Trump acredita que Rússia hackeou o partido Democrata

Nesta quarta-feira (11), parece que o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, finalmente revelou ao público que acha que a Rússia estava por trás dos ataques hackers e da publicação de emails do Comitê Nacional Democrático e de Hillary Clinton.

“Acho que foi a Rússia, mas acho que também fomos hackeados por outros países e outras pessoas”, disse o novo presidente em sua primeira coletiva de imprensa nos últimos 169 dias.

Depois disso, ele citou uma brecha semelhante, que ocorreu em 2014 na China. “E posso dizer que até perdemos 22 milhões de nomes, fora tudo o que foi invadido recentemente, mas os hackers não ganharam muito com isso”, conta.

As agências de inteligência norte-americanas acabaram desclassificando um relatório que surgiu no início do mês, que dizia que a Rússia era a principal suspeita por trás dos ataques, que acabaram jogando no ventilador uma série de decisões e disputas dentro do partido de Hillary Clinton.

O que surpreendeu na coletiva desta quarta-feira é que, durante meses, Donald Trump defendia que a Rússia não estava envolvida nas invasões, e, no seu tradicional estilo, vivia repetindo que os ataques deveriam ter sido executados por “alguém sentado em sua cama e que pesasse mais de 180 kg”.

Trump também citou alguns relatórios que clamavam que a Rússia tentou invadir os arquivos do partido Republicano, mas nenhum deles traz provas disso.

“Acho, francamente, que eles se eles tivessem hackeado o Comitê Nacional Republicano, teriam feito o mesmo que fizeram com Hillary e seus colegas de partido”.

O republicano também descartou um relatório publicado nesta terça-feira (10) pelo BuzzFeed (e já retirado do ar), que incluía documentos não-oficiais tratando de que supostos agentes da inteligência russa tinham informações comprometedoras a respeito de Donald Trump.

Vladmir Putin, por sua vez, havia negado a veracidade do fato, e Donald Trump diz acreditar nele, apesar do contexto histórico nada favorável entre as duas potências. Mesmo assim, Trump seguiu defendendo uma boa relação entre os EUA e a Rússia para combater o Estado Islâmico.

“Não sei se vou me unir a Vladimir Putin”, concluiu o presidente eleito. “Espero que sim. Mas há boas chances de que não. Mas se eu não fizer isso, será que vocês acreditariam mesmo que Hillary seria mais dura com ele do que eu? Alguém nesta sala realmente acredita nisso? Dá um tempo!”, finalizou.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

COVID-19 deve ter pico no Brasil em abril e maio, dizem Mandetta e especialistas

A previsão de disseminação do novo coronavírus (SARS-CoV-2) no país não é nada animadora para os próximos meses. Isso porque ainda estamos em uma fase intermediária da infecção, que deve ter seus momentos de pico em …

Esse novo tratamento alivia a depressão em 90% dos pacientes

De acordo com uma nova pesquisa americana, um tratamento com estimulação magnética transcraniana pode ser muito eficaz para pessoas com depressão severa: em um experimento, foi capaz de aliviar os sintomas em 90% dos pacientes. Normalmente, …

Israel: ministro que definiu Covid-19 como ‘castigo divino a gays’ está com coronavírus

Aos 71 anos, Yaakov Litzman, ministro da Saúde de Israel e também líder do partido ultra-ortodoxo “Judaísmo Unido da Torá”, testou positivo para Covid-19. O diagnóstico foi divulgado nesta terça-feira (7) pela imprensa local e chamou …

Saúde de Boris Johnson preocupa britânicos, mas governo garante que premiê passa bem

O Reino Unido acompanha com preocupação a degradação do estado de saúde do primeiro-ministro Boris Johnson, que anunciou publicamente ter sido contaminado pelo novo coronavírus há dez dias. Depois de ser hospitalizado no domingo (5), …

Cortes na ciência comprometem resposta à covid-19 no Brasil

A fila de 16 mil testes para covid-19 no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, expõe a vulnerabilidade de um país que escolheu não investir em Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) nos últimos anos. A …

Organismo marinho de 47 metros de comprimento descoberto na Austrália

Pesquisadores conseguiram captar imagens de vídeo fascinantes de um organismo "de outro mundo" nas águas ao largo da costa ocidental da Austrália. Segundo comunica a Newsweek, uma equipe a bordo do RV Falkor, o principal navio …

Detectadas pela 1º vez estrelas binárias capazes de produzir ondas gravitacionais

Astrônomos do Centro de Astrofísica de Harvard & Smithsonian detectaram pela primeira vez anãs brancas compostas por duas estrelas binárias. As anãs brancas compostas por duas estrelas binárias possuem um núcleo orbital capaz de gerar uma …

Epidemia do coronavírus ainda não chegou ao pico e se agrava na França, diz ministro

O pico da epidemia do novo coronavírus ainda não foi atingido na França, disse nesta terça-feira (7) o ministro da Saúde, Olivier Véran. Devido ao número significativo de pacientes que ainda são hospitalizados diariamente …

Superlua Rosa: satélite atinge proximidade máxima com a Terra

Na próxima terça-feira (7), os entusiastas da astronomia vão poder testemunhar um conhecido e belo fenômeno dos céus que acontece anualmente. A Superlua Rosa é o momento em que o satélite atinge proximidade máxima com a …

Empresas brasileiras lançam manifesto contra demissões

Dezenas de empresas assinam texto pedindo que companhias se comprometam a não demitir nos próximos dois meses, mesmo diante dos impactos econômicos provocados pelas medidas de isolamento para conter o coronavírus. Um grupo de 41 empresas …