Pesquisadores estão atrás de voluntários para passar 56 dias tomando cerveja

Pesquisadores do Centro de Pesquisa do Homem do Deserto (CIHDE), localizado na cidade de Arica, no Chile, estão em busca de voluntários para passar 56 dias bebendo cerveja, como parte de um estudo científico. 

O objetivo da pesquisa é promover os benefícios de beber com ervas antioxidantes e alcançar propriedades preventivas de doenças cardiovasculares.

Segundo o meio cooperativo chileno, o pesquisador Claudio Parra tem trabalhado desde o ano passado para desenvolver uma receita de cerveja enriquecida com a planta ancestral Aimal “umatola”, cientificamente chamada de Parastrephia lucida, que é conhecida por ser capaz de florir a mais de 3.800 metros de altitude.

Para seguir o estudo, Parra busca 25 voluntários que sejam consumidores de álcool de forma moderada entre 35 e 60 anos, que apresentem três ou mais fatores de risco para doenças cardiovasculares, como hipertensos, e têm uma história de doença cardíaca ou colesterol alto.

São dois estágios para o teste: o primeiro consiste em 28 dias bebendo uma garrafa de 300 ml de cerveja comum. O segundo são mais 28 dias, dessa vez tomando a cerveja com umatola. Quem se interessar deve enviar e-mail para cparra@cihde.cl até o fim de janeiro. O procedimento deve ocorrer no primeiro semestre de 2018.

Cervejeiro, vem pra cá que esse momento é seu!

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Oásis egípcio escondia tumbas da era romana

Dois túmulos da época romana foram encontrados no complexo arqueológico de Beir Al-Shaghala, no oásis egípcio de Dakhla, anunciou esta semana o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades, Mostafa Waziri. Construídos com diferentes estilos arquitetônicos e …

60% das espécies de café estão em risco de extinção

Pela primeira vez, o café integra a Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza como espécie em vias de extinção. De acordo com um estudo publicado esta semana nas revistas ScienceAdvances e Global Change Biology, 60% …

Pela felicidade dos professores, escola cria “licença do amor”

A escola de ensino médio de Dinglan, localizada na cidade chinesa de Hangzhou, apresentou esta semana a “licença do amor”, que visa melhorar o humor dos professores e, consequentemente, o trabalho com os alunos. Segundo relata …

Parte da Antártida está encolhendo (e não deveria)

Quando os cientistas falam sobre o derretimento da Antártida, geralmente se referem à Antártida Ocidental, onde gigantescos glaciares costeiros derramam grandes quantidades de água. Mas, do outro lado das montanhas transantárticas a leste, há um manto …

Estátua de diabo “alegre demais” gera polêmica na Espanha

Uma estátua que representa o diabo foi criticada por ser “alegre demais” pelos moradores da cidade de Segóvia, na Espanha. A escultura de bronze, que ainda não foi instalada, foi criada em homenagem a uma lenda …

Deputada britânica adiou o parto para votar contra o acordo do Brexit

Tulip Siddiq decidiu adiar o nascimento do segundo filho para poder votar contra o acordo do Brexit. A deputada trabalhista chegou ao Parlamento em uma cadeira de rodas. Tulip Siddiq decidiu adiar o nascimento do filho por …

Sorveteria em Florença cobra R$ 106 de turista por uma bola de sorvete

Uma sorveteria cobrou 25 euros (cerca de R$ 106) por um sorvete a um turista de Taiwan. Indignado, o turista reclamou ao guia que o acompanhava, que chamou a polícia. O estabelecimento foi multado em …

McDonald’s perde direitos do Big Mac para cadeia de fast food irlandesa

A irlandesa Supermac’s conseguiu uma vitória histórica: o Big Mac deixa de ser uma marca registrada na Europa. Mas a decisão ainda é passível de recurso. “É o fim do McBully”, disse Pat McDonagh, que recebeu …

Disco de gelo giratório gigantesco "invade" rio no Maine

Um enorme círculo de gelo giratório se formou esta semana no rio de Presumpscot, na cidade de Westbrook, no estado norte-americano do Maine. Esse disco bizarro, ainda que raro, é um fenômeno natural fruto da Física. …

Em um restaurante de Dubai, deixar comida no prato dá multa (e é mais cara que a refeição)

Com Dubai se tornando mais consciente do desperdício de alimentos, um restaurante se lembrou de uma maneira de fazer com que os clientes não deixem comida no prato. O restaurante Gulou Hotpot, em Al Barsha, uma sossegada …