Publicitário vai parar no hospital por uso de cigarro eletrônico em São Paulo

São mais de 450 casos de doenças pulmonares relacionados com o uso de vapes nos Estados Unidos. No Brasil, onde sua utilização é proibida, mas não criminalizada, o cigarro eletrônico provocou quadro de pneumonia agravado em Pedro Ivo Brito, de 29 anos.

A reportagem do BuzzFeed News diz que o publicitário – que há cerca de um ano substituiu o cigarro tradicional pelo popular Juul – teve o quadro de inflamação pulmonar provocado pelo hábito.

Pedro sentiu os principais sintomas relacionados com o vape. Tosse, dificuldade para respirar e dor no peito. O suficiente para a suspensão do uso e a internação no Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo, em 2 de setembro. Ele estava com pneumonia.

A situação se agravou e o publicitário precisou retirar o líquido com uma cirurgia e em seguida colocar um dreno. Depois do susto, ele, que utilizava nicotina com essências, posta alertas nas redes sociais para conscientizar sobre os riscos do hábito.

Os Estados Unidos atravessa epidemia causada pelo vape. Já são mais de 450 casos de doenças pulmonares graves associadas com o hábito. Michigan se tornou o primeiro estado do país a banir o uso de cigarros eletrônicos saborizados.

Ao menos seis pessoas, todas adeptas do vape, morreram vítimas de doenças pulmonares desconhecidas. Entre os óbitos está o de um homem de 50 anos que passou por sérias complicações respiratórias. Ainda não se sabe o tipo de vaping utilizado por ele.

Oficiais do departamento de saúde de Nova York encontraram níveis altos de um óleo derivado de vitamina E em praticamente todos os vaping com cannabis. Pelo menos um produto está ligado ao adoecimento de uma pessoa. Os testes foram realizados no New York State Department of Health’s Wadsworth Center, em Albany.

A vitamina E é a linha principal de investigação e especialistas suspeitam de seu emprego na fabricação de compostos saborizados para os cigarros eletrônicos.

Quanto aos médicos, existe um consenso sobre os malefícios dos cigarros eletrônicos. “É hora de suspender o vaping”, adverte Lee Norman, secretário do departamento de saúde e meio ambiente do Kansas.

“Doenças pulmonares e as mortes recentes no país continuam a aumentar. Estou muito preocupado com saúde e segurança dos cidadãos do Kansas que utilizam o vaping. Imploro para que parem até que possamos identificar as causas”, completou.

A Associação Americana do Pulmão também se manifestou sobre a insegurança dos e-cigarettes.

Ninguém deveria fumar e-cigarettes ou outro produto com tabaco. A mensagem se torna ainda mais urgente com o aumento de casos de doenças pulmonares e mortes associadas ao vaping”, declarou em nota Harold Wimmer, presidente nacional e CEO da associação.

Donald Trump revelou intenção de remover do mercado todos os cigarros eletrônicos com sabor. O FDA (órgão da vigilância sanitária dos EUA) também garantiu endurecimento da fiscalização.

“Os esforços incluem propagandas na TV e plataformas digitais e posters nos banheiros de escolas”, diz a nota.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Co-fundador da Wikipedia lança rede social livre de anúncios

O co-fundador da Wikipédia, Jimmy Wales, desenvolveu uma rede social chamada WT: Social, que opera basicamente do mesmo jeito que a enciclopédia virtual, ou seja, sem publicidade, apenas com doações. Apesar disso, não há ligação …

O que é a peste pulmonar e por que sua aparição na China preocupa

A forma mais rara, porém mais letal de peste, apareceu na China. Duas pessoas foram hospitalizadas em Pequim após contrairem a peste pulmonar ou pneumônica - uma variante altamente infecciosa da doença e muitas vezes …

Mais de 200 pessoas perderam visão em protestos no Chile

A principal associação médica do Chile anunciou nesta quinta-feira (14/11) que pelo menos 230 pessoas perderam a visão, parcial ou completamente do olho afetado, devido a tiros com espingarda de pressão disparadas por agentes de …

Movimento dos "coletes amarelos" completa um ano com efeitos positivos na economia

O diário econômico francês Les Echos desta sexta-feira dedica sua capa e várias páginas ao movimento dos coletes amarelos, que completa um ano neste domingo. O jornal analisa as consequências dos protestos na economia francesa …

Preço para voar em nave da Boeing será 60% mais caro do que na da SpaceX

O inspetor-geral da NASA divulgou nesta quinta-feira (14) um relatório sobre o Programa Commercial Crew, com detalhes sobre os problemas técnicos enfrentados pelas empresas SpaceX e Boeing no desenvolvimento de suas espaçonaves - Crew Dragon …

A corrida para salvar 33 marinheiros e 1 cachorro da ilha onde missionário foi morto por nativos há 1 ano

"Homens selvagens, provavelmente mais de 50, com armas caseiras, estão fazendo dois ou três barcos. Temo que eles nos alcancem no pôr do Sol. A vida de todos os tripulantes está em risco." A corrida contra …

Gigante chinesa do comércio eletrônico vende U$ 1 bilhão em 1 minuto

Sessenta e oito segundos. Esse foi o tempo que consumidores chineses levaram para gastar seu primeiro bilhão de dólares em vendas pela internet numa tradicional liquidação do país. O resultado surpreendente de vendas foi alcançado …

“A Tumba”: depósito de lixo nuclear está começando a se romper e afundar nas Ilhas Marshall

Antes de lançar a primeira bomba atômica do mundo, os EUA fizeram vários testes de detonações em locais remotos. O problema é que toda a radiação está até hoje nesses lugares, sendo que um desses …

Brasil dá 'sinal positivo' e valoriza participação no BRICS, diz especialista

Contrariando estimativas de que o governo de Jair Bolsonaro reduziria a importância do BRICS na sua política externa, o Brasil demonstra empenho e compromisso com o bloco, segundo especialista ouvido pela Sputnik. Em entrevista à Sputnik, …

Elon Musk fala em "curar o autismo" com as inovações da Neuralink

Participando de um podcast voltado à discussão da inteligência artificial (IA), o CEO da Neuralink, Elon Musk, erroneamente afirmou que sua empresa será capaz de curar distúrbios neurológicos como a esquizofrenia e o Alzheimer, além …