em novembro de 2019, a empresa havia sido impedida de atuar na capital inglesa, depois que …

Testes de DNA da moda não identificam indígenas brasileiros

Testes de DNA estão na moda. Se você pensou em exames para comprovar paternidade ou algo nesse sentido: não é disso que estamos falando (embora pudéssemos). A nova tendência — entre aqueles que têm condições para …