Plano de Hitler para criar bomba nuclear e destruir Londres quase deu resultado

Adolf Hitler pretendia desenvolver uma bomba nuclear e Londres seria o alvo principal. Esta é a nova descoberta que surge em um documentário da National Geographic, que se debruça sobre as armas secretas dos nazistas perdidas no fundo do mar.

O documentário “Drain the Oceans”, conseguiu desenterrar do leito do oceano um navio nazista afundado em 1944 por resistentes noruegueses, que lutavam contra a ocupação alemã.

Retirado do fundo de um lago em Oslo, na Noruega, o navio ainda continha no interior 40 barris de água pesada, também conhecida por água deuterada, pelo fato de o hidrogênio ser substituído pelo isótopo deutério, que é utilizado como moderador em reatores nucleares.

Os especialistas ouvidos para o documentário da National Geographic constatam que a água pesada descoberta no navio seria suficiente para transformar a Alemanha em uma potência nuclear. E suspeitam que haveria mais barris de água pesada espalhados pelo fundo do lago, depois de terem caído do navio.

Após a invasão da Noruega em 1940, Hitler ordenou às tropas para se instalarem na central nuclear de Vemork, onde os noruegueses tinham começado a produzir água pesada. A central acabou bombardeada, mas já depois de os nazistas terem retirado do local grande parte da água pesada que se produzia por lá.

Em 1944, o próprio Winston Churchill, então primeiro-ministro britânico, teria ordenado a resistentes noruegueses para colocarem uma bomba em um dos navios de Hitler. Foi, assim, que o navio afundou, em um incidente que afetou fortemente os planos nucleares dos nazistas.

Churchill não estaria a par dos projetos de Hitler, mas caso não tivesse tomado aquela decisão, Londres poderia ser um dos principais alvos do ataque nuclear dos nazistas, como reporta o jornal The Sun.

A realização do documentário da National Geographic foi feita com recurso a tecnologia de ponta, para conseguir descobrir os últimos segredos das armas que os nazistas perderam no mar.

Túneis secretos para testar “armas milagrosas”

Entretanto, um explorador britânico, Warren Tepper, encontrou na Alemanha, por baixo da cidade de Duisburg, uma rede de túneis secretos, onde os nazistas teriam testado novas armas nos últimos dias da Segunda Guerra Mundial.

O regime nazista teria procurado desenvolver “armas milagrosas” nesse labirinto subterrâneo, em uma tentativa de vencer a guerra contra os Aliados quando já perdia terreno.

“Parece que andavam a disparar armas de grande calibre lá em baixo, que teriam ecoado através dos túneis e sido extremamente barulhentas”, refere Tepper ao The Sun.

Os túneis também podem ter sido usados para encontros secretos de Hitler.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Crianças com até 2 anos são as que mais usam aplicativos

Mais de metade das crianças com menos de 8 anos usa aplicativos como entretenimento e as crianças que mais usam os dispositivos eletrônicos têm até 2 anos. Segundo o estudo “Happy Kids: Aplicativos Seguros e Benéficos para Crianças”, do …

Mineral ultra-raro é descoberto em antiga cratera de meteorito na Austrália

Um mineral ultra-raro que se forma apenas quando rochas espaciais atingem a crosta terrestre com uma enorme pressão foi encontrado na Austrália. Até o momento, em todo o planeta, só foram encontrados seis exemplares desse …

Rede de trilhas de 18 mil km começa a ser construída no Brasil

O governo federal criou nesta sexta-feira (19) a Rede Nacional de Trilhas de Longo Curso e Conectividade (Rede Trilhas), formada por quatro grandes corredores interligando paisagens naturais no país por onde milhões de pessoas poderão …

Jornalista saudita teria sido desmembrado ainda vivo; durou sete minutos

Jamal Khashoggi, o jornalista saudita desaparecido desde 2 de outubro, teria sido torturado durante sete minutos e desmembrado ainda vivo no interior do consulado da Arábia Saudita, em Istambul, revela a imprensa turca. O jornal turco …

Candidatos têm propostas antagônicas para direitos humanos

Os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) que disputam, no próximo dia 28, o segundo turno das eleições presidenciais deste ano, defendem diferentes pontos de vista sobre direitos humanos. Apesar de os dois citarem …

Eleita a 1ª deputada indígena do Brasil, Wapichana promete ser resistência

Combater as "ameaças" aos direitos dos povos indígenas será um dos principais desafios de Joênia Wapichana, a primeira mulher indígena na história a ser eleita para ocupar uma cadeira na Câmara dos Deputados. A adoção do …

Acessível e sustentável, parque suspenso em meio a Mata Atlântica é inaugurado em São Paulo

São Paulo e região metropolitana sofrem com a escassez de áreas verdes. O deficit acarreta na falta de opções de lazer e aumenta os efeitos da poluição. Por isso, é ótima a notícia de que São …

Com juristas, Haddad chama campanha anti-PT de “tentativa de fraude"

Na presença de vários juristas, o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, chamou nesta quinta-feira (18) de “tentativa de fraude eleitoral” as denúncias publicadas sobre a suposta existência de um grupo de …

Por temer por sua segurança, Bolsonaro justifica ausência em debate

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta quinta-feira (18), durante uma transmissão ao vivo nas redes sociais (live) que teme por sua segurança, daí a decisão de não participar de …

ALPHA-g: o primeiro detector de antigravidade

O ALPHA-g está pronto para fazer sua estreia: a máquina de 200 quilos foi criada para medir os efeitos de uma suposta “antigravidade”. Em uma luta contra o tempo, os cientistas se apressam para ligar o …