Primeira visita de um cometa no Sistema Solar revela mistérios inesperados

Rolando Ligustri / phys.org

O cometa C/2012 K1 PanSTARRS fotografado em setembro de 2014

Um cometa que está viajando em direção à parte interna do nosso sistema solar pode responder algumas perguntas sobre os primeiros anos da nossa vizinhança planetária.

Os cometas originários da Nuvem de Oort, uma zona de objetos congelados que envolve o sistema solar, como o Cometa C / 2012 K1, não são afetados pelo aquecimento térmico e o processamento de radiação do Sol.

A natureza intocada desses cometas pode preservar materiais em sua superfície, tornando-os alvos ideais para a observação de composição de partículas de gás e poeira.

De tempos em tempos, um dos cometas dessa zona faz sua primeira viagem até o sistema solar interior, dando aos cientistas a oportunidade de estudar essa classe especial de cometas.

A bordo do telescópio voador da NASA, o Observatório Estratosférico para a Astronomia Infravermelha, ou SOFIA, uma equipe liderada por Charles Woodward, do Minnesota Institute for Astrophysics, da Universidade de Minnesota, nos EUA observa o cometa C / 2012 K1 (também chamado de Pan-STARRS, em homenagem ao observatório que o descobriu, em 2012), buscando novos conhecimentos sobre a evolução do sistema solar.

“O cometa C / 2012 K1 é uma cápsula do tempo da composição do sistema solar inicial”, compara Woodward. “Toda oportunidade de estudar esses corpos contribui para a compreensão das características gerais dos cometas e da formação de pequenos corpos no nosso sistema solar”.

A equipe usou câmeras de comprimento de onda curta e longa para estudar a emissão de luz da cauda do cometa (gás e poeira que se formam em torno do núcleo quando este é aquecido pelo Sol) e utilizou as observações para deduzir o tamanho e composição dos grãos de poeira e identificar e categorizar suas propriedades térmicas.

Os resultados da pesquisa foram publicados no Astrophysical Journal.

Resultados inesperados

Surpreendentemente, essas observações revelaram características fracas de emissão de silicatos do cometa, ao invés dos recursos de silicato fortes anteriormente encontrados em algumas observações anteriores de cometas da Nuvem de Oort, incluindo as do cometa Hale-Bopp e estudos realizados com o Spitzer Space Telescope.

Ao analisar essas emissões de silicato e compará-las a modelos térmicos, os pesquisadores determinaram que os grãos de poeira da cauda são grandes e compreendem predominantemente carbono em vez de silicato cristalino. Esta composição desafia os modelos teóricos existentes de como os cometas da Nuvem de Oort se formam.

“Os cometas são feitos de materiais que não foram transformados em planetas, então estudar a poeira neles pode nos ajudar a entender o conteúdo, a origem e a evolução do sistema solar inicial, incluindo o processo de formação de planetas rochosos”, explica Woodward.

Enquanto missões como a missão Rosetta, da Agência Espacial Europeia, ou a missão Stardust, da NASA, forneceram amostras diretas de materiais de cometas, observações remotas, como as conduzidas a bordo do SOFIA, proporcionam aos pesquisadores a oportunidade de entender semelhanças e diferenças entre diferentes tipos de cometas.

“A força dos recursos de silicato do cometa C / 2012 observados no meio do infravermelho com o SOFIA prepararam o cenário para o que propusemos para as observações usando o próximo telescópio espacial James Webb – para estudar cometas ainda mais distantes”, diz Woodward.

“Eu acho que haverá uma sinergia agradável entre essas duas missões, na seleção de alvos e no acompanhamento direcionado”, conclui.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Mark Zuckberg abre guerra contra seus funcionários ao não banir posts de Trump

E eis que Mark Zuckerberg terá semanas agitadas pela frente no que se refere à administração de seus funcionários. Isso porque o CEO e co-fundador do Facebook afirmou na última terça-feira que não fará nada …

Em 24 horas ocorrem 11 terremotos na área do Parque de Yellowstone

O parque nos EUA, conhecido por suas características geotérmicas e vida selvagem, está situado em cima de um supervulcão que, se entrar em erupção, pode causar enorme devastação na Terra. Em 24 horas, em uma área …

Mais uma vez os Simpsons previram tudo que está acontecendo nos EUA agora

Os roteiristas de “Os Simpsons ” ficaram conhecidos por prever diversos acontecimentos mundiais, da eleição de Donald Trump ao final de Game of Thrones. Parece que a bola de cristal da animação voltou a funcionar …

Brasil ultrapassa 30 mil mortes por covid-19

Em novo recorde, país registra 1.262 óbitos em um dia, elevando total para 31.199. Casos confirmados em 24 horas passam de 28 mil, chegando a 555.383. Apenas Reino Unido, Itália e EUA contabilizam mais de …

Suécia vai abrir “CPI da Covid-19” para saber se governo fez bem ao não isolar a população

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a Suécia tem ido na contramão de seus vizinhos. O país escandinavo preferiu manter um ritmo quase normal em suas atividades e não impôs o confinamento …

Uber testa modalidade que permite ao usuário reservar carro por hora

Na tentativa de achar novas fontes de receita para seu negócio de corridas compartilhadas, seriamente afetado pela COVID-19, a Uber está testando uma nova modalidade, focada nos passageiros que precisam fazer viagens mais longas e …

Revelada razão de comportamento instável de estrelas perto dos centros galácticos

Estrelas de ramo horizontal extremo são mais brilhantes e têm um ciclo de vida inferior ao das estrelas comuns, de acordo com um novo estudo. Os astrônomos estudaram o comportamento de um tipo especial de estrelas, …

Trump ameaça acionar Forças Armadas para conter protestos

No 7.º dia de manifestações antirracismo, Presidente dos EUA critica inação de governadores e promete enviar milhares de soldados para pôr fim a distúrbios. Visita de Trump a igreja é criticada como tentativa de autopromoção. O …

Não é apenas o coronavírus: surto de ebola retorna ao Congo

Foi confirmada, pelo ministro da Saúde do Congo, a descoberta de novos casos de Ebola na província de Équateur. O último surto do vírus altamente mortal ocorreu em 2018 e matou 33 pessoas no país. O …

Coronavírus: São Paulo se prepara para reabertura com 70% de leitos ocupados

O governo estadual de São Paulo ordenou a reabertura gradual dos estabelecimentos comerciais a partir dessa terça-feira (2). A gestão diz se basear no índice de infecções do novo coronavírus por cidade. Mesmo com 70% …