Países árabes cortam relações com o Catar por “apoiar terrorismo”

Barein, Egito, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Iêmen anunciaram, esta segunda-feira, que irão romper relações diplomáticas e o corte de ligações aéreas e marítimas com o Catar, acusando o país de ingerência e de apoiar o terrorismo.

A Arábia Saudita afirmou querer “proteger sua segurança nacional dos perigos do terrorismo e do extremismo”, enquanto os Emirados Árabes Unidos acusam o Catar de perturbar a estabilidade na região.

O Barein sustentou sua decisão acusando Doha de “minar a segurança e estabilidade” do país e de “interferir nos seus assuntos” internos. Deste país veio a ordem para que diplomatas e cidadãos do Catar abandonem o país em 48 horas.

O Egito anunciou o rompimento de relações, acusando o Catar de apoiar organizações terroristas como, por exemplo, a Irmandade Muçulmana.

Por fim, o governo do Iêmen também anunciou o corte de relações com o Catar, membro da coligação militar árabe que opera no país, acusando Doha de ligações com os grupos houthis pró-iranianos e de apoio a grupos jihadistas.

Através de um comunicado, o governo do presidente Abd Rabbo Mansour Hadi, segue o alinhamento da coligação árabe e excluiu o Catar da aliança militar e anunciando o corte de ligações diplomáticas com Doha.

Para o governo de Sana, o Catar apoia os grupos armados houthis e “outros grupos extremistas” como a Al Qaeda e o Estado Islâmico.

O Catar vai acolher o Mundial de Futebol de 2022, decisão marcada por diversas polêmicas relacionadas com suspeitas de corrupção na atribuição da organização ao país.

Tráfego aéreo condicionado

A transportadora Emirates e a de baixo custo FlyDubai vão cancelar voos com destino e origem no Catar a partir de terça-feira (6) e “até nova ordem”, de acordo com comunicados emitidos pelas duas companhias. A decisão das transportadoras surgiu depois da Etihad, com sede em Abu Dhabi, ter cancelado voos para Doha.

As três companhias acrescentaram que vão garantir voos previstos para hoje e propor aos clientes “outras opções”, incluindo o reembolso total do bilhete de avião.

A Saudia, transportadora nacional da Arábia Saudita, anunciou também a suspensão, a partir de hoje, de todos os voos com destino e origem no Catar. Em resposta, a Qatar Airways suspendeu todos os voos para a Arábia Saudita.

O encerramento pelo reino saudita, Emirados e Barein do espaço aéreo com o Catar deverá afetar o tráfego aéreo no país, através do qual transitam diariamente numerosos passageiros oriundos ou com destino aos três vizinhos do Catar.

“Totalmente inaceitável”

O Ministério dos Negócios Estrangeiros do Catar já afirmou “não haver justificação legítima” para o rompimento de relações diplomáticas anunciado por estes países.

As medidas são “injustificadas” e “sem fundamento”, reagiu o ministério, considerando que têm um “objetivo claro: colocar o Estado [do Catar] sob tutela, o que constitui uma violação da sua soberania” e é “totalmente inaceitável”.

No mês passado, vários destes países já tinham bloqueado o acesso a diferentes meios de comunicação do Catar, depois de a QNA, a agência estatal de notícias do país, ter transmitido citações do líder Tamim bin Hamad Al Thani dizendo que não era “sábio agir com hostilidade contra o Irã”.

A situação foi posteriormente desmentida pelo Catar, que se defendeu dizendo que a agência tinha sido alvo de um ataque informático.

Estes acontecimentos acontecem dias depois de uma visita do presidente dos EUA, Donald Trump, a Riade, capital da Arábia Saudita, onde pediu aos países muçulmanos para “trabalharem para isolar o Irã e [privá-lo] dos fundos que financiam o terrorismo”.

Preço do petróleo em alta, bolsas em baixa

O preço do petróleo subiu nesta segunda-feira após a notícia sobre o corte de relações diplomáticas de diversos países do Golfo com o Catar. O petróleo chegou a subir mais de 1,5%, mas já atenuou os ganhos.

Entretanto, a Bolsa do Catar registrou hoje sua maior queda desde 2009, com várias cotações a afundar o máximo permitido de 10%.

As bolsas Europeias seguem hoje negociando em baixa, em um dia de menor liquidez e em que as praças de Frankfurt e Zurique estão fechadas com os investidores atentos ao agravar da situação geopolítica e aos preços do petróleo.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …