O universo pode ser um loop gigante

Pablo Carlos Budassi / Wikimedia

Conceito artístico do aspecto de todo o Universo conhecido

Segundo um novo estudo liderado pelos cosmólogos Eleonora Di Valentino, da Universidade de Manchester (Reino Unido), Alessandro Melchiorri, da Universidade de Roma “La Sapienza” (Itália) e Joseph Silk, da Universidade Johns Hopkins (EUA), o nosso universo pode ser curvado ao invés de plano.

A sabedoria convencional é de que o universo é plano e se estende para todas as direções. Nesse universo sem fronteiras, partículas viajando para direções diferentes nunca se encontrariam.

O que o novo estudo propõe não é inédito: um universo ligeiramente curvado, no qual, se você andar em linha reta por enormes distâncias, eventualmente retornará para o mesmo ponto onde começou a jornada. Em outras palavras, um universo em “loop” ou “fechado”, onde partículas viajando em diferentes direções podem eventualmente interagir.

As evidências que possuíamos até agora não pareciam suportar tal loop, mas o trio de pesquisadores afirma que uma anomalia nos dados do fundo cósmico de microondas (FCM), considerado o eco do Big Bang, na verdade aponta para tal universo fechado.

Essa anomalia seria o fato de que há muito mais “lentes gravitacionais” no FCM do que o esperado, o que significa que a gravidade parece dobrar as microondas mais do que a física existente poderia explicar.

Para tentar explicar essas lentes “extras”, os pesquisadores criaram uma variável chamada “A_lens” e a incluíram no modelo de formação do universo.

“Isso é algo que você coloca lá à mão, tentando explicar o que você vê. Não há conexão com a física. O que descobrimos é que você pode explicar A_lens com um universo positivamente curvado, que é uma interpretação muito mais física do que se poderia explicar com a relatividade geral”, disse Melchiorri, esclarecendo que não há parâmetro A_lens na teoria da relatividade de Einstein.

Controvérsias

Embora os próprios autores da proposta afirmem que ela não é conclusiva – os cálculos oferecem uma segurança de apenas 3,5 sigma, uma medida estatística que significa cerca de 99,8% de confiança de que o resultado não é devido ao acaso, distante do “padrão ouro” de 5 sigma -, outros cientistas são ainda mais céticos dessa hipótese.

Por exemplo, outro estudo, conduzido pelos cosmólogos George Efstathiou e Steven Gratton, da Universidade de Cambridge (Reino Unido), utilizou os mesmos dados que o trio – coletados pelo experimento Planck em 2018, o mais compreensivo sobre o FMC já feito -, concluindo que a evidência para um universo curvado é muito fraca, e que portanto ele deve ser plano.

Se o universo for de fato curvado, isso levantaria inúmeros problemas a serem resolvidos pela física, piorando questões já complexas como a discrepância vista na taxa de expansão do universo, por exemplo.

Melchiorri concorda, mas crê que talvez os cientistas tenham que lidar com isso um dia. “Não quero dizer que acredito em um universo fechado. Sou um pouco mais neutro. Eu diria, vamos aguardar informações e o que os novos dados dirão. O que acredito é que há uma discrepância agora, que precisamos ter cuidado e tentar descobrir o que é”, concluiu.

Um artigo sobre o estudo foi publicado na revista científica Nature Astronomy.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Nosso sistema solar será destruído antes do que pensávamos

Embora o solo sob nossos pés pareça sólido e reconfortante (na maioria das vezes), nada neste Universo dura para sempre. Um dia, nosso sol morrerá, ejetando uma grande proporção de sua massa antes que seu núcleo …

Mãe em Estocolmo não é mais suspeita de aprisionar filho

Promotores suecos estão retirando seu caso contra uma mulher acusada de prender o filho por vários anos. De acordo com as últimas informações, não há provas suficientes de que ele havia sido detido contra sua …

Mistério de galáxia desprovida de matéria escura é revelado

As observações astronômicas apontam para forças de "maré" e comportamento "canibal" de uma galáxia vizinha, que explicariam a escassez deste componente invisível. Se alguma galáxia é pobre em matéria escura, pode ser devido a uma interação …

Maioria das vacinas da Moderna será reservada no início para os Estados Unidos

A Moderna espera disponibilizar entre 100 e 125 milhões de doses de sua vacina contra a Covid-19 no primeiro trimestre de 2021. A empresa anunciou, nesta quinta-feira que, no início, entre 85 e 100 …

Amazonas é 3º estado com mais queimadas, emissões e desmatamento

Pela primeira vez, o Amazonas assume a terceira posição nos três principais rankings que indicam o avanço da degradação florestal na Amazônia brasileira, incluindo indicadores de queimadas, emissões de gases de efeito estufa e desmatamento …

Sudão bane casamento infantil e mutilação genital feminina, mas prática apresenta desafios

Depois de derrubar o ditador Omar al-Bashir no ano passado, o Sudão deu importante passo para reverter alguns dos tantos horrores cometidos contra a população feminina no país – e tornou ilegal tanto o casamento …

Namíbia elege deputado chamado Adolf Hitler

O nome de um recém-eleito político da Namíbia, vem chamando atenção na mídia nacionais e internacionais. "Adolf Hitler teve uma vitória esmagadora nas eleições regionais na Namíbia", relatou o portal de notícias alemão Spiegel Online nesta …

Astrônomos mapeiam 1 milhão de galáxias previamente desconhecidas

Cerca de um milhão de galáxias previamente desconhecidas para além da Via Láctea foram adicionadas a um mapa detalhado de seção de espaço. Pesquisas sobre o espaço normalmente demoram anos para serem completas, mas um novo …

Brasil recebe vacina de Oxford em janeiro, promete Pazuello

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que o primeiro lote das vacinas de Oxford chega ao Brasil em janeiro. Serão 15 milhões de doses entre janeiro e fevereiro, totalizando 260 milhões ao longo do …

Cingapura é primeiro país a aprovar venda de carne de laboratório

Empresa californiana obteve autorização da cidade-Estado para usar sua carne de frango produzida a partir de cultura celular em chicken nuggets e garante que preço será competitivo. Cingapura é o primeiro país do mundo a aprovar …