Peixe mata os próprios filhotes se não forem “bons o suficiente”

O peixe macho da espécie Rhabdoblennius nitidus come seus filhotes porque a presença dos ovos faz com que seus níveis de androgênio caiam vertiginosamente, o que o impede de acasalar.

O canibalismo filial – no qual os espécimes adultos comem seus filhotes – não é um fenômeno assim tão raro no reino animal: ursos, felinos, primatas, canídeos, roedores, insetos, peixes, anfíbios, repteis e pássaros são alguns dos exemplos que fazem isso.

Agora, de acordo com o IFLScience, há mais um nome para acrescentar à lista: o peixe macho da espécie Rhabdoblennius nitidus, geralmente encontrado nos recifes de corais no Oceano Pacífico ocidental, no continente asiático.

Os casos de canibalismo filial variam um pouco entre as espécies, mas, geralmente, o fator determinante é o mesmo: gestão de recursos. Todos os filhotes precisam ser alimentados, especialmente os que não são tão saudáveis. Se saírem da equação, deixam de ser um problema, digamos assim.

Assim como é explicado em um artigo publicado na semana passada na Current Biology, a principal hipótese de o canibalismo filial acontecer é conhecida por canibalismo baseado em energia – “energy-based (EB) cannibalism” em inglês – que explica: os benefícios nutricionais de comer os filhotes superam os de marcar o chamado “pool genético”.

Para muitos casos isso é verdade, mas foram registradas exceções em alguns peixes. Os pesquisadores da Universidade de Nagasaki notaram que, em algumas espécies, o macho que fica responsável por tomar conta dos ovos enquanto eles se desenvolvem decide comê-los quando o número total é pequeno e, assim, a reprodução recomeça.

Embora isso possa se encaixar na hipótese do canibalismo baseado em energia, os cientistas notaram que é um fenômeno “intrigante”, já que o macho ainda pode cuidar dos ovos enquanto procura outras fêmeas.

No caso do Rhabdoblennius nitidus, os pesquisadores suspeitaram que o número de ovos controlava algo relacionado com o ciclo de acasalamento que ainda não havia sido observado de uma forma adequada.

Para tentar descobrir, a equipe deixou os peixes fazerem seu ritual de acasalamento, mas controlou o número de ovos que estavam presentes após a cópula.

De acordo com as conclusões da pesquisa, está tudo ligado com os níveis de andrógenos do macho, um grupo de hormônios ligados ao crescimento e desenvolvimento do sistema reprodutor.

A presença dos ovos faz com que seus níveis de androgênio caiam vertiginosamente, o que os impede de acasalar. Nenhum ovo equivale a mais níveis de andrógenos, sejam eles comidos pelo macho ou todos tenham nascido.

Desta forma, a ideia é que esses machos comem pequenos números de ovos não pelo fator nutritivo, mas para que seus níveis de andrógenos aumentem e possam acasalar novamente, podendo produzir uma ninhada maior.

A explicação é corroborada pelo fato de terem comido os ovos, independente dos seus níveis de fome, e de até terem cuspido alguns deles depois de já os terem mastigado bem. Por isso, neste caso não se trata de canibalismo, mas sim de infanticídio ou, mais tecnicamente, “embriocídio”.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …