Presidente sul-coreana é destituída por “traição à pátria”. Protestos causaram dois mortos

Park Geun-hye foi destituída do cargo de presidente nesta sexta-feira

Park Geun-hye foi destituída do cargo de presidente nesta sexta-feira

Duas pessoas morreram hoje nas manifestações na Coreia do Sul, horas depois da destituição pelo Tribunal Constitucional da Presidente sul-coreana, Park Geun-hye, informou a agência Associated Press.

Um responsável de um hospital disse que um homem de cerca de 70 anos morreu por ferimentos na cabeça depois de cair de cima de um ônibus da polícia em frente ao Tribunal Constitucional, após a decisão, tomada por unanimidade, de impeachment da chefe de estado da Coreia do Sul.

A polícia sul-coreana informou que uma segunda pessoa que protestava contra a destituição de Park morreu, mas sem facultar mais detalhes.

Milhares de apoiantes de Park reagiram mal ao veredito, gritando e atacando os agentes da polícia com barras e pedaços de pau e partiram para cima dos ônibus da polícia usados para criar um perímetro de segurança para proteger o tribunal.

A destituição de Park Geun-hye já tinha sido aprovada em dezembro no parlamento, mas para ser definitiva tinha de ser ratificada pelo tribunal.

Os oito juízes do Tribunal Constitucional decidiram por unanimidade afastar Park da presidência pelo que classificam de “atos que violam a Constituição e as leis” e que “traíram a confiança do povo“, o que não pode ser tolerado a bem da proteção da Constituição”, disse o juiz Lee Jung-mi no veredito, citado pelo Telegraph.

A presidente sul-coreana é suspeita num caso de corrupção e tráfico de influências.

O Ministério Público considera que Park Geun-hye teve um papel “considerável” no caso e acusou formalmente a amiga Choi Soon-sil e dois antigos assessores, indicando que Park cooperou com os acusados, que são suspeitos de terem pressionado mais de 50 empresas do país a doar 65,7 milhões de dólares (mais de R$ 200 milhões) a duas fundações.

O escândalo “Choi Soon-sil Gate” reduziu a taxa de aprovação da Presidente a 5%, o valor mais baixo alguma vez alcançado por um chefe de Estado na Coreia do Sul desde que o país alcançou a democracia no final da década de 1980.

Coreia do Sul em alerta face à Coreia do Norte

O Ministério de Defesa e o Estado-maior Conjunto da Coreia do Sul ordenaram aos militares ativos que elevem o seu nível de alerta face a possíveis “provocações” de Pyongyang, após a destituição da Presidente sul-coreana.

Em uma videoconferência com os comandantes militares, o ministro da Defesa, Han Min Koo, disse que a Coreia do Norte pode fazer provocações “estratégicas ou operacionais” a qualquer momento.

Na segunda-feira, Pyongyang lançou quatro mísseis de médio alcance em direção ao Mar do Japão, em resposta às manobras anuais conjuntas que estão sendo realizadas em território sul-coreano pelas tropas de Seul e Washington.

A imprensa da Coreia do Norte, que seguiu de perto o escândalo de corrupção que abalou o país vizinho, informaram da destituição da Presidente sul-coreana em um breve despacho sobre a decisão do tribunal em Seul, antecipando que Park vai ser investigada como uma “criminosa comum“.

O partido da Presidente sul-coreana Park Geun-hye disse, entretanto, que “aceita humildemente” a decisão do Tribunal Constitucional de retirar Park do cargo de chefe de Estado e que se sente responsável pela sua queda.

Park Geun-hye, de 64 anos, tornou-se a primeira mulher a assumir a presidência na Coreia do Sul, em 25 de fevereiro de 2013.

Solteira e sem filhos, Park Geun-hye, filha do falecido ditador Park Chung-hee, dedicou grande parte da sua vida à política, desde que em 1974, com apenas 22 anos, assumiu o papel de primeira-dama depois de um terrorista norte-coreano ter assassinado a sua mãe, Yuk Young-soo.

Com a destituição ratificada hoje pelo tribunal, Park perde a imunidade e a Coreia do Sul tem que realizar eleições presidenciais no prazo de 60 dias.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Chantilly: em dificuldades finaceiras, um dos mais belos castelos da França pede socorro

A pandemia e o fim da ajuda de um poderoso mecenas colocam em risco o futuro de uma das propriedades mais majestosas da França, o castelo de Chantilly, ao norte de Paris. A reportagem …

Como fumantes de longa data pararam de fumar usando cogumelos mágicos apenas 3 vezes

É mais difícil largar do cigarro do que da heroína, dizem alguns. Mas pesquisadores da Johns Hopkins relataram que um pequeno número de fumantes de longa data que falharam em muitas tentativas de abandonar o …

Gangorra que uniu imigrantes no muro da fronteira dos EUA ganha prêmio

Lembra das gangorras que permitiram que famílias mexicanas brincasse de lados opostos do muro da fronteira EUA-México? O projeto das três gangorras ganhou o prêmio “Design do Ano 2020” pelo Museu de Londres. O arquiteto norte-americano …

Irã diz ter batido recorde de exportação de derivados de petróleo apesar das sanções dos EUA

O Irã bateu recorde de exportação de derivados de petróleo apesar das sanções impostas pelos Estados Unidos, declarou o ministro do Petróleo da República Islâmica, Bijan Zangeneh, nesta sexta-feira (22). Durante o 25º Show Petrolífero do …

A ameaça de epidemia que surge de nova espécie de mosquito Aedes detectada pela 1ª vez nas Américas

Durante a noite de 18 de junho de 2019, na base americana em Guantánamo, Cuba, um intruso foi pego por uma armadilha. A base é conhecida como um lugar onde os EUA aprisionam, por tempo indeterminado …

Homem é preso por tossir em policial que perguntou se ele tinha covid-19

O britânico Casey Saint foi condenado a 11 meses de prisão após tossir no rosto de um policial durante a pandemia do novo coronavírus. O morador de Bury St Edmunds, na Inglaterra, estava fazendo uma festa …

Astrônomos encontram "embrião" de planeta em formação a 330 anos-luz da Terra

Uma equipe de astrônomos encontrou algo que parece ser um planeta embrionário, girando em torno de sua estrela, bem pertinho dela, completando uma volta a cada mês. A estrela em questão é a HD 163296, que …

Físico propõe mega-satélite povoado por humanos orbitando Ceres

O físico Pekka Janhunen, do Instituto Meteorológico Finlandês, desenvolveu uma nova ideia para colonizar um lugar diferente da Terra, e não é a lua ou Marte. Em vez disso, Janhunen está sugerindo em um artigo publicado …

Biden promete "esforço de guerra" contra covid-19

O novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, divulgou nesta quinta-feira (21/01) o plano de resposta de seu governo à pandemia de covid-19, que inclui dez decretos. A estratégia amplia iniciativas que já haviam sido antecipadas …

'Não teremos escolha': Google adverte que pode bloquear seu mecanismo de busca na Austrália

Governo australiano trabalha em uma nova lei que deve governar as relações entre os meios de comunicação e as gigantes que dominam a Internet, entre as quais se destacam Google e Facebook. O Google anunciou nesta …