Subsecretário de Estado britânico se demite para poder votar contra o Brexit

Sean Dempsey / EPA

O subsecretário de Estado da Justiça Philip Lee se demitiu para poder criticar livremente o processo de saída do Reino Unido da União Europeia.

Philip Lee, subsecretário de Estado da Justiça, se demitiu na terça-feira (12). “A principal razão para tomar esta decisão agora é o processo Brexit e o desejo de o governo limitar o papel do Parlamento na contribuição para o resultado final em uma votação nesta terça”, afirmou na carta de demissão.

O ex-subsecretário, que volta assim ao seu papel de deputado, não concorda com o modo como a saída do Reino Unido da União Europeia está sendo preparada e diz que tem discutido com seus eleitores sobre o impacto negativo que receia que o Brexit terá.

“Infelizmente, dentro do governo achei virtualmente impossível ajudar a trazer mudanças suficientes para o rumo que estamos seguindo”, acrescentou.

O deputado do partido conservador se une assim ao grupo que pode votar contra o governo em algumas das emendas à proposta de Lei da União Europeia (saída), que transfere toda a legislação da UE para o direito britânico.

No Twitter, Lee reforçou que apoiaria um segundo referendo sobre o acordo final com o Brexit.

“Quando o governo for capaz de estabelecer um caminho viável e claramente definido para o Brexit – um que tenha sido devidamente considerado, cujas implicações tenham sido previstas, e que esteja enraizado na realidade e não no dogma –, deve procurar no povo, mais uma vez, sua confirmação”.

A Câmara dos Comuns debateu as 15 alterações introduzidas pelos membros da Câmara dos Lordes, a câmara alta do Parlamento britânico, que a primeira-ministra, Theresa May, esperava que não fossem aprovadas. Algo que acabou mesmo por acontecer.

May respirou de alívio, dado que a Câmara dos Comuns rejeitou uma emenda à lei do Brexit que dava ao Parlamento a capacidade de vetar o desfecho das negociações com Bruxelas, e que era motivada pelo receio de que o país saísse da União Europeia sem acordo.

O Reino Unido vai deixar a União Europeia em 29 de março de 2019, dois anos após o lançamento oficial do processo de saída, e quase três anos após o referendo de 23 de junho de 2016, que viu 52% dos britânicos votarem a favor do Brexit.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Rosa Weber toma posse na presidência do TSE

A ministra Rosa Weber toma posse nesta terça-feira (14) do cargo de presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em sessão solene no plenário da Corte. A solenidade será transmitida ao vivo pela TV Justiça e …

Descoberta de novos geoglifos pode reescrever a história da Amazônia

Novos geoglifos descobertos no estado do Acre reforçam a ideia de que havia uma numerosa população milenar e hierarquizada na Amazônia 2.500 anos antes da chegada dos europeus. Dados podem “reescrever” a história da região. “A …

Cientistas medem a velocidade da morte

Pela primeira vez, cientistas foram capazes de observar a velocidade com que a morte se propaga através de uma célula: cerca de 30 micrômetros por minuto. Biólogos de sistemas da Universidade de Standford, na Califórnia, foram …

Meteorito da Sibéria revela mineral nunca encontrado na Terra antes

Quando os caçadores de ouro encontraram uma rocha amarelada na Sibéria em 2016, pensaram que poderia conter um metal precioso. Na verdade, continha algo ainda muito mais raro – um mineral nunca visto na Terra …

Mapa mostra como tudo na Física está conectado (e são apenas 8 minutos)

A Física é um campo enorme e complexo. Mas, felizmente, houve alguém que conseguiu organizar todas as áreas desta ciência em apenas um mapa, que mostra como tudo – desde os buracos negros até o …

Autistas são bons em matemática; e agora sabemos por quê

O transtorno do espectro autista causa muitos desafios, mas essas diferenças cerebrais também podem tornar algumas tarefas um pouco mais fáceis. Um estudo recente, realizado por um psicólogo italiano, fornece provas que relacionam o pensamento sistemático …

China tenta impedir divórcios com “período de reflexão”

Tribunais em toda a China começam a impor aos casais que querem se divorciar um período de espera, de entre duas semanas e três meses, visando impeir o aumento no número de separações. Segundo o jornal …

Espanha abrirá primeiro asilo para gays do mundo

A cidade de Madri terá a primeira residência pública do mundo para homossexuais, um espaço que pretende ser uma nova experiência para aposentados que não se sentem à vontade nos modelos tradicionais de casa. "Era preciso …

Com 14 anos Ethan ainda não pode votar, mas já é candidato a governador nos EUA

Ethan Sonnebord ainda não pode votar, mas, aos 14 anos, é candidato do Partido Democrata ao cargo de governador do estado de Vermont, nos Estados Unidos. Ao contrário do que acontece na maioria dos estados norte-americanos, …

Congresso terá novo intervalo de duas semanas com corredores vazios

Ainda sem pauta definida para o próximo período de "esforço concentrado" no Congresso Nacional, marcado para dias 28 e 29 de agosto, deputados e senadores, até lá, devem deixar mais uma vez corredores e plenário …