Robôs sexuais podem aumentar casos de pedofilia e estupro

Um estudo realizado pela Foundation for Responsible Robotics, organização que atua na análise de ética do setor de robótica, chegou a conclusões interessantes sobre o impacto que os robôs sexuais podem trazer a sociedade. Muitas destas conclusões, porém, não são nada animadoras.

Eles podem representar perigos reais e colaborar para tornar alguns problemas ainda mais difíceis de solucionar. O estudo analisou que o uso de robôs sexuais pode acabar sendo utilizado como válvula de escape para indivíduos que possuem histórico de assédio.

Segundo a pesquisa, pessoas com histórico de pedofilia poderão utilizar um boneco com características físicas de uma criança para seus desejos obscuros. Alguns veem esses robôs como produtos que podem ajudar esses indivíduos, já que podem minimizar o risco de crimes de pedofilia.

Uma empresa japonesa que comercializa produtos similares tem como dono um pedófilo declarado que utiliza o recurso para se manter longe de crianças reais. Mas muitos acreditam que essas ações apenas incentivarão os pedófilos e criarão neles a imagem de que crianças são apenas objetos sexuais.

A mesma lógica também pode ser aplicada em casos de estupro, outra questão analisada pela pesquisa da FRR.

A RoxxxyGold, uma empresa que vende um robô com uma personalidade acanhada e reservada afirma que “se você tocá-la em uma área privada, é mais do que provável que ela não aprecie muito a sua iniciativa“, o que trouxe à tona a preocupação de que o robô se trate de um simulador de estupro.

“Algumas pessoas dizem: ‘Ora, é melhor que eles estuprem robôs do que pessoas reais.’ Este é um dos argumentos… você pode ter sexo proveitoso com a sua esposa — tudo bem —, mas, quando se trata de estupro, se você tem uma fantasia de estupro, vai lá e estupra um robô”, explica Noel Sharkey, cofundador da FRR e professor emérito de robótica e inteligência artificial na University of Sheffield. Sharkey afirmou, por outro lado, que há “pessoas dizendo que isso apenas vai encorajar mais os estupradores“.

O diretor de ética e ciências emergentes na California Polytechnic State University, Patrick Lin, acredita que o tratamento de pedófilos utilizando robôs sexuais com feições infantis é uma “ideia dúbia e repulsiva“. “Imagine tratar racismo deixando que um intolerante maltrate um robô negro. Isso funcionaria?”, questionou.

A FRR também analisou um fator positivo na utilização de robôs sexuais. Especialistas acreditam que essas máquinas poderão colaborar para o tratamento de pessoas com quadros de disfunção erétil, ejaculação precoce ou que possuam experiências sexuais traumáticas.

“Se estamos falando sobre indivíduos que não são apenas inválidos, mas que tenham sido traumatizados, de certa forma, esse poderia ser um instrumento benéfico para manter seu processo de cura sexual”, explicou a doutora Aimee van Wynsberghe, cofundadora da FRR e professora-assistente da Technical University of Delf.

Apesar do intenso debate sobre a utilização de máquinas robóticas para satisfação sexual, esta indústria já é uma realidade. Atualmente existem quatro fabricantes que estão comercializando robôs sexuais, com uma tendência de aumento, visto que a demanda por este tipo de produto é crescente.

Os preços dos robôs sexuais variam de US$ 5 mil a US$ 15 mil, mas a intenção é torná-los mais acessíveis.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Primeiro-ministro renuncia e coloca fim a governo na Itália

Em discurso no Senado, Giuseppe Conte anuncia que vai deixar o cargo e acusa seu vice, Matteo Salvini, por crise na coalizão de governo. Presidente deve decidir sobre convocação de novas eleições. O primeiro-ministro italiano, Giuseppe …

Governo de Hong Kong espera "volta à calma" sem ceder a demandas de manifestantes

A chefe do Executivo de Hong Kong, Carrie Lam, disse esperar que "uma volta à calma" esteja a caminho no território, depois que a grande manifestação do último domingo (18) acabou sem violência. Depois de …

Cientista americana diz ter certeza que a Terra será atingida por um asteroide

Uma cientista americana de uma ONG dedicada a proteger a Terra diz que é 100% certo que um asteroide atingirá nosso planeta. A cientista é Danica Remy, presidente da Fundação B612. Após a quase colisão da …

Justiça de El Salvador absolve acusada de homicídio por suspeita de aborto

Promotoria pedia pena de 40 anos de prisão para vítima de estupro que dizia não saber da gravidez até o momento do parto. País da América Central possui uma das legislações mais rigorosas do mundo …

EUA testam míssil após deixarem tratado nuclear

Os Estados Unidos anunciaram nesta segunda-feira (19/08) que realizaram um teste com um míssil de cruzeiro. Esse é o primeiro teste feito pelo país desde que deixou oficialmente o Tratado de Forças Nucleares de Alcance …

Astrônomos descobrem 39 galáxias antigas movendo-se tão rápido que nem mesmo o Hubble consegue vê-las

Astrônomos da Universidade de Tóquio (Japão) conseguiram detectar 39 galáxias muito antigas, do início do nosso universo, utilizando dados do espectro infravermelho de telescópios submilimétricos. A luz destas estrelas viajou nada menos que 11 bilhões de …

Trump confirma ter interesse em comprar Groenlândia

O presidente dos EUA, Donald Trump, confirmou em entrevista com jornalistas que tem interesse na compra da Groenlândia. O cientista político Vladimir Shapovalov comenta a declaração do líder norte-americano em entrevista ao serviço russo da …

Brexit sem acordo: tempos duros para britânicos, confirma relatório vazado

Segundo documento do governo vazado para imprensa, Reino Unido estará sujeito a meses de caos de transportes e carência de artigos básicos, caso se separe da UE sem um acordo de transição, como propõe o …

Pesquisadores criam adesivos corporais que verificam a saúde

A universidade de Stanford anunciou um novo experimento: adesivos corporais que leem informações a respeito da saúde da pessoa. Basicamente, os adesivos captam os sinais fisiológicos que emanam da pele, e então transmitem essas leituras de …

Bolsonaro se engana e critica Noruega com vídeo dinamarquês

O presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar a Noruega, que anunciou na semana passada a suspensão de repasses ao Fundo Amazônia. O mandatário, cujas políticas ambientais têm sido alvo de críticas internacionais, publicou um vídeo …