“Vacina universal do câncer” teve primeiros testes bem sucedidos em humanos

Rita Elena Serda, NIH / Flickr

Célula cancerígena (a branco) sendo atacada por dois linfócitos T citotóxicos (a vermelho) num processo natural de resposta imune

Célula cancerígena (a branco) sendo atacada por dois linfócitos T citotóxicos (a vermelho) num processo natural de resposta imune

Uma “vacina universal” para o tratamento do câncer pode estar um pouco mais próxima da realidade, revelam uma série de testes bem-sucedidos em três pacientes humanos realizados pela Universidade Johannes Gutenberg de Mainz, na Alemanha.

O novo método de tratamento, apelidado de “imunoterapia”, busca utilizar o próprio sistema imunológico do corpo humano como arma contra tumores malignos.

Os resultados foram publicados na revista Nature.

O processo, explica o Futurism, consiste na aplicação de uma espécie de vacina carregada com o material genético (RNA) das células cancerígenas do paciente em seu próprio sistema imunológico – o que ajuda o corpo a diferenciar células sadias das células do tumor, facilitando o combate do próprio corpo à doença.

Fazer com que o corpo identifique quais são as células que o estão prejudicando é hoje um dos principais desafios no tratamento do câncer, já que em muitas situações, o organismo não é capaz de diferenciá-las por serem similares à células normais.

Aplicando o RNA das células do câncer no paciente, no entanto, o material passa a ser reconhecido com um antígeno, estimulando a produção de anticorpos contra aquele material.

O método é considerado universal, uma vez que qualquer paciente poderia ter o RNA extraído de suas próprias células cancerígenas e utilizado para o tratamento, independentemente do tipo de câncer que o aflige.

Nos testes realizados na universidade, três pacientes diagnosticados com melanoma e tratados com a imunoterapia só apresentaram sintomas leves de “gripe” como efeitos colaterais, mas nada que se comparasse à complicações de tratamentos como a quimioterapia.

Além disso, segundo o The Independent, em um dos pacientes já houve uma redução observada de um dos tumores após o tratamento.

Apesar de os testes preliminares terem sido considerados bem-sucedidos, ainda há um longo caminho a ser percorrido antes que o novo tratamento possa ser aplicado oficialmente.

Além do método ainda precisar de novos testes em larga escala, tipicamente órgãos reguladores do setor de saúde, como o Food and Drug Administration (FDA), dos Estados Unidos, podem levar até 8 anos para aprovar um novo tipo de medicação ou tratamento.

Mas estes resultados são inspiradores a abrem caminho ao que muitos consideram o (impossível) Santo Graal da medicina: uma vacina universal contra o câncer.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

FMI prevê melhora para economia brasileira, apesar da redução do crescimento mundial

O Fundo Monetário Internacional reduziu nesta segunda-feira (20) sua expectativa de crescimento global para este ano. A instituição é mais otimista sobre a situação do Brasil, que deve crescer nos próximos anos. O FMI disse …

Harry diz estar triste por deixar deveres reais

O príncipe Harry falou neste domingo (19/01) de sua tristeza por ser obrigado a desistir de seus deveres reais em um acordo com a família real britânica, dizendo não haver outra opção se ele e …

Ultrassom destrói células cancerosas

Cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia e do Instituto de Pesquisa Beckman da Cidade da Esperança desenvolveram uma técnica de ultrassom direcionado de baixa intensidade que mata células cancerígenas sem afetar as células saudáveis …

Robôs são maior ameaça à humanidade que mudança climática, segundo especialista

Especialista em inteligência artificial acredita que robôs podem ser hackeados por terroristas, além de outros problemas, tornando-os potencialmente perigosos para o homem. Se por um lado a tecnologia pode ajudar o homem em suas tarefas do …

Sem capacidade para reciclar, Malásia devolve lixo para países desenvolvidos

A Malásia devolveu 150 contêineres de lixo ilegal para seus países de origem. Entre eles estão os Estados Unidos, a França, o Reino Unido e o Canadá, anunciaram as autoridades nesta segunda-feira (20). Segundo …

Defesa de Trump diz que processo de impeachment é ilegal

Em primeira manifestação formal desde o início do julgamento do presidente, defesa acusa oposição democrata de tentar interferir nas eleições de 2020. Os advogados do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disseram neste sábado que o …

Cidade de interior de SP inicia tarifa zero no transporte público

Enquanto diversas capitais ao redor do país aumentam o valor das passagens no transporte público, algumas outras cidades pensam diferente. Se o transporte coletivo gratuito parece um sonho inalcançável e utópico, algumas administrações públicas buscam maneiras …

Quantos anos de vida saudável os ricos ganham em relação aos pobres?

Um novo estudo europeu e americano descobriu que os ricos possuem cerca de nove anos de vida saudável a mais do que os pobres. A pesquisa foi bastante abrangente – os cientistas analisaram dados de mais …

O país sul-americano que deve crescer 14 vezes mais que a China neste ano

A Guiana ganhou na loteria e está prestes a resgatar o prêmio. Seus vizinhos, especialmente a Venezuela, aguardam intrigados para saber em que ela vai gastar. De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a economia …

Portugal supera marca histórica de 500 mil imigrantes residindo no país; brasileiros são a maioria

Portugal atingiu um número recorde de imigrantes vivendo no país. O anúncio foi feito pelo governo nesta quarta-feira (15), durante debate no Parlamento sobre o Orçamento de Estado para 2020. "Os dados preliminares levam a dizer …