Cidade dos EUA “paga” a jovens para que não se tornem criminosos

O projeto que nasceu há dez anos em uma pequena cidade da Califórnia, nos Estados Unidos, já chegou à capital do Estado, Sacramento.

Em 2009, as autoridades de Richmond, na Califórnia, concluíram que 70% dos crimes com arma de fogo que ocorriam na cidade, então com pouco mais de 100 mil habitantes, eram obra de um pequeno grupo de delinquentes. Nessa altura, Richmond estava entre as 12 cidades mais violentas dos Estados Unidos.

“Mesmo com a presença de mais forças de segurança vimos que a violência não diminuía. Como não estávamos conseguindo tirá-los das ruas, pensamos em dar-lhes uma alternativa que os motivasse e os fizesse mudar de comportamento”, explicou DeVone Boggan, diretor executivo do Advance Peace.

O programa conta com uma seleção de mentores, geralmente indivíduos que já cumpriram pena de prisão e que acompanham os jovens vulneráveis e os ajudam a desenvolver um “plano de vida”.

“Os mentores, que vemos como agentes de mudança, vêm dos mesmos bairros, conhecem essa vida”, continua Boggan. “A intervenção consiste em desenvolver relações com esses meninos vulneráveis, relações fortes, de confiança, para poder avançar com as outras etapas do programa”.

Uma dessas etapas tem causado polêmica, sobretudo agora que chegou a Sacramento: o pagamento de um valor mensal aos jovens.

A capital da Califórnia é uma das cidades onde a violência urbana mais aumentou nos últimos anos, com as gangues sendo apontadas como responsáveis por mais de um quarto dos homicídios cometidos anualmente na cidade.

“Todos concordamos que esses indivíduos provavelmente serão alvejados ou dispararão contra alguém nos próximos seis meses. Isso terá um custo para nós. Se os prendemos, teremos gastos altos. Há um custo de 400 mil dólares por tiroteio ou 1 milhão por homicídio”, disse Khaalid Muttaqi, diretor do grupo de Prevenção e Intervenção em Gangues da Prefeitura de Sacramento.

“Mas os participantes do programa custam, por 18 meses, 30 mil dólares no máximo. Mesmo que não se não concorde com o programa, faz sentido economicamente”, afirma.

Também Boggan considera que as críticas são feitas por falta de informação: “Concentram-se em um só elemento, o incentivo econômico, quando há um conjunto de coisas que o programa faz, como o contato diário com o jovem, a atenção constante, o desenvolvimento de um plano de ação que inclui estabelecer objetivos de educação, emprego, habitação, saúde ou viagens para que conheça outras realidades.”

Khaalid Muttaqi enumera os fatores por trás do ingresso desses jovens no mundo do crime: vingança entre membros de gangues e consumo e venda de drogas, mas também questões pessoais, estado mental, traumas. “São coisas em que não costumamos pensar”, acrescenta.

“Vemos essas pessoas que cometem crimes como más. Muitos deles foram também vítimas de violência. Pode ter sido abuso infantil, podem ter visto muita violência na infância, e essa pode ser a raiz do problema, mas não se fala disso”, defende. “Debaixo da tatuagem, do cabelo, da forma de falar, quase todos querem ter uma vida melhor.”

Isso levou os responsáveis de Sacramento a decidirem trabalhar com os jovens em maior risco de recorrerem à violência, antes de apertarem o gatilho ou se tornarem vítimas.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Submarinos russos serão equipados com “torpedos do Juízo Final”

Os submarinos das frotas do Norte e do Pacífico da Marinha russa deverão brevemente contar com 32 drones nucleares Poseidon, conhecidos como “torpedos do Juízo Final”, capazes de destruir completamente cidades costeiras. Segundo revela o portal Russkoe …

Universidade egípcia expulsa aluna por abraçar o noivo (fora do campus)

A aluna abraçou o noivo quando o rapaz a pediu em casamento, mas o gesto, que não aconteceu no interior do campus, foi o suficiente para a jovem ser expulsa pela universidade. A universidade egípcia de Al …

Escultura “McJesus” provoca protestos em Israel

Uma escultura representando a figura de Ronald McDonald (da cadeia de fast food McDonald’s) crucificado, em uma exposição de arte em Israel, está provocando protestos da minoria cristã árabe no país. Centenas de cristãos árabes pediram …

Há uma espiral misteriosa na atmosfera de Vênus

A nave espacial não tripulada Akatsuki, do Japão, encontrou gigantescas estruturas espirais na atmosfera de Vênus, formadas por ventos polares e pela rápida rotação do planeta. A atmosfera de Vênus ganha atenção de astrônomos há quase …

Tem “barriga de cerveja”? Seu cérebro pode estar encolhendo

Uma equipe de pesquisadores britânicos concluiu que quem acumula mais gordura na zona do abdômen apresenta uma maior probabilidade de redução do cérebro e de aparecimento de demência. Com a linha da cintura em expansão, surgem …

Até os antigos egípcios faziam tarefa de casa

Uma tarefa de casa, escrita por uma criança do Antigo Egito, ficou preservada desde o segundo século a.C. – e as palavras podem parecer familiares até nos dias de hoje. Uma lição antiga preservada em uma …

Dinamarca avança com plano ambicioso de criar 9 ilhas na costa de Copenhague

O governo dinamarquês e a prefeitura de Copenhague, em conjunto com um gabinete de arquitectura e planejamento urbano, vão avançar com um ambicioso plano de criar nove ilhas na costa da capital do país. Um grandioso …

(cv) Euronews

Submarino alemão da Primeira Guerra Mundial aparece na costa da França

Os destroços de um submarino alemão da Primeira Guerra Mundial emergiram em uma praia de Wissant, no norte da França. Há décadas enterrada na areia, a carcaça enferrujada da embarcação naufragada em 1917 agora pode …

Não somos só o que comemos, “somos o que vemos” no dia a dia

No que diz respeito à saúde física, somos o que comemos. Mas e quanto à saúde mental? Segundo o médico David Fryburg, endocrinologista, somos o que vemos. Conforme aponta Fryburg, a comida é uma mistura complicada de fontes …

Detectados misteriosos sinais de rádio de galáxia a 1,5 bilhão de anos-luz

Uma equipe de cientistas do Canadá detectou sinais de rádio provenientes de uma galáxia a 1,5 bilhões de anos-luz de distância da Terra. As rajadas rápidas de rádio, impulsos de energia com duração de apenas alguns …