Poluição mata mais pessoas no mundo do que a guerra, a violência e a fome

Uma morte em cada seis ocorridas no mundo em 2015 esteve ligada à poluição, essencialmente à poluição do ar, mas também da água e dos locais de trabalho, segundo um estudo publicado na última sexta-feira (20) pela revista The Lancet.

“Estima-se que as doenças causadas pela poluição tenham sido responsáveis por 9 milhões de mortes prematuras em 2015, ou seja, 16% do total de mortes no mundo”, diz o estudo, resultante de dois anos de trabalho de uma comissão que juntou a revista médica britânica, vários organismos internacionais, organizações não-governamentais e cerca de 40 cientistas especializados em questões de saúde e meio ambiente.

O balanço representa “três vezes mais mortes do que a Aids, a tuberculose e o paludismo reunidos e 15 vezes mais do que as provocadas por guerras e todas as outras formas de violência”, destacam os autores.

A poluição do ar, externo e interno, é responsável por 6,5 milhões de mortes por ano, principalmente através de doenças não transmissíveis, como as doenças cardíacas, os AVCs, o câncer de pulmão e a broncopneumonia crônica obstrutiva.

A água poluída está associada a 1,8 milhões de mortes, através, por exemplo, do mau saneamento ou da contaminação das fontes, causa de doenças gastrointestinais e infecções parasitárias. A poluição no local de trabalho causou 800 mil mortes, pela exposição a substâncias tóxicas ou cancerígenas.

Mas o estudo da Lancet adverte que a avaliação está “provavelmente subestimada”, considerando “as numerosas substâncias químicas emergentes que ainda não têm identificação”.

O fenômeno afeta em primeiro lugar “as populações pobres e vulneráveis”, destacou-se no documento, com 92% destas mortes em países com rendimento médio ou fraco e, dentro de cada país, incide mais sobre as minorias e as populações marginalizadas.

Nos países em vias de industrialização rápida como a Índia, o Paquistão, a China, Madagascar ou o Quênia, uma morte em cada quatro pode ser ligada à poluição.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Vespas insaciáveis: outro desastre provocado pela radiação de Chernobyl?

A radiação de Chernobyl intensificaria o metabolismo e o consumo de néctar em vespas se comparadas com as de outras regiões. A intensificação pode ter maiores consequências ecológicas. A mudança poderia estar relacionada à constante exposição …

Maioria considera justa a soltura de Lula, mostra Datafolha

Uma pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta segunda-feira (09/12) sugere que a maioria da população brasileira considera justa a libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ocorrida em novembro após ele cumprir um ano …

Agora sabemos sobre o que os orangotangos estão conversando: estudo

Um novo estudo da Universidade de Exeter desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os pesquisadores passaram dois anos filmando mais de 600 horas do comportamento …

Cientistas desenvolvem holograma com som e toque iguais aos de Star Wars

Quando pensamos em desenvolver tecnologias baseadas nos filmes de Star Wars, a primeira, segunda e terceira coisa que passa pela cabeça dos fãs é a criação de sabres de luz da vida real. Mas, para os …

Secom diz que não há 'indicativo de câncer de pele' em Bolsonaro

Após o presidente Jair Bolsonaro declarar que tinha feito exame para investigar "possível câncer de pele", a Secretaria de Comunicação da Presidência disse por nota que não havia qualquer indicativo da doença. O chefe de Estado …

Evo Morales vai fazer da Argentina o seu comitê de campanha para as eleições na Bolívia

Em uma operação secreta, o ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, chegou à Argentina de onde vai comandar a campanha do seu partido para as próximas eleições. Depois de passar quase um mês no México, …

Boris Johnson vence por ampla margem no Reino Unido

O Partido Conservador do atual primeiro-ministro, Boris Johnson, conquistou a maioria absoluta dos assentos no Parlamento do Reino Unido nas eleições realizuadas nesta quinta-feira (12/12) no país. Esse resultado eleitoral garante ao premiê o número …

Simples e atemporal, azul clássico é a cor de 2020, segundo a Pantone

A cor do ano de 2020 será o Classic Blue, um azul clássico que oferece estabilidade e conexão. Quem diz isso é a Pantone, a principal empresa de cores do mundo, que oferece o sistema …

Segredos do idioma dos orangotangos são revelados

Um novo estudo da Universidade de Exeter (Inglaterra) desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os pesquisadores passaram dois anos filmando mais de 600 horas do comportamento …

Exaustos com o Brexit, britânicos vão às urnas pela quarta vez em quatro anos

O Reino Unido está indo às urnas nesta quinta-feira (12) para o que está sendo chamada de a eleição mais importante desta era. Os britânicos estão diante de duas escolhas: apoiar o primeiro-ministro conservador Boris Johnson e …