Poço de 5 km de profundidade em vulcão pode revolucionar a economia da Islândia

michi_s / Flickr

Projeto pioneiro pretende transformar força destruidora dos vulcões da Islândia em motor de desenvolvimento econômico

Uma empresa na Islândia pretende transformar a força destruidora dos vulcões em motor de desenvolvimento econômico.

Em busca de uma nova fonte de energia renovável, a Iceland Drilling está perfurando um poço de cinco quilômetros de profundidade em uma dessas estruturas geológicas.

A cavidade vai gerar um vapor extremamente poderoso, capaz de produzir energia elétrica e uma revolução econômica no país nórdico de pouco mais de 320 mil habitantes, avalia a revista científica New Scientist.

A iniciativa revela que a Islândia não é apenas uma terra de vulcões traiçoeiros como o Eyjafjallajökull, cujas cinzas provocaram o fechamento de diversos aeroportos na Europa, em 2010.

Trata-se de uma boa notícia para um país que viu sua economia entrar em colapso com a crise financeira global de 2008, e acumulou dívidas num valor 12 vezes maior do que o seu PIB (Produto Interno Bruto).

Praticamente toda (85%) a energia elétrica islandesa vem de fontes renováveis: geotérmica e hidrelétrica. Nas usinas geotérmicas, o funcionamento das turbinas é produzido pelo calor das rochas.

O poço da Iceland Drilling pretende ultrapassar a camada de rochas e chegar à lava. Ao longo da extensão da estrutura, a temperatura deverá variar de 400 a 1 mil graus Celsius.

E essa nova fonte de calor é dez vezes mais poderosa do que as rochas dos poços geotermais.

O novo processo gerador de energia deve garantir o completo abastecimento doméstico e industrial da ilha de pouco mais de 100 mil quilômetros quadrados, área inferior à do Estado do Amapá.

Técnica de perfuração inédita

A perfuração do poço começou há três meses e até o fim do ano pretende atingir um ponto da Cordilheira Meso-Atlântica ─ a cadeia de montanhas submarina que se estende sob o Oceano Atlântico e o Oceano Ártico e onde se encontram as placas tectônicas Norte-Americana e Euroasiática.

Há 30 vulcões na Islândia, que fica em uma região onde a crosta oceânica é mais fina do que no resto do mundo. Por isso, quando as duas placas tectônicas se movem, surge uma fissura e o magma chega à superfície por meio de uma erupção vulcânica.

Sverrir Thorolfsson / Flickr

Em 2010 o vulcão islandês Eyjafjallajokull lançou o caos no norte da Europa

Em 2010 o vulcão islandês Eyjafjallajokull lançou o caos no norte da Europa

“Já haviam sido feitas perfurações em rocha sólida, mas nunca nas condições que agora encontramos”, destaca Albert Albertsson, da companhia islandesa HS Orka, que também participa do projeto.

Os técnicos querem alcançar o ponto onde o lençol de lava sofre infiltrações de água do mar. É uma região onde o calor e a pressão são 200 vezes maiores do que na superfície e a matéria atinge um estado que não é líquido nem gás ─ o chamado “vapor supercrítico”.

Descoberta acidental

Por incrível que pareça, esse ambicioso projeto surgiu por acidente.

Em 2009, durante a construção de uma central geotérmica, a Iceland Drilling perfurou um poço e atingiu uma corrente de magma.

Os técnicos resolveram, então, experimentar inundar o poço com água e analisar quanta energia o vapor poderia gerar.

Resultado: criaram a usina geotérmica mais poderosa da Islândia.

Se tudo correr como planejado, a técnica poderá ser levada a outras áreas vulcânicas do planeta, tornando-se uma alternativa aos combustíveis fósseis, um dos responsáveis pelo aquecimento global.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo sugere que 2,5 bilhões de tiranossauros rex viveram na Terra

Estimativa inédita da população total dos dinossauros foi publicada na revista "Science". Biólogo brasileiro integrou equipe da Universidade da Califórnia que fez o cálculo. Se um Tyrannosaurus rex já parece bastante assustador, imagine 2,5 bilhões deles. …

Submarino soviético atingido por minas alemãs encontrado no mar de Barents

Uma expedição da Frota do Norte russa e da Sociedade Geográfica Russa encontrou no mar de Barents o submarino Katyusha, afundado durante a Segunda Guerra Mundial, de acordo com informação do serviço de imprensa da …

Filme desaparecido do mestre do cinema Orson Welles pode estar no Brasil

Apaixonado por Orson Welles, um documentarista norte-americano se prepara para ir ao Brasil relançar a busca de um filme desaparecido do mestre de Hollywood, Orson Welles: a versão original de "The Magnificent Ambersons", que …

Cientistas criam embriões que são parte humanos, parte macacos

Pela primeira vez, cientistas criaram embriões que são uma mistura de células humanas e macacos. Os embriões, descritos quinta-feira na revista Cell, foram criados em parte para tentar encontrar novas formas de produzir órgãos para pessoas …

Criatura misteriosa em árvore que assustou moradores em cidade da Polônia era croissant

Quando autoridades polonesas receberam o chamado de que um animal incomum estava escondido em uma árvore da cidade de Cracóvia, não sabiam o que esperar. "As pessoas não estão abrindo as janelas porque estão com medo …

"Os Simpsons": Hank Azaria se desculpa por dar voz ao personagem indiano Apu

O ator e dublador Hank Azaria pediu desculpas por sua contribuição ao racismo estrutural contra a população indiana. Azaria, que é branco, foi a voz por trás do personagem Apu Nahasapeemapetilon no desenho animado Os Simpsons …

STF confirma anulação das condenações de Lula na Lava Jato

Plenário do Supremo referenda decisão de Fachin que considerou a 13ª Vara Federal de Curitiba incompetente para julgar ações contra o ex-presidente. Com isso, petista retoma o direito de disputar eleições em 2022. O plenário do …

Biden: EUA estão prontos para mais medidas se Rússia continuar a interferir na nossa democracia

Em discurso nesta quinta-feira (15), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que notificou o presidente russo, Vladimir Putin, de que seu governo poderia ter tomado mais medidas contra a Rússia, mas preferiu ser …

Eurodeputados defendem que Bolsonaro seja responsabilizado por necropolítica

O embaixador brasileiro na União Europeia, Marcos Galvão, pediu nesta quinta-feira "vacinas, vacinas e vacinas" para tirar o Brasil "da situação desastrosa" em que se encontra. Durante audiência com deputados do Parlamento Europeu, em …

Robô em forma de estrela vai estudar o fundo do mar

Cientistas do MIT criaram uma estrela-do-mar robótica, que consegue nadar pela vizinhança sem chamar muita atenção. Um dos principais problemas enfrentados pelos robôs marinhos é que eles não se parecem com peixes ou com alguma outra …