Primeira relação sexual de uma a cada 16 americanas é sem consentimento

Um estudo publicado pela Associação Americana de Medicina mostrou que uma a cada 16 jovens do país teve a primeira relação sexual sem consentimento. A pesquisa também mostra os efeitos negativos a longo prazo deste trauma para a saúde da mulher.

Publicada na segunda-feira (16), a pesquisa se baseou em uma amostra de 13 mil americanas, com idades entre 18 e 44 anos, entrevistadas entre 2011 e 2017.

No total das mulheres ouvidas, 6,5% declararam não terem dado consentimento para sua primeira relação sexual. Segundo os pesquisadores, os números corresponderiam a 3,3 milhões de americanas, ou seja, uma a cada 16 cidadãs.

Entre os motivos que obrigaram essas mulheres a se submeter a uma relação sexual sem consentimento estão principalmente a pressão verbal (56,4%) do parceiro. Boa parte das entrevistadas também dizem terem sido forçadas fisicamente (46,3%). Entre elas, 25,1% foram vítimas de violências, 22% foram obrigadas a ingerir bebidas alcoólicas ou se drogar e 16% sofreram ameaças de ruptura do relacionamento.

Segundo os pesquisadores, o não consentimento foi verificado em todos os grupos étnicos e sociais, com uma incidência maior entre as mulheres negras, nascidas fora dos Estados Unidos, pobres e com o nível de educação mais baixo.

A média de idade entre as vítimas é de um pouco mais de 15 anos, contra 27 anos do parceiro sexual. O estudo ressalta que a primeira relação sexual com consentimento de uma mulher americana acontece em torno dos 17 anos, com um parceiro de cerca de 21 anos.

Consequências para a saúde

“Essas relações sexuais forçadas parecem estar relacionadas a vários problemas de saúde”, ressaltam os autores da pesquisa. Segundo eles, as vítimas de sexo não consentido estão mais suscetíveis a gravidezes não desejadas, abortos, endometriose, doença pélvica inflamatória, problemas de ovulação ou disfunções do ciclo menstrual.

Além disso, os especialistas ressaltam que, em geral, a saúde dessas mulheres também é pior. Muitas delas desenvolvem vícios em drogas ou problemas mentais. Por isso, os pesquisadores apontam a importância de reforçar as políticas públicas que lutem contra as violências sexuais.

Apesar de o movimento #MeToo, iniciado nos Estados Unidos, ter mostrado a que ponto as mulheres são vítimas de violências sexuais, nenhum estudo até hoje havia avaliado o consentimento no primeiro ato sexual e o impacto dele na saúde feminina. O termo “estupro”, no entanto, não foi utilizado na pesquisa, embora muitas das situações retratadas correspondam à definição penal deste crime.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Covid-19: Austrália não deve reabrir fronteiras antes de 2022

A Austrália não deve reabrir suas fronteiras para viajantes estrangeiros em 2021, apesar do avanço das campanhas de vacinação em todo o mundo. A afirmação é do secretário da Saúde, Brendan Murphy, um dos …

Burger King revela seu 1º sanduíche 100% vegano

As lojas britânicas do Burger King agora têm um sanduíche inteiramente vegano. Desde o último dia 11 de janeiro a rede de fast food disponibiliza em seu cardápio no país o Vegan Bean Burger, um …

Novo implante controla fome e pode substituir cirurgia bariátrica

Um implante simples de um dispositivo sem fio, que controla o apetite, pode substituir a cirurgia bariátrica. Ele foi criado por médicos e pesquisadores da Universidade A&M do Texas, EUA e pode ajudar na perda de …

Amazon abre tecnologia da Alexa para montadoras de carros e outras empresas

A Amazon anunciou nesta sexta-feira (15) que dará a empresas terceiras a possibilidade de acessar a inteligência artificial central que sustenta a Alexa, a assistente de voz da marca. E as montadoras de automóveis serão as …

Com abstenção recorde de 51,5%, ministro da Educação considera Enem um 'sucesso'

A abstenção no primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, realizado neste domingo (17), foi recorde e atingiu 51,5%. O nível de abstenção supera o pior índice registrado até agora, em 2009, quando …

Álcool danifica o cérebro na adolescência

Se nós confiarmos apenas nas propagandas parece que o álcool de uma cerveja, uma taça de vinho ou de algum destilado serve apenas para unir as pessoas e deixá-las alegres. Mas o álcool pode ter …

Joe Biden reverterá políticas trumpistas logo após posse

Já nas primeiras horas após assumir, novo chefe de Estado americano assinará uma série de decretos presidenciais abordando pandemia, dificuldades da economia nacional, injustiça racial e mudança climática. O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, …

Rússia prende opositor Alexei Navalny no desembarque em Moscou

O Serviço Prisional Russo (FSIN) confirmou ter prendido o opositor Alexei Navalny neste domingo, na chegada dele a Moscou. O Kremlim o acusa de ter violado as condições de uma pena de prisão suspensa …

Ikea agora vende mini casas móveis para quem quer uma vida simples, livre e sustentável

Quem sonha com uma vida mais nômade, livre de amarras e principalmente ecologicamente correta poderá encontrar na IKEA uma parceira capaz de tornar tal sonho em realidade: em uma casa móvel, sustentável, bonita e praticamente …

O zumbido de fundo do universo pode ter sido ouvido pela primeira vez

Baseado no que sabemos sobre ondas gravitacionais, o Universo deve estar cheio delas. Cada par de buracos negros ou estrelas de nêutrons e colisão, cada supernova com núcleo em colapso — até mesmo o próprio …