“Super-Terra” a 40 anos-luz pode possuir sinais de vida

Apenas algumas décadas atrás, a ideia de quaisquer planetas alienígenas existentes nos confins do espaço era apenas hipotética. Agora, sabemos de milhares desses planetas – e hoje, os cientistas podem ter descoberto o melhor candidato para abrigar vida alienígena.

Esse candidato é o LHS 1140b, um exoplaneta orbitando uma estrela anã vermelha a 40 anos-luz da Terra – a equipe internacional de astrônomos que o descobriu tem o chamado de “super-Terra”. Usando o instrumento HARPS do ESO e uma gama de telescópios ao redor do mundo, os astrônomos localizaram o exoplaneta orbitando a estrela dentro de sua zona habitável.

Este mundo passa em frente de outras estrelas enquanto orbita, provavelmente reteve a maior parte de sua atmosfera e é um pouco maior e muito mais maciço do que a Terra. Em suma, super-Terra LHS 1140b está entre os mais empolgantes objetos conhecidos para estudos atmosféricos.

Embora o LHS 1140b esteja dez vezes mais próximo de sua estrela do que a Terra está do Sol, as anãs vermelhas são muito menores e mais frias do que o Sol, portanto a super-Terra está no meio da zona habitável e recebe cerca de metade da luz solar de sua estrela do que a Terra.

“Este é o exoplaneta mais emocionante eu vi na última décad”, diz o autor principal Jason Dittmann, do centro Harvard-Smithsonian de astrofísica. “Nós dificilmente poderíamos esperar um alvo melhor para realizar uma das maiores buscas da ciência – procurando evidências de vida além da Terra”.

Vida como conhecemos

Para sustentar a vida como a conhecemos, um planeta deve manter uma atmosfera e ter água líquida na superfície. Quando estrelas vermelhas anãs são jovens, elas emitem radiação que pode danificar as atmosferas dos planetas ao seu redor.

O tamanho grande deste planeta indica que um oceano de magma pode ter existido em sua superfície por eras, alimentando o vapor na atmosfera e reabastecendo o planeta com água até que a estrela tenha refrigerado e chegado e se mantido constante no seu momento atual.

Os astrônomos estimam que o planeta tem pelo menos cinco bilhões de anos de idade e deduzem que ele tem um diâmetro de quase 18 mil quilômetros – 1,4 vezes maior que o da Terra. Sua maior massa e densidade implica que provavelmente é feito de rocha, com um núcleo de ferro denso.

Dois dos membros europeus da equipe, Xavier Delfosse e Xavier Bonfils, declararam no comunicado: “O sistema LHS 1140 pode revelar-se um alvo ainda mais importante para a futura caracterização de planetas na zona habitável do que o Proxima b ou o TRAPPIST- 1. Este foi um ano notável para descobertas de exoplanetas!”.

Os cientistas esperam que as observações com o Telescópio Espacial Hubble permitam, em breve, avaliar a quantidade de radiação de alta energia que o exoplaneta recebe, e ainda mais no futuro – com a ajuda de novos telescópios como o Telescópio Extremamente Grande do ESO e o Telescópio James Webb – observações detalhadas das atmosferas dos exoplanetas serão possíveis.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Secularismo e tolerância a minorias predizem a prosperidade de um país

Pesquisadores da Universidade de Bristol e Universidade do Tennesse analisaram dados de quase 500 mil pessoas de 109 países e concluíram que mudanças na cultura geralmente vêm antes da melhora na riqueza, educação e democracia. Os …

Estudo: declínio de abelhas se aproxima da extinção em massa

De acordo com um novo estudo liderado por cientistas da Universidade de Ottawa (Canadá), a probabilidade de uma população de abelhas sobreviver em qualquer lugar diminuiu 30% no curso de uma geração humana. Os pesquisadores sugerem …

Pesquisador diz ter descoberto droga capaz de apagar memória ruim de separação amorosa

Um pesquisador de Montreal, no Canadá, diz ter encontrado uma maneira de acabar com o sofrimento causado por uma separação traumática — ele "edita" as memórias dolorosas usando um betabloqueador e sessões de terapia. Alain Brunet …

Documento revela que Facebook poderia ter virado uma "Wikipédia da vida privada"

Steven Levy, conhecido editor da Wired, conseguiu colocar as mãos em algo que ele talvez nunca imaginou encontrar: um diário de Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook, datado de 2006 e que mostra algumas …

Missão suicida: satélite queimará na atmosfera da Terra, mas por uma boa causa

Na próxima semana, a Agência Espacial Europeia (ESA) vai destruir um satélite, lançando-o em direção à atmosfera da Terra, só para vê-lo queimar durante a reentrada. Sim, tudo de propósito. Trata-se de um experimento muito …

Pé Grande vagueia pelo Reino Unido enquanto centenas de relatos são registrados

Apesar de a lenda do Pé Grande ser tipicamente americana, centenas de pessoas relataram ter visto a enigmática criatura em diversas localidades do Reino Unido. Se por um lado o Reino Unido é um país relativamente …

Um terço de todas as espécies de animais e plantas pode desaparecer em 50 anos

Um novo estudo da Universidade do Arizona (EUA) estimou que um terço de todas as espécies de plantas e animais do planeta pode ser extinta em até 50 anos devido aos efeitos da mudança climática. Para …

Huawei ataca governo dos EUA e lembra caso Snowden

Em comunicado publicado nesta quinta-feira (13), a Huawei voltou a se defender dos ataques feitos pelos Estados Unidos nesta semana, afirmando que, se tem alguém envolvido com espionagem internacional, esse alguém é justamente o governo …

Os efeitos políticos e religiosos do encontro entre Lula e o papa

Reunião no Vaticano vai além de troca de gentilezas entre dois líderes sul-americanos. Para especialistas, audiência tem repercussões para o ex-presidente, o PT e a própria Igreja Católica, que vive disputa de poder. A reunião entre …

Candidato de Macron à prefeitura de Paris renuncia devido a escândalo sexual

Reviravolta na campanha pelas eleições municipais em Paris a apenas um mês da votação. O candidato do partido presidencial, Benjamin Griveaux, renunciou nesta sexta-feira (14) à corrida pela prefeitura da capital. A decisão foi anunciada …