OMS rescinde nomeação de Robert Mugabe como embaixador da Boa Vontade

GovernmentZA / Flickr

Robert Mugabe, presidente do Zimbabué

Decisão foi anunciada em comunicado da Organização Mundial da Saúde, em Genebra; presidente do Zimbábue havia sido nomeado como embaixador para doenças crônicas na África para ajudar a impulsionar um movimento global a favor da saúde, planejado pela agência.

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus, rescindiu a nomeação do presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, como embaixador da Boa Vontade da OMS.

Em comunicado, Ghebreyesus explicou que seu objetivo é construir pontes e criar um movimento global pela saúde. Ele afirma que ouviu atentamente as preocupações expressas após a nomeação do líder africano e que também as discutiu com o governo do Zimmbábue antes de anunciar a decisão.

Segundo ele, ambas as partes concluíram que a decisão serve ao interesse da OMS. Ghebreyesus disse ter refletido sobre o tema nos últimos dias. Mugabe havia sido escolhido como embaixador da Boa Vontade para doenças crônicas na África.

O diretor-geral disse que é o objetivo dele construir um movimento pela saúde global, e que a iniciativa deve funcionar para todos e incluir todos. Para o chefe da OMS, o importante é construir uma liderança política e criar união sobre o tema de levar saúde a todos que seja baseado nos valores centrais da agência.

Ele encerrou o comunicado dizendo continuar comprometido com todos os países e líderes a assegurar que cada cidadão tenha acesso à saúde, e que seu dever é construir pontes para ajudar avançar a cobertura universal de saúde.

Sem justificar porque escolheu Mugabe, presidente do Zimbábue há 37 anos, Ghebreyesus agradeceu a todos que expressaram suas opiniões e disse contar com um debate construtivo para ajudar a informar sobre o trabalho para o qual foi eleito.

Várias ONGs, como a Human Rights Watch, reagiram à indicação, afirmando que a “corrupção de Mugabe dizimou o sistema de saúde do Zimbábue, enquanto ele viaja para o exterior quando precisa de tratamento médico.

Além disso, o governo de Mugabe é acusado de praticar violações aos direitos de alimentação, de reunião de expressão e de reprimir a oposição daqueles que não o apoiam. Mugabe, de 93 anos de idade, o chefe de Estado com mais idade do mundo, enfrenta sanções dos Estados Unidos em razão de abusos de direitos humanos .

// R-ONU

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Ex-funcionários do McDonald's revelam "estratégia de espionagem" da rede de fast-food

A revista Vice analisou testemunhos de supostos trabalhadores anônimos do McDonald's que tinham conhecimento direto da vigilância, e vazou documentos que explicam as táticas de espionagem. Uma equipe de analistas de inteligência da cadeia de fast-food …

Bolsonaro usa pesquisa alemã distorcida para criticar uso de máscaras

O presidente Jair Bolsonaro usou sua live de quinta-feira (26/02) para mais uma vez desestimular o uso de máscaras contra a covid-19. No mesmo dia em que o Brasil registrou a segunda pior marca de mortes …

Cientistas congelam sêmen de corais para tentar salvar espécie da extinção no Brasil

Estima-se que até 50% dos recifes de corais já desapareceram dos oceanos. A previsão para o futuro também não é animadora: uma projeção da Unesco apontou que, caso as mudanças climáticas não sejam revertidas, eles …

Esqueletos descobertos podem revelar a história do mais rico pirata da historia, morto há 300 anos

No início do século XVIII, quem mandava nos mares sem lei do Caribe, da América Central e da América do Norte era o grande pirata inglês Samuel Bellamy, imortalizado pelo apelido de “Black Sam”. Um dos …

Biden isola príncipe saudita, provável alvo de relatório da CIA sobre morte de jornalista

O presidente americano, Joe Biden, falou pela primeira vez por telefone nesta quinta-feira (25) com o rei Salman, da Arábia Saudita, na iminência da publicação de um aguardado relatório de inteligência sobre o assassinato …

O estudo que vacinará uma cidade inteira com a Coronavac

Serrana (SP), com 45 mil habitantes, se torna um dos laboratórios mundiais para analisar o coronavírus. Instituto Butantan quer avaliar impacto da imunização em massa na transmissão da covid-19. Wuhan é a cidade onde a pandemia …

Investigação revela terras protegidas da Amazônia à venda no Facebook

Pessoas que invadem e desmatam ilegalmente trechos da Floresta Amazônica estão anunciando as áreas no Facebook em busca de compradores. Uma investigação da BBC encontrou na plataforma dezenas de anúncios em que vendedores negociam pedaços da …

Primeiro ataque militar da era Biden mata pelo menos 17 no leste da Síria

Os Estados Unidos atacaram, nesta quinta-feira (25), infraestruturas utilizadas pelas milícias pro-iranianas no nordeste da Síria, deixando 17 mortos. Esta é a primeira operação militar organizada pelo governo de Joe Biden. A ação é …

Tiranossauros jovens impediram o desenvolvimento de espécies menores, diz estudo

A pesquisa demonstrou que grandes dinossauros, como o T-rex, que cresceram de um pequeno tamanho até se tornarem criaturas enormes, modificaram seus ecossistemas ao competirem com espécies rivais menores. Um estudo publicado nesta sexta-feira (26), no …

UE quer passaporte para vacinados até meio do ano

A União Europeia quer estabelecer um sistema de passaportes para vacinados contra covid-19 ainda antes de suas férias de verão, no meio do ano. O setor turístico é fundamental para várias economias do bloco, sobretudo …