O mundo pode ficar sem água até 2050

Um relatório da gigante multinacional Nestlé elaborado em 2009 e recentemente disponibilizado na página WikiLeaks revela uma situação preocupante: o Mundo está ficando sem água. Essa pesquisa foi enviada para oficiais do governo estadunidense em caráter secreto.

A empresa considerou como limite global sustentável máximo o consumo de 12.500 quilômetros cúbicos de água potável por ano – em 2008, foi registrado o uso de 6.000 quilômetros cúbicos -, mas ao que parece, o aumento da demanda tornará impossível a manutenção dessa quantidade.

Os principais responsáveis pelo grande aumento do consumo da água são a crescente população a nível mundial, a intensificação do consumo de carne e as novas demandas de biocombustível.

A Nestlé acredita que cerca de um terço do mundo irá sofrer com a escassez de água em 2025 e os problemas serão mais severos nas regiões do Oriente Médio, norte da Índia, norte da China e oeste dos Estados Unidos.

Uma verdadeira catástrofe está prevista para 2050, quando a falta de água será global.

Para evitar que o consumo de água potável se intensifique ainda mais, a companhia sugere três medidas:

  • a criação de um mercado virtual para controle do recurso (bastante conveniente se considerarmos que seria a própria Nestlé uma das principais empresas a atuar no mercado);
  • eliminação de subsídios e medidas preferenciais dadas à produção de biocombustíveis; adoção geral de plantas modificadas geneticamente que requeiram menos água em sua manutenção
  • liberalização do comércio da agricultura por todo o globo (o que também resultaria em grandes vantagens para os produtores gigantes).

O Banco Mundial confirma a existência de uma crise sem precedentes, causada pelo aumento populacional e econômico, revelando que, atualmente, cerca de 1,6 bilhões de pessoas enfrentam a escassez de água – número que pode dobrar até 2025.

Hoje, 70% do consumo de água é destinado para a agricultura e para atender a uma população que chegará a 9 bilhões em 2050 será preciso aumentar a produção em 40% – o que significará 15% a mais no fornecimento de água -, isso sem falar na necessidade de se gerar mais energia elétrica.

Um relatório publicado em maio deste ano revela que as mudanças climáticas serão responsáveis pela piora da escassez de água, podendo custar, para algumas regiões, o equivalente a 6% de seu PIB, resultando em processos de migração e conflitos, os quais podem também se intensificar por conta do aumento do preço de alimentos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Asteroide passa ‘raspando’ pela Terra e chega mais perto de nós do que satélites de TV

Por pouco não tivemos a ‘visita‘ de um asteroide na manhã desta quinta-feira (24). O evento era, basicamente, a cereja do bolo do que está sendo o anos de 2020. Quase! O objeto, chamado de ‘2020 …

Sarcófago de 'supervisor dos tronos' é desenterrado no Egito

Um sarcófago de pedra calcária e várias estatuetas funerárias ushebti foram descobertas na cidade egípcia de Minya, por uma missão arqueológica do país, liderada por Mostafa al-Waziry, o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades do …

Trump não se compromete com transferência pacífica de poder

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recusou-se a se comprometer com uma transferência pacífica de poder caso seja derrotado na eleição presidencial de 3 de novembro. "Vamos ver o que vai acontecer", disse Trump, ao …

TikTok impõe restrições em anúncios de emagrecimento para combater gordofobia

O TikTok anunciou nesta quarta-feira (23) uma série de novas regras que restringem a veiculação de anúncios de aplicativos e suprimentos de emagrecimento dentro da plataforma. Segundo o comunicado oficial da rede social, o objetivo das …

Volkswagen vai indenizar ex-trabalhadores que denunciaram ditadura militar no Brasil

A subsidiária da montadora alemã Volkswagen anunciou que vai indenizar ex-trabalhadores por violações de direitos humanos no Brasil. Como reconhecido pela própria empresa, seus serviços de segurança interna colaboraram com a ditadura militar brasileira …

Coreia do Sul acusa Norte de ter matado brutalmente um de seus funcionários desaparecido

A Coreia do Sul afirmou que um dos funcionários de seu Ministério dos Oceanos e Pesca foi morto e queimado após ter desaparecido durante o serviço no mar. O funcionário de 47 anos teria desaparecido nesta …

Pedaço de gelo quase do tamanho do Recife se descola da última plataforma do Ártico

Um pedaço de quase 110 quilômetros quadrados de gelo se desprendeu da última plataforma de gelo da Groenlândia, chamada de Nioghalvfjerdsfjorden ou 79N. A título de comparação, o tamanho da parte que se soltou equivale …

Blue Origin quer criar habitats espaciais comerciais já na década de 2020

Parece que a Blue Origin, empresa de Jeff Bezos focada em voos espaciais comerciais, está mesmo querendo entrar no novíssimo e vindouro mercado de habitats na órbita da Terra — e pode ter a NASA …

Brasil é líder em conflitos socioambientais na Amazônia

Dono da maior extensão de Floresta Amazônica, o Brasil também é campeão em conflitos socioambientais na região. Um levantamento inédito comparando a situação de quatro países mostrou que, dos 1.308 confrontos registrados em 2017 e …

Lukashenko toma posse em cerimônia secreta em Belarus

O presidente de Belarus prestou juramento, nesta quarta-feira (26), em uma cerimônia mantida em sigilo. Este é o sexto mandato do chefe de Estado, no poder há 26 anos. "Alexander Lukashenko prestou juramento no idioma bielorrusso, …