Tatuagens da múmia mais antiga da Europa podem ter sido finalmente desvendadas

As misteriosas tatuagens encontradas em Ötzi – a múmia mais antiga da Europa – podem ter sido finalmente desvendavas. Os cientistas acreditam que as marcas podem representar uma forma primitiva de acupuntura. 

Ötzi, também conhecido como o Homem do Gelo, tem 5.300 anos e foi encontrado em 1991 nos alpes italianos. Desde então, os cientistas têm conduzido uma série de testes morfológicos, radiológicos e moleculares para compreender o seu estado de saúde em vida.

Apesar dos inúmeros testes, os cientistas têm ainda perguntas sobre essa múmia, muitas das quais relacionadas com as tatuagens que tem gravadas no corpo. Um grupo de cientistas acredita ter desvendado o mistério.

As tatuagens da múmia não eram novidade para os pesquisadores, mas os especialistas discordaram durante anos sobre o número de tatuagens. Com o tempo, a pele da múmia foi escurecendo, tornando ainda mais difícil a contagem.

De acordo com um novo e exaustivo estudo, publicado no início do mês de agosto no International Journal of Paleopathology, os cientistas conseguiram observar e mapear um total de 61 tatuagens que cobrem o corpo de Ötzi.

Apesar de o Homem do Gelo aofrer de várias patologias médicas – como problemas nas articulações, dentição deteriorada e problemas gástricos –, os cientistas encontraram padrões nas marcas que sugerem que sua cultura já tinha desenvolvido um sistema para combater e aliviar os sintomas de doenças – uma espécie de acupuntura primitiva.

Segundo a pesquisa, todas as tatuagens encontradas foram feitas com uma mistura de carvão e ervas e produziram linhas negras dispostas em paralelo. Essas linhas formavam grupos de duas até quatro linhas.

Os cientistas reavaliam cuidadosamente os problemas de saúde, comparando-os com a localização e o número de tatuagens. A partir da análise das tatuagens, os pesquisadores perceberam que muitas das marcas estavam localizadas na zona dos pulsos e tornozelos – partes do corpo que denotavam claramente processos degenerativos.

Pontos também muito utilizados nos tratamentos de acupuntura. Por isso, os cientistas acreditam que as tatuagens eram uma forma de lidar com as doenças, aliviando a dor crônica. As marcam denotam, segundo os cientistas, uma forma muito inicial e primitiva dessa prática oriunda da medicina tradicional chinesa.

(dr) Marco Samadelli

Patologias já eram conhecidas

Estudos anteriores revelam que Ötzi tinha ingerido ou transportado uma série de medicamentos que incluíam um fungo, o Polyporus fomentates, que podia ser utilizado para acalmar uma inflamação ou como um antibiótico.

No estômago, os cientistas encontraram também uma planta tóxica para os seres humanos – a Pteridium – que, aparentemente, era consumida pelo Homem do Gelo para limpar seu organismo de parasitas intestinais como a tênia.

A acupuntura – prática associada ao uso de agulhas –, combinada com o uso sofisticado de plantas de fungos no tratamento de doenças, sugere que Ötzi pertencia a uma cultura com alguns conhecimentos sobre anatomia e patologia.

É provável que essas técnicas tenham sido desenvolvidas de forma sistemática através de uma abordagem de tentativa e erro, sendo depois transmitidas de geração em geração na sociedade antiga em que Ötzi viveu.

A múmia mais velha da Europa é também uma das mais estudadas pela comunidade científica. Os pesquisadores descobriram que Ötzi morreu após uma ferimento de flecha e até que sua última refeição teria sido carne de cabra – o que fica ainda para descobrir é por que os tratamentos médicos não resultaram.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

A bondade não compensa (quem é simpático corre mais risco de falência)

As pessoas mais afáveis, com personalidades generosas e cordiais, tendem a se sair pior financeiramente do que as que são menos “boazinhas”, concluiu um estudo das Universidades de Columbia (EUA) e College London (Reino Unido). Os …

As plataformas de gelo da Antártida “cantam” (e é bizarro)

A União Americana de Geofísica publicou um vídeo da plataforma de gelo Ross, na Antártica, “cantando”. Os tons sísmicos podem ser usados para monitorar as alterações nas plataformas de gelo. Exploradores polares registraram sons extraordinários ao examinar como …

Graffiti pode revelar a verdadeira data da erupção que destruiu Pompeia

Na terça-feira (16), as autoridades italianas anunciaram que a erupção vulcânica que destruiu a cidade romana de Pompeia, em 79 a.C., pode ter acontecido dois meses mais tarde do que pensavam os cientistas. Até agora, pensava-se …

Crianças com até 2 anos são as que mais usam aplicativos

Mais de metade das crianças com menos de 8 anos usa aplicativos como entretenimento e as crianças que mais usam os dispositivos eletrônicos têm até 2 anos. Segundo o estudo “Happy Kids: Aplicativos Seguros e Benéficos para Crianças”, do …

Mineral ultra-raro é descoberto em antiga cratera de meteorito na Austrália

Um mineral ultra-raro que se forma apenas quando rochas espaciais atingem a crosta terrestre com uma enorme pressão foi encontrado na Austrália. Até o momento, em todo o planeta, só foram encontrados seis exemplares desse …

Rede de trilhas de 18 mil km começa a ser construída no Brasil

O governo federal criou nesta sexta-feira (19) a Rede Nacional de Trilhas de Longo Curso e Conectividade (Rede Trilhas), formada por quatro grandes corredores interligando paisagens naturais no país por onde milhões de pessoas poderão …

Jornalista saudita teria sido desmembrado ainda vivo; durou sete minutos

Jamal Khashoggi, o jornalista saudita desaparecido desde 2 de outubro, teria sido torturado durante sete minutos e desmembrado ainda vivo no interior do consulado da Arábia Saudita, em Istambul, revela a imprensa turca. O jornal turco …

Candidatos têm propostas antagônicas para direitos humanos

Os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) que disputam, no próximo dia 28, o segundo turno das eleições presidenciais deste ano, defendem diferentes pontos de vista sobre direitos humanos. Apesar de os dois citarem …

Eleita a 1ª deputada indígena do Brasil, Wapichana promete ser resistência

Combater as "ameaças" aos direitos dos povos indígenas será um dos principais desafios de Joênia Wapichana, a primeira mulher indígena na história a ser eleita para ocupar uma cadeira na Câmara dos Deputados. A adoção do …

Acessível e sustentável, parque suspenso em meio a Mata Atlântica é inaugurado em São Paulo

São Paulo e região metropolitana sofrem com a escassez de áreas verdes. O deficit acarreta na falta de opções de lazer e aumenta os efeitos da poluição. Por isso, é ótima a notícia de que São …