Filhotes de aranha comem a própria mãe – e não poupam nem as tias

berniedup / Flickr

A aranha Stegodyphus dumicola

Uma equipe de pesquisadores dinamarqueses descobriu que não são só as mães da espécie Stegodyphus dumicola que se sacrificam para que os filhotes não passem fome. As fêmeas sem ovos fazem o mesmo.

Todos sabemos que criar filhos não é tarefa fácil. Mas, no caso das mães da espécie Stegodyphus dumicola, a realidade é ainda mais dura. Geralmente, estas aranhas têm uma expectativa média de vida muito curta porque, se o alimento for escasso, oferecem o próprio corpo aos filhotes para que eles não fiquem sem comer.

E se você está pensando que as fêmeas sem filhos acabam se safando, está muito enganado. As aranhas que nunca tiveram filhos também se oferecem como sacrifício para os “sobrinhos”.

Um novo estudo, publicado na Animal Behaviour, mostra que as fêmeas virgens em ninhos comunais (as tias, chamemos assim) ajudam as mães aranhas no desempenho dos deveres maternos, um fenômeno chamado de “alloparenting”.

No caso da Stegodyphus dumicola, os pesquisadores acreditam que se trata de um cuidado materno “extremo e suicida”, também conhecido como “matrifagia”, isto é, quando as mães desistem dos próprios corpos para alimentar as crias.

“As aranhas literalmente começam a se alimentar da fêmea enquanto ela ainda está viva”, descreve o biólogo Trine Bilde, da Universidade Aarhus, na Dinamarca. “Mas sem agressão aparente. É como se a própria fêmea convidasse os filhotes da família para se alimentarem do seu corpo”, continua.

O estudo envolveu a observação de 200 experimentos durante dez semanas. O que mais surpreendeu os cientistas foi o sacrifício das fêmeas que não eram mães.

A equipe pensa que se trate de um mecanismo evolutivo, uma vez que o objetivo é passar os genes aos próximos, mesmo que não sejam daquela aranha específica, mas sim de uma parente próxima.

“Quanto mais cópias dos genes forem propagadas para a próxima geração, melhor, por isso, oferecer o corpo como comida é uma solução evolutiva que faz sentido”, diz Bilde.

Outra hipótese do biólogo Jonathan Pruitt, da Universidade da Califórnia, nos EUA, e que não participou no estudo dinamarquês, é que as aranhas são simplesmente pouco inteligentes para perceber que aqueles não são seus filhotes.

“Suspeito que as fêmeas não são capazes de discriminar entre os próprios ovos e o das outras. A colônia é composta por indivíduos geneticamente próximos, então mesmo que produzam os próprios ovos, há sempre benefícios em ajudar as parentes”, conclui.

Uma coisa é certa: nunca devemos questionar o amor de mãe e, pelo visto, de tia.

Ciberia // HypeScience / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Sonda descobre 'duendes' e 'elfos' surgindo na atmosfera de Júpiter

Uma equipe de cientistas analisou imagens ultravioletas da sonda Juno, da NASA, no planeta gigante, e por 11 vezes surgiram luzes extremamente curtas e peculiares. A sonda espacial Juno, da agência espacial norte-americana NASA, captou uma …

Astrônomos descobrem atividade em objeto planetário distante do Sistema Solar

Uma equipe de astrônomos anunciou sua descoberta da atividade de Centaur 2014 OG392, um objeto planetário observado pela primeira vez em 2014. Centauros são planetas menores que os astrônomos pensam que se originaram no Cinturão de …

Com Google acusado de monopólio, Apple estaria agilizando seu próprio buscador

No mês de agosto, o Canaltech noticiou que a Apple poderia estar trabalhando em seu próprio motor de busca para não ter mais que utilizar os recursos do Google. Agora, novas informações divulgadas pelo jornal Financial …

Ataque com faca deixa três mortos em Nice, na França

Mulher é decapitada dentro de igreja e mais duas pessoas são mortas com golpes de faca. Segundo prefeito, agressor teria repetido "Allah Akbar". Atentado ocorre em meio a tensões devido a caricaturas do profeta Maomé. Ao …

Trabalhador encontra carta secreta de 1941 escondida em teto de igreja

A igreja de Saint James, na Antuérpia, é um dos locais históricos mais importantes da cidade belga. Há séculos, ela costuma ser uma das paradas para peregrinos que vão até Santiago de Compostela visitar o …

É possível que o Covid-19 esteja envelhecendo o cérebro de pacientes em 10 anos

Além de poder prejudicar o seu coração o Covid-19 pode afetar o seu cérebro. Os efeitos cognitivos do coronavírus podem durar meses em certos casos, de acordo com os pesquisadores. Pessoas se recuperando do COVID-19 podem …

Nokia é a marca de Android mais durável e segura, aponta pesquisa

A Counterpoint Research divulgou um novo relatório sobre o índice de confiabilidade das fabricantes de smartphones e destacou o desempenho da HMD/Nokia, que liderou o ranking pelo segundo ano. Em resumo, a empresa foi a …

Rejeição à França aumenta no mundo islâmico

Após governo Macron sair em defesa do secularismo e iniciar ofensiva contra o islã radical, líderes como o presidente turco Erdogan passam a insuflar suas populações como forma de distração de problemas internos. Na esteira do …

Meteoro explode no céu e causa tremor em cidades da Bahia

Um meteoro brilhou nos céus de algumas cidades da Bahia nesta segunda-feira (26). O bólido (nome que recebem os meteoros que explodem na atmosfera terrestre tornando-se extremamente brilhantes), foi detectado e registrado por câmeras de …

O salmão consumido no Brasil está acabando com a costa chilena

Comer em um rodízio de japonês pode soar como uma ótima ideia para quem gosta das iguarias orientais. O que muita gente não sabe é que o salmão comprado como matéria prima em restaurantes do …