O protesto de modelo contra ‘camisas de força’ em desfile da Gucci em Milão

Ayesha Tan-Jones, modelo da Gucci, fez um protesto silencioso no domingo (22/09) durante o desfile da marca na Semana de Moda de Milão.

O alvo da manifestação era o uso “ofensivo e insensível” de macacões brancos que lembravam camisas de força no desfile.

Tan-Jones, que se identifica como não-binário (que não pertence a um gênero exclusivamente), levantou os braços na passarela para mostrar a mensagem que tinha escrito na palma das mãos: “Saúde mental não é moda”.

“Como artista e modelo, que enfrentou suas próprias batalhas com a saúde mental, assim como familiares e entes queridos com depressão, ansiedade, bipolaridade e esquizofrenia, é ofensivo e insensível uma grande marca, como a Gucci, usar imagens assim como um conceito de moda fugaz“, escreveu Tan-Jones em sua conta no Instagram após o desfile.

A Gucci afirmou, por sua vez, que os estilistas tinham a intenção de representar “como o poder é exercido, por meio da moda, para eliminar a “.auto-expressão Segundo Tan-Jones, o estima associado aos problemas de saúde mental precisa acabar.

“As camisas de força são símbolo de uma época cruel na medicina, quando as doenças mentais não eram compreendidas, e os direitos e liberdades das pessoas eram tirados delas, enquanto eram abusadas ​​e torturadas nas instituições”, explicou.

É de mau gosto para a Gucci usar imagens de camisas de força e roupas que aludem a pacientes mentais, apresentados em uma passarela como se fossem pedaços de carne em uma fábrica.”

Em outra postagem na segunda-feira, Tan-Jones acrescentou que, juntamente com outras modelos que participaram do desfile, iria doar parte do cachê pago pela Gucci a instituições beneficentes de saúde mental.

“Muitas modelos da Gucci que participaram do desfile se sentiram como eu em relação a essa representação das camisas de força e, sem o apoio delas, eu não teria coragem de sair e protestar pacificamente“, declarou.

Em resposta, a Gucci afirmou que o figurino foi idealizado para ser uma espécie de contraponto às peças coloridas da coleção primavera/verão 2020. E informou que as roupas em questão, criadas para o desfile, não serão colocadas à venda nas lojas.

O protesto de Tan-Jones acontece poucos meses depois de a Gucci nomear Renée Tirado como chefe do seu recém-criado departamento de diversidade, motivada por dois incidentes polêmicos.

Em fevereiro, a grife foi obrigada a tirar de circulação um suéter considerado racista. A peça — que estava sendo vendida por US$ 890 (cerca de R$ 3,7 mil) — tinha uma balaclava preta, que cobria parte do rosto, e uma grande boca vermelha. De acordo com os críticos, o suéter se assemelhava ao chamado blackface, fazendo uma representação caricatural dos negros.

Em maio, a marca foi acusada de apropriação cultural por lançar um turbante de US$ 790 (cerca de R$ 3,3 mil) que lembrava os usados pelos sikhs. “O turbante sikh não é apenas um acessório de moda, é um artigo religioso sagrado da fé”, criticou pelo Twitter a Sikh Coalition, com sede nos EUA, na ocasião.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cientistas finalmente descobriram como capturar o espectro todo da luz solar para gerar hidrogênio

Pela primeira vez, cientistas da Universidade Estadual de Ohio (EUA) desenvolveram uma molécula que é capaz de coletar a energia de todo o espectro da luz solar. O processo, 50% mais eficiente que as atuais …

Você agora pode ouvir a voz de uma múmia de 3 mil anos

Com uso de tomografia computadorizada, impressão 3D e laringe eletrônica, pesquisadores do Reino Unido reconstruíram o trato vocal de uma múmia egípcia. Para a realização do projeto que teve início em 2013, foi preciso combinar medicina, …

Krakatoa, o inferno de Java: a erupção há 137 anos que foi sentida no planeta inteiro

Em 1883, o mundo presenciou um evento natural tão bombástico e violento que pôde ser notado de alguma forma por praticamente todos os habitantes do planeta. A erupção do vulcão Krakatoa, na Indonésia, lançou detritos a …

Educação e confiança fazem da Dinamarca país menos corrupto do mundo

Imagine poder almoçar tranquilamente num restaurante ou fazer compras enquanto deixa o seu bebê no carrinho, estacionado do lado de fora na calçada. Essa cena, que faz parte do cotidiano dos dinamarqueses, só é …

Brasil adianta ponteiros do Relógio do Juízo Final

O Relógio do Juízo Final teve seus ponteiros ajustados nesta quinta-feira (23/01) para a marca de apenas 100 segundos para a meia-noite, simbolizando o maior perigo para a humanidade registrado desde criação do dispositivo em …

Estudo comprova ligação entre estresse e cabelos brancos

Pesquisadores brasileiros e americanos investigaram processo de embranquecimento dos cabelos e concluem que estresse leva à liberação de substância que pode danificar células-tronco regeneradoras de pigmentos. Quando Maria Antonieta foi capturada durante a Revolução Francesa, consta …

Japão pretende desenvolver tecnologia ultrarrápida 6G até 2030

O governo japonês elaborará uma estratégia abrangente sobre as futuras redes de comunicação sem fio ultrarrápidas 6G e montou um painel para discutir o assunto, declarou ministra japonesa do Interior e Comunicações. O anúncio foi feito …

Tesla atinge valor de mercado de US$ 100 bi — e Musk receberá um grande bônus

A Tesla é uma das companhias mais promissoras do mundo, mas ainda gera dúvidas entre os investidores, devido aos problemas para atingir as metas de produção e polêmicos acidentes envolvendo seus veículos — além de …

Por que o príncipe da Arábia Saudita hackeou celular de Jeff Bezos, segundo investigação da ONU

Uma intriga internacional envolve, desde 2018, o homem mais rico do mundo e uma ditadura ultrafechada acusada de matar seus inimigos com requintes de crueldade. E, agora, o caso está sendo investigado por especialistas em …

Garoto de apenas 6 anos arrecada $270 mil para ajudar animais em incêndios australianos

Nos incêndios que devastaram algumas regiões da Austrália, mais de 1 bilhão de animais morreram. No esforço para salvar os animais resgatados e tentar, o mais rápido possível, lhes oferecer um novo lar, este garotinho …