Subsecretário de Estado britânico se demite para poder votar contra o Brexit

Sean Dempsey / EPA

O subsecretário de Estado da Justiça Philip Lee se demitiu para poder criticar livremente o processo de saída do Reino Unido da União Europeia.

Philip Lee, subsecretário de Estado da Justiça, se demitiu na terça-feira (12). “A principal razão para tomar esta decisão agora é o processo Brexit e o desejo de o governo limitar o papel do Parlamento na contribuição para o resultado final em uma votação nesta terça”, afirmou na carta de demissão.

O ex-subsecretário, que volta assim ao seu papel de deputado, não concorda com o modo como a saída do Reino Unido da União Europeia está sendo preparada e diz que tem discutido com seus eleitores sobre o impacto negativo que receia que o Brexit terá.

“Infelizmente, dentro do governo achei virtualmente impossível ajudar a trazer mudanças suficientes para o rumo que estamos seguindo”, acrescentou.

O deputado do partido conservador se une assim ao grupo que pode votar contra o governo em algumas das emendas à proposta de Lei da União Europeia (saída), que transfere toda a legislação da UE para o direito britânico.

No Twitter, Lee reforçou que apoiaria um segundo referendo sobre o acordo final com o Brexit.

“Quando o governo for capaz de estabelecer um caminho viável e claramente definido para o Brexit – um que tenha sido devidamente considerado, cujas implicações tenham sido previstas, e que esteja enraizado na realidade e não no dogma –, deve procurar no povo, mais uma vez, sua confirmação”.

A Câmara dos Comuns debateu as 15 alterações introduzidas pelos membros da Câmara dos Lordes, a câmara alta do Parlamento britânico, que a primeira-ministra, Theresa May, esperava que não fossem aprovadas. Algo que acabou mesmo por acontecer.

May respirou de alívio, dado que a Câmara dos Comuns rejeitou uma emenda à lei do Brexit que dava ao Parlamento a capacidade de vetar o desfecho das negociações com Bruxelas, e que era motivada pelo receio de que o país saísse da União Europeia sem acordo.

O Reino Unido vai deixar a União Europeia em 29 de março de 2019, dois anos após o lançamento oficial do processo de saída, e quase três anos após o referendo de 23 de junho de 2016, que viu 52% dos britânicos votarem a favor do Brexit.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Evo Morales vai fazer da Argentina o seu comitê de campanha para as eleições na Bolívia

Em uma operação secreta, o ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, chegou à Argentina de onde vai comandar a campanha do seu partido para as próximas eleições. Depois de passar quase um mês no México, …

Boris Johnson vence por ampla margem no Reino Unido

O Partido Conservador do atual primeiro-ministro, Boris Johnson, conquistou a maioria absoluta dos assentos no Parlamento do Reino Unido nas eleições realizuadas nesta quinta-feira (12/12) no país. Esse resultado eleitoral garante ao premiê o número …

Simples e atemporal, azul clássico é a cor de 2020, segundo a Pantone

A cor do ano de 2020 será o Classic Blue, um azul clássico que oferece estabilidade e conexão. Quem diz isso é a Pantone, a principal empresa de cores do mundo, que oferece o sistema …

Segredos do idioma dos orangotangos são revelados

Um novo estudo da Universidade de Exeter (Inglaterra) desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os pesquisadores passaram dois anos filmando mais de 600 horas do comportamento …

Exaustos com o Brexit, britânicos vão às urnas pela quarta vez em quatro anos

O Reino Unido está indo às urnas nesta quinta-feira (12) para o que está sendo chamada de a eleição mais importante desta era. Os britânicos estão diante de duas escolhas: apoiar o primeiro-ministro conservador Boris Johnson e …

VÍDEO da NASA revela degelo dramático das geleiras do Alasca

Vídeo recém-publicado mostra derretimento de geleiras e calotas de gelo do Alasca visto do espaço. Algumas imagens revelam mudanças de quase 50 anos, e dão aos cientistas novas ideias relacionadas aos efeitos das mudanças climáticas …

Greta Thunberg é eleita Pessoa do Ano pela "Time"

Revista dedica capa à jovem adolescente sueca por liderar a maior manifestação pelo clima na história da humanidade e diz que mudanças significativas raramente ocorrem sem a força mobilizadora de indivíduos influentes. A ativista sueca Greta …

Companhia aérea adota copos comestíveis para substituir descartáveis

A redução do uso de plástico como medida de combate à poluição é necessidade urgente e, ainda que cada um de nós seja parte desse destrutivo consumo, é sabido que a diferença se dá de …

Senado votará pacote anticrime nesta quarta-feira, diz Alcolumbre

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse que vai pautar para esta quarta-feira (11) a votação do pacote anticrime. O projeto foi aprovado na semana passada pela Câmara dos Deputados e passou nesta terça-feira (10) …

Vacina contra gastroenterite pode ser eficaz contra câncer, mostra pesquisa

O estudo, realizado por um grupo de cientistas franceses do Centro de Pesquisa em Cancerologia de Lyon, mostrou que a vacina usada para prevenir a gastroenterite em crianças pode provocar a morte de células cancerígenas …