Rússia compara denúncias de interferência em eleição de Trump a “novela sem fim”

Michael Klimentyev / Sputnik / Kremlin Pool

O Presidente russo, Vladimir Putin com Donald Trump na cúpula do G20, no último fim de semana na Alemanha

O Presidente russo, Vladimir Putin com Donald Trump na cúpula do G20, no último fim de semana na Alemanha

O porta-voz do Kremlin, Dimitri Peskov, comparou nesta quarta-feira (12) as notícias sobre denúncias de que a Rússia teria interferido na eleição de Donald Trump a uma “novela sem fim, capaz de competir com as séries de maior sucesso exibidas nos Estados Unidos”.

“Não é necessário que nos metam nessa trama. Nós não temos participação nisso“, disse Peskov quando perguntado, mais de uma vez, sobre a polêmica reunião do primogênito de Trump com a advogada russa Natalia Veselnitskaya, que ocorreu em junho do ano passado na Trump Tower, em Nova York.

O porta-voz insistiu que o Kremlin “não sabe nada sobre esta história” e não tem contato com a advogada com que Trump Jr. se reuniu para, segundo ele mesmo admitiu, obter informações incriminatórias sobre Hillary Clinton, a principal rival eleitoral de Donald Trump nas eleições à presidência dos Estados Unidos, informou a EFE.

“Maior caça às bruxas da história”

O presidente Donald Trump insiste em dizer que não sabia das conversas entre o filho, o empresário Donald Trump Jr, e a advogada russa para trocar informações e prejudicar a campanha de Hillary Clinton. Nesta quarta, no Twitter, ele também defendeu o filho ao dizer que “ele é inocente e que esta é a maior caça às bruxas da história”.

Nos Estados Unidos, o assunto é o mais comentado desde domingo (9) quando o jornal The New York Times publicou a reportagem sobre o encontro entre Trump Jr e a advogada, que, segundo a matéria, teria ligações com o governo da Rússia.

Do mesmo modo que Trump, Moscou negou novamente qualquer interferência na campanha dele para prejudicar a campanha da democrata Hillary Clinton.

Trump Jr divulgou e-mails trocados em sua conta no Twitter. O fundador da Wikileaks, Julian Assange, postou no Twitter que havia entrado em contato com Trump Jr para que ele publicasse os correios eletrônicos no site. Duas horas depois, segundo Assange, os e-mails foram publicados na própria página de Trump Jr.

Os correios eletrônicos divulgados são a evidência mais concreta até agora de que a interferência da Rússia na campanha eleitoral teria sido não só aprovada como ativamente procurada pelo círculo mais íntimo do presidente Trump.

Na noite desta terça-feira (11), Trump Jr deu uma entrevista à rede de TV Fox News. Na entrevista, Trump Jr disse que não forneceu nenhuma informação comprometedora à advogada Natalia Veselnitskaya. Ela também negou que tenha ligações diretas com o governo russo, como sugeriu a reportagem.

Após a divulgação dos correios eletrônicos, aparecem outros nomes como o do publicitário e editor britânico, Rob Goldstone, que teria arranjado o encontro entre a advogada e Trump Jr.

Do mesmo modo, o milionário russo Aras Agalarov citado nos e-mails porque estaria disposto a fazer revelações sobre Hillary Clinton a Trump Jr, disse em uma entrevista a rádio russa que as afirmações são “invenções”. Ele disse que não tinha informações comprometedoras sobre a candidata democrata.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Crânio achado em tumba submarina revela aparência de homem da Idade da Pedra

Oscar Nilsson, um artista forense sueco, reconstruiu virtualmente a aparência de um homem da Idade da Pedra, cujo crânio sem mandíbula foi encontrado em uma estaca dentro de uma tumba submarina de aproximadamente oito mil …

Alemanha quer eliminar extremismo de direita de tropa de elite

Com reforma, Ministério da Defesa alemão pretende "apertar o botão de reset" no KSK, unidade de elite das Forças Armadas abalada por escândalos sobre envolvimento de seus membros com extremismo de direita. A ministra alemã da …

Putin, presidente "eterno"? Para mais de 75% dos russos, a resposta é sim

Vladimir Putin, presidente "vitalício"? Essa é uma das apostas da votação que termina hoje na Rússia, e que vem sendo apoiada por cerca de 73,55% dos eleitores, que até agora votaram “SIM” neste referendo. Se …

Funcionários da Tesla são demitidos por ficarem em casa

Quando a fábrica da Tesla na Califórnia (EUA) reabriu em meados de maio, o CEO, Elon Musk, tranquilizou os trabalhadores dizendo que não precisariam ir à fábrica se "se sentissem desconfortáveis". No entanto, apesar do comunicado, …

Brasil supera marca de 60 mil mortes por covid-19

Segundo dados das secretarias estaduais e do Ministério da Saúde, total acumulado de óbitos no país é de 60.632, com 1.448.753 infecções. Brasil tem ainda 826.866 pessoas recuperadas. O painel do Conselho Nacional de Secretários de …

Especialista pode ter encontrado a resposta para estátuas egípcias com nariz quebrado

Na arte e na simbologia religiosa do antigo Egito, a representação da figura humana era celebrada como possível receptáculo de nossas almas ou mesmo de um Deus, em estátuas que possuíam profunda função ritualística. Passados alguns …

Estrela massiva desapareceu sem deixar traços

Um objeto espacial integrante da galáxia anã Kinman desapareceu de nossas vistas, de acordo com uma pesquisa publicada na revista Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. Essa estrela excepcionalmente grande foi descrita em 2001 …

Vacina da covid-19 produzida no Brasil será distribuída em dezembro, se aprovada

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) pode começar a distribuir a vacina contra a COVID-19 em dezembro deste ano, caso os testes finais se mostrem efetivos para evitar a propagação da doença. A vacina vem sendo …

Hong Kong: um dia após adoção da lei de segurança nacional, polícia prende 180 manifestantes

Um homem que carregava uma bandeira a favor da independência de Hong Kong se tornou nesta quarta-feira (1°) a primeira pessoa presa com base na nova lei de segurança do território, promulgada na véspera …

Brasil tem 1.280 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas

A contagem das vítimas da epidemia do novo coronavírus no Brasil, divulgada pelo painel do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e pelo Ministério da Saúde, voltou a registrar mais de mil mortes pela …