Primeiro comprimido que avisa o médico quando engolido é aprovado nos EUA

(dr) Proteus Digital Health

O sensor incorporado no Abilify MyCite envia a informação para um adesivo digital que detecta quando o comprimido é engolido

Foi aprovado nos EUA o Abilify MyCite, o primeiro comprimido digital que garante a toma da medicação. Composto por comprimidos com sensores, um adesivo digital e um aplicativo móvel, o fármaco destina-se ao tratamento da esquizofrenia.

Os Abilify MyCite são comprimidos de aripiprazol para tratamento de esquizofrenia, que têm um pequeno sensor feito de silicone, cobre e magnésio, embebido no comprimido, que permite saber se foi ingerido.

O paciente ingere o comprimido e este, algum tempo depois e graças à ação do suco gástrico, ativa um sinal elétrico. O sensor envia a informação para um “penso-receptor“, previamente colado na zona das costelas do paciente, e este envia a informação via bluetooth para um aplicativo móvel.

O doente tem assim acesso à hora que o comprimido foi tomado e à dosagem, e pode ainda autorizar o médico a consultar a informação sobre a toma do medicamento. O adesivo deve ser substituído semanalmente e é capaz de registar os níveis de atividade, as horas dormidas, os passos dados e ainda o batimento cardíaco.

Ainda assim, a detecção da toma pode demorar entre 30 minutos a duas horas, razão pela qual a FDA alerta que o mecanismo em questão não deverá ser utilizado para controlar o uso do medicamento em tempo real ou durante uma emergência, até porque em alguns casos pode até não chegar a ser detectada.

À semelhança de qualquer outro medicamento, o Abilify MyCite pode também causar efeitos secundários como “náuseas, vômitos, prisão de ventre, dores de cabeça, tonturas, falta de controle nos movimentos, ansiedade, insônia e inquietação”, lê-se no comunicado divulgado pela FDA.

Depois de o comprimido ser lançado no mercado no próximo ano, a comunidade médica, ainda reticente, irá comprovar se a nova tecnologia ajuda a garantir que a toma da medicação é realmente cumprida.

No entanto, nem todos podem ingerir o Abilify MyCite, que não é recomendado a idosos com demência e doentes com alucinações, que podem se sentir perseguidos por este sistema. Assim, é aconselhado que os profissionais de saúde façam um diagnóstico ao doente para averiguar se é capaz de o gerir.

O comprimido é o resultado de anos de pesquisa da farmacêutica japonesa Otsuka, que já vendia o medicamento Abilify desde 2002, e da empresa norte-americana Proteus Digital Health, responsável pela criação do sensor e do adesivo.

O Abilify MyCite surge da necessidade de assegurar que os doentes seguem o tratamento. Segundo o The New York Times, o não cumprimento da toma de medicamentos prescritos nos Estados Unidos tem um custo de cerca de 90 bilhões de dólares anuais, em boa parte porque o paciente volta a precisar de novos tratamentos e medicamentos.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Paleontologistas descobrem 'última refeição' de dinossauro que viveu há 110 milhões de anos

Uma equipe de pesquisadores do Canadá reconstituiu o estômago de um dinossauro herbívoro, o melhor preservado de sempre. Uma equipe de paleontologistas canadenses conseguiu reconstruir o conteúdo do estômago de um dinossauro herbívoro que viveu no …

Estudo que desencoraja uso de hidroxicloroquina é alvo de investigações

Nesta quarta-feira (3), a Organização Mundial da Saúde anunciou que vai retomar os testes com o medicamento hidroxicloroquina, um dos mais cotados atualmente como possível auxiliar na luta contra a COVID-19. A notícia pegou muita gente …

Donald Trump diz por que estava em bunker subterrâneo em meio a protestos

Em meio aos protestos violentos e pacíficos que têm varrido os EUA após a morte do afro-americano George Floyd, surgiram relatos de que Trump se escondeu dos manifestantes em um bunker. Donald Trump atacou como "falsa" …

EUA: 4 policiais são acusados pela morte de George Floyd

O policial de Minneapolis que se ajoelhou sobre o pescoço de George Floyd provocando sua morte será acusado de assassinato em segundo grau. Seus três colegas também serão julgados, disse a senadora americana Amy …

Governo destina verba publicitária a canais de conteúdo inadequado

Em apenas 38 dias, o governo de Jair Bolsonaro publicou mais de 2 milhões de anúncios em canais na internet com "conteúdos inadequados", segundo mostrou um relatório da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das …

Cientistas encontram maior e mais antigo monumento da civilização maia no México

Pesquisadores da Universidade do Arizona (EUA) descobriram a mais antiga construção monumental da civilização maia já encontrada até agora e a maior de toda a história pré-hispânica da região. O estudo, publicado na revista Nature, foi …

Herdeiro da Samsung pode voltar a ser preso

O herdeiro da Samsung, Lee Jae-yong, pode ter de voltar à prisão. Procuradores de justiça da Coreia do Sul pediram nesta quinta-feira (4) uma nova detenção do antigo diretor da gigante como parte de uma …

Escolas ao ar livre criadas para combater a tuberculose no início do século 20

Em 1904, surgia nas proximidades de Berlim a primeira escola ao ar livre do mundo. A Waldschule für kränkliche Kinder havia sido criada por Walter Spickendorff em conjunto com o pediatra Bernhard Bendix e o …

Fígados humanos foram criados em laboratórios e transplantados em ratos com sucesso

Uma equipe internacional liderada por pesquisadores do Departamento de Patologia da Universidade de Pittsburgh (EUA) criou pequenos fígados através de engenharia genética utilizando células da pele humanas, e em seguida os transplantaram com sucesso em …

Governo alemão anuncia pacote de estímulo de 130 bilhões de euros

Merkel afirma que resposta "corajosa" é necessária para impulsionar a economia do país, abalada pela pandemia de covid-19. Medidas anunciadas incluem auxílios à indústria e às famílias e incentivos ao consumo. Os partidos que integram a …