Sufragista negra é homenageada com mosaico gigante em Washington

Barnett / Wikimedia

A sufragista negra Ida B. Wells

Jornalista e histórica ativista pelos direitos civis de pessoas negras nos Estados Unidos, Ida B. Wells (1862 – 1931) recebeu um mosaico de 300 metros de comprimento para celebrar o 100º aniversário da emenda que deu a mulheres — não todas, até então — o direito ao voto no país.

A homenagem foi patrocinada pela Women’s Suffrage Centennial Commission (Comissão do Centenário do Sufrágio Feminino, em tradução livre) e está exposta na Union Station, em Washington.

Intitulada “Our Story: Portraits of Change” (“Nossa História: Retratos da Mudança”, em tradução livre), a gigante instalação é formada por fotos e cartazes que remetem ao esforço e à luta das sufragistas.

“Ida B. Wells foi uma líder do movimento sufragista que lutou para garantir que as mulheres negras não ficassem para trás na campanha pelos direitos das mulheres”, diz a artista britânica Helen Marshall, responsável pela obra, em entrevista ao “My Modern Met“.

“Embora a luta de Ida tenha acontecido há 100 anos, sua história ainda é proeminente hoje. Sua liderança e coragem representam perfeitamente o espírito do movimento sufragista feminino americano”, completa a artista.

Em 1883, Ida Bell Wells-Barnett — nome completo da ativista — se recusou a deixar o vagão da primeira classe de um trem que ia da cidade de Memphis para Woodstock, no estado norte-americano do Tennessee.

A jovem teve a leitura de seu jornal interrompida por um condutor do trem que estava verificando as passagens e a informou que o assento no qual ela estava sentada era destinado apenas a passageiros brancos.

Ida B. Wells se opôs ao pedido do condutor, que sugeriu que ela se realocasse no vagão destinado a fumantes e a pessoas de comportamento turbulento. Mulheres brancas não sofriam esse tipo de abordagem na época, e ela também não se submeteria à tal violência.

Na autobiografia “Crusade for Justice: The Autobiography of Ida B. Wells”, a jornalista do Mississippi escreve: “Recusei [o pedido], dizendo que o vagão da frente [mais próximo da locomotiva] era para fumantes, e, como eu estava no vagão feminino, propus ficar. [O condutor] tentou me arrastar para fora do assento, mas, no momento em que ele segurou meu braço, prendi meus dentes nas costas de sua mão.”

Ela continua: “Eu tinha apoiado meus pés contra o assento da frente e estava segurando [o encosto para] as costas, e, como ele já havia sido mordido gravemente, não tentou [me retirar] novamente sozinho. Ele foi em frente e chamou o bagageiro e outro homem para ajudá-lo, e, claro, eles conseguiram me arrastar para fora.”

O caso foi parar no tribunal e Wells ganhou um acordo de US$ 500, o que equivale a certa de US$ 13.000 hoje. O ato foi muito marcante, e, junto a outras formas de luta e revolta, fez de Ida um grande símbolo do movimento sufragista das mulheres negras norte-americanas.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Por que iceberg do tamanho do Rio de Janeiro que se desprendeu da Antártida anima cientistas?

Um iceberg gigante de cerca de 1.270 km² (a cidade do Rio de Janeiro tem 1.255 km²) quebrou e se desprendeu da Antártida, gerando euforia na comunidade científica. Na sexta-feira (26/2), instrumentos na superfície da plataforma …

Coronavírus: Por que vacinação sem lockdown pode tornar Brasil 'fábrica' de variantes superpotentes

O cenário atual no Brasil, que combina início da vacinação com transmissão descontrolada da covid-19, pode tornar o país uma "fábrica" de variantes potencialmente capazes de escapar por completo da eficácia das vacinas. Esta é …

Esquema de venda de vacinas falsas da COVID-19 é descoberto pela Interpol

Na última quarta-feira (3), autoridades da África do Sul apreenderam centenas de vacinas falsas da COVID-19, esquema que já havia sido alertado pela Interpol devido às disputas pelo imunizante no mundo inteiro. No país africano, foram …

Egito descobre cemitério de 2 mil anos com 600 cães e gatos

Pesquisadores poloneses encontraram cerca de 600 restos mortais de animais em um cemitério de dois mil anos, no Egito. De acordo com os cientistas, os corpos encontrados na necrópole são de gatos (cerca de 90% deles), …

Nova superterra encontrada pode dar pistas sobre vida fora do Sistema Solar

Um novo exoplaneta detectado orbitando uma estrela relativamente perto do nosso Sistema Solar, pode potencialmente ajudar a resolver enigmas sobre vida alienígena. Um exoplaneta com uma massa 2,8 maior do que a da Terra designado Gliese …

China anuncia meta de crescimento econômico mais modesta na abertura do Congresso Nacional do Povo

A reunião anual do Congresso Nacional do Povo da China foi aberta nesta sexta-feira (5), em Pequim, com o tradicional discurso do primeiro-ministro do país, Li Keqiang. O líder anunciou um objetivo de crescimento …

Análogo de Buraco negro de laboratório se comporta como Stephen Hawking previu

Pesquisadores do Instituto de Tecnologia Technion-Israel tentaram confirmar duas das previsões mais importantes de Hawking, que a radiação hawking surge do nada e que não muda de intensidade ao longo do tempo, o que significa …

SP concentra 40% dos feminicídios com 200 mortes, diz estudo do Observatório de Segurança

A Rede de Observatórios da Segurança publicou seu relatório de dados sobre a violência contra a mulher do ano de 2020. O boletim, que traz números de cinco estados (SP, RJ, PE, CE e BA), mostrou …

Em pior momento da pandemia, Bolsonaro critica 'mimimi' e diz que brasileiro tem que enfrentar vírus

Um dia após o registro de novo recorde diário de mortes pela covid-19 no país, o presidente Jair Bolsonaro deu uma série de declarações dando a entender que o choro pelas vítimas é "frescura" e …

89% dos norte-americanos veem a China como inimiga ou concorrente

A maioria dos norte-americanos não vê a China como parceira e expressa preocupações crescentes sobre o histórico de direitos humanos e as práticas econômicas de Pequim, revelou uma nova pesquisa do Pew Research Center nesta …