STJ nega pedido para evitar prisão de Lula após segunda instância

Marcelo Camargo / Agência Brasil

O vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, negou nesta terça-feira (30) habeas corpus preventivo para evitar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Na decisão, Martins, que está no exercício da presidência do STJ, negou pedido feito pela defesa do ex-presidente para impedir a eventual execução provisória da condenação, após o último recurso que será julgado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), sediado em Porto Alegre.

Ao negar o habeas corpus, o ministro entendeu que a decisão do TRF4 garantiu que Lula não será preso antes da apreciação do último recurso, e, dessa forma, não há urgência que justifique a concessão da medida cautelar.

“Por outro lado, também não há plausibilidade do direito invocado pelo impetrante, pois a possibilidade de execução provisória da pena encontra amparo na jurisprudência das Cortes Superiores”, decidiu o ministro.

A possibilidade de prisão para execução provisória da condenação do ex-presidente ocorre em função do entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), que valida prisão de condenados pela segunda instância da Justiça, mesmo cabendo recurso aos tribunais superiores.

No habeas corpus preventivo, a defesa de Lula alegou que o entendimento do STF sobre a prisão após a segunda instância não é vinculante, ou seja, de aplicação obrigatória. Dessa forma, segundo os advogados, o TRF4 não poderia ter determinado a execução provisória da condenação, na decisão da semana passada.

“Se não é possível o cumprimento antecipado da pena a partir do acórdão que realiza simples menção aos julgados da Excelsa Corte [STF] que o autorizaram, que dirá da decisão que apenas faz referência a entendimento sumular do Tribunal Regional?”, questionou a defesa.

Em nota, a defesa de Lula informou que vai usar os meios jurídicos cabíveis para assegurar as garantias fundamentais do ex-presidente.

“A Constituição Federal assegura ao ex-presidente Lula a garantia da presunção de inocência e o direito de recorrer da condenação ilegítima que lhe foi imposta sem antecipação de cumprimento de pena. A defesa usará dos meios jurídicos cabíveis para fazer prevalecer as garantias fundamentais de Lula, que não pode ser privado de sua liberdade com base em uma condenação que lhe atribuiu a prática de ilícitos que ele jamais cometeu no âmbito de um processo marcado por flagrantes nulidades”, diz a nota.

Ciberia // Agência Brasil

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Agora sabemos sobre o que os orangotangos estão conversando: estudo

Um novo estudo da Universidade de Exeter desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os pesquisadores passaram dois anos filmando mais de 600 horas do comportamento …

Cientistas desenvolvem holograma com som e toque iguais aos de Star Wars

Quando pensamos em desenvolver tecnologias baseadas nos filmes de Star Wars, a primeira, segunda e terceira coisa que passa pela cabeça dos fãs é a criação de sabres de luz da vida real. Mas, para os …

Secom diz que não há 'indicativo de câncer de pele' em Bolsonaro

Após o presidente Jair Bolsonaro declarar que tinha feito exame para investigar "possível câncer de pele", a Secretaria de Comunicação da Presidência disse por nota que não havia qualquer indicativo da doença. O chefe de Estado …

Evo Morales vai fazer da Argentina o seu comitê de campanha para as eleições na Bolívia

Em uma operação secreta, o ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, chegou à Argentina de onde vai comandar a campanha do seu partido para as próximas eleições. Depois de passar quase um mês no México, …

Boris Johnson vence por ampla margem no Reino Unido

O Partido Conservador do atual primeiro-ministro, Boris Johnson, conquistou a maioria absoluta dos assentos no Parlamento do Reino Unido nas eleições realizuadas nesta quinta-feira (12/12) no país. Esse resultado eleitoral garante ao premiê o número …

Simples e atemporal, azul clássico é a cor de 2020, segundo a Pantone

A cor do ano de 2020 será o Classic Blue, um azul clássico que oferece estabilidade e conexão. Quem diz isso é a Pantone, a principal empresa de cores do mundo, que oferece o sistema …

Segredos do idioma dos orangotangos são revelados

Um novo estudo da Universidade de Exeter (Inglaterra) desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os pesquisadores passaram dois anos filmando mais de 600 horas do comportamento …

Exaustos com o Brexit, britânicos vão às urnas pela quarta vez em quatro anos

O Reino Unido está indo às urnas nesta quinta-feira (12) para o que está sendo chamada de a eleição mais importante desta era. Os britânicos estão diante de duas escolhas: apoiar o primeiro-ministro conservador Boris Johnson e …

VÍDEO da NASA revela degelo dramático das geleiras do Alasca

Vídeo recém-publicado mostra derretimento de geleiras e calotas de gelo do Alasca visto do espaço. Algumas imagens revelam mudanças de quase 50 anos, e dão aos cientistas novas ideias relacionadas aos efeitos das mudanças climáticas …

Greta Thunberg é eleita Pessoa do Ano pela "Time"

Revista dedica capa à jovem adolescente sueca por liderar a maior manifestação pelo clima na história da humanidade e diz que mudanças significativas raramente ocorrem sem a força mobilizadora de indivíduos influentes. A ativista sueca Greta …