Presidente da Polônia ratifica polêmica lei sobre o Holocausto

European Parliament / Flickr

O presidente da República da Polônia, Andrzej Duda

O presidente polonês ratificou, na segunda-feira (5), a polêmica lei que permite punir com prisão a utilização do termo “campos de extermínio poloneses” ou quem acusar o país de cumplicidade no Holocausto.

O vice-primeiro-ministro da Polônia, Piotr Glisnki, aplaudiu a decisão do presidente, Andrzej Duda, de ratificar a polêmica lei que permite penalizar com pena de prisão o uso do termo “campos de extermínio poloneses” ou acusar o país de cumplicidade no Holocausto.

“Decidi assinar a lei e recorrer depois ao Tribunal Constitucional”, declarou Duda na televisão, considerando ser a solução que “preserva os interesses da Polônia”, sua “dignidade e a verdade histórica”, evitando sua difamação “enquanto Estado e nação”.

Duda assinou a lei e a enviou para o Tribunal Constitucional para determinar se seu conteúdo viola a liberdade de expressão, como denunciaram as autoridades israelenses, que acreditam que a norma irá dificultar a investigação de historiadores e a informação publicada pela mídia.

A decisão do presidente foi “muito boa”, afirmou Glinski em entrevista à emissora RMF FM, na qual assegurou que o governo, liderado pelo partido nacionalista Lei e Justiça, irá continuar trabalhando em políticas educativas para mostrar a “verdade histórica” do genocídio do povo judeu durante a Segunda Guerra Mundial.

Varsóvia luta há vários anos contra o uso da expressão “campos de extermínio poloneses”, que frequentemente aparece na mídia estrangeira para se referirem aos campos de concentração que os nazistas criaram na Polônia ocupada durante o conflito.

Além dos EUA e da Ucrânia, Israel criticou duramente a lei por considerar que tenta “desafiar a verdade histórica” e que pode desvanecer a cumplicidade, direta ou indireta, de setores da sociedade polonesa nos crimes contra os judeus.

O governo israelense lamentou a ratificação da norma e mostrou confiança em que ela seja modificada. “Estamos satisfeitos que a reação de Israel tenha sido moderada”, explicou Glinski, que não confirmou se serão introduzidas mudanças na lei, como pretende o país do Oriente Médio, “já que acaba de ser aprovada e é cedo para olhar mais além“.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Aumento na densidade do espaço fora do sistema solar é descoberto pela sonda espacial Voyager

Em novembro de 2018, após uma viagem épica de 41 anos, a Voyager 2 finalmente cruzou a fronteira que marcava o limite da influência do Sol e entrou no espaço interestelar. Mas a missão da …

Polícia Federal faz operação de busca e apreensão na 77ª fase da Lava Jato

São sete mandatos no Rio de Janeiro e em Niterói contra suspeita de propina na Petrobras envolvendo pouco mais de três bilhões de litros de combustíveis. Por determinação da 13ª Vara Federal em Curitiba (PR), a …

Suspeitos de COVID-19 podem ter dados compartilhados com a polícia na Inglaterra

  As informações pessoais de suspeitos de contaminação pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) podem ser utilizadas pela polícia da Inglaterra para garantir que eles não quebrem o isolamento. De acordo com as informações oficiais, as autoridades poderão ter …

Jejum intermitente funciona? Este estudo indica que não

Um estudo recém publicado na revista médica “Jama Internal Medicine” mostra que a prática conhecida como jejum intermitente não traz benefícios para o corpo e, ainda, não promove perda de peso de fato. A pesquisa, …

Estudos corroboram correlação entre tipo sanguíneo e risco de covid-19

A suscetibilidade ao contágio com o vírus Sars-Cov-2 pode variar segundo o grupo sanguíneo: os indivíduos do grupo O tendem a um menor risco, enquanto os demais estão também potencialmente mais expostos a quadros clínicos …

Bolsonaro reforça que brasileiro não será obrigado a tomar vacina contra a COVID-19

Declaração do presidente acontece três dias depois de o governador João Doria informar que vacinação será obrigatória no estado de São Paulo. O presidente Jair Bolsonaro reforçou hoje (19) na saída do Palácio da Alvorada o …

Engenheiros criam sabre de luz real de plasma retrátil de 2.200°C que corta aço

Os engenheiros por trás do canal do YouTube “The Hacksmith” criaram o sabre de luz de “Star Wars” no mundo real que é quente o suficiente para derreter aço e até titânio em segundos. James Hobson, …

Evo Morales comemora vitória de seu candidato, Luis Arce, à presidência na Bolívia

De La Paz, na Bolívia, o candidato a presidente Luis Arce e, de Buenos Aires, na Argentina, o ex-presidente Evo Morales comemoram vitória nas eleições tanto para presidente quanto para o Congresso, realizadas neste …

Síndrome provoca mudança na coloração dos olhos em população nativa da Indonésia

Em um país cujo a vasta maioria da população possui cabelos e olhos escuros, uma rara síndrome genética ofereceu aos membros de uma tribo nativa da Indonésia uma impressionante condição: os mais impactantes e profundos …

Aula de spinning em academia no Canadá contaminou 61 pessoas com a COVID-19

Academias não são locais recomendados neste momento de pandemia, mesmo que alguns estabelecimentos estejam reabrindo com todas as medidas de segurança adequadas. Prova disso aconteceu recentemente em Hamilton, na província de Ontario, no Canadá, quando uma …