Um enorme tesouro de diamantes está escondido nas profundezas da Terra

Há toneladas de diamantes escondidos no interior da Terra, enterrados a mais de 160 mil metros abaixo da superfície, apurou um estudo científico realizado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), em parceria com várias Universidades dos EUA, do Reino Unido, da França, da Austrália e da China.

A pesquisa realizada por essa equipe internacional de cientistas apurou que pode haver mais de um septilhão de toneladas de diamantes escondidos no interior da Terra.

Os minerais preciosos estão enterrados a mais de 160 mil metros abaixo da superfície, a uma distância impossível de alcançar para qualquer equipe de perfuração, encontrando-se espalhados pelas chamadas “rochas cratônicas“, isto é, “as seções mais antigas e mais imóveis da rocha que fica abaixo do centro da maioria das placas tectônicas continentais”, explica o MIT em comunicado.

Essas rochas têm a forma de “montanhas invertidas” e podem se prolongar até profundidades de 322 mil metros através da crosta terrestre e até o seu manto. As zonas mais profundas são conhecidas por “raízes” pelos geólogos.

O estudo publicado no jornal científico G3 – Geochemistry, Geophysics, Geosystems concluiu que entre 1 e 2 por cento das “rochas cratônicas” do manto da Terra são feitas de diamantes. Dada a sua extensão, está em jogo algo como um septilhão de toneladas de diamantes (1.000.000.000.000.000).

“Não conseguimos chegar neles, mas há muito mais diamantes lá do que já tínhamos pensado”, atesta o cientista Ulrich Faul, do Departamento das Ciências Atmosféricas, Planetárias e da Terra do MIT, citado no comunicado sobre o estudo.

As propriedades especiais do diamante

Os pesquisadores chegaram à descoberta depois de terem detectado uma anomalia nos dados sísmicos em registros feitos, ao longo de décadas, das ondas de som que se sentem através da Terra no seguimento de sismos, tsunamis e explosões.

Essas ondas de som servem para determinar onde um terremoto teve origem e também podem ser usadas para “construir uma imagem de como será o interior da Terra”, frisa o MIT.

“As ondas de som se movem a várias velocidades através da Terra, dependendo da temperatura, da densidade e da composição das rochas pelas quais viajam”, acrescenta o comunicado da entidade.

Analisando essa relação entre “a velocidade sísmica e a composição da rocha”, os cientistas conseguiram definir uma estimativa dos tipos de rochas que compõem a crosta terrestre e partes do manto da Terra (ou litosfera). E foi assim que detectaram a anomalia nos dados sísmicos.

Para identificar a composição das rochas cratônicas que poderiam explicar as anomalias detectadas, os cientistas criaram rochas virtuais compostas por diferentes combinações de minerais.

Calcularam então a velocidade das ondas de som em cada uma dessas rochas virtuais e concluíram que só um tipo de rocha poderia provocar as anomalias verificadas, e é uma rocha constituída por 1 a 2 por cento de diamantes, por peridotito e por pequenas quantidades de eclogitos.

“O diamante, de muitas formas, é especial. Uma das suas propriedades especiais é que a velocidade do som no diamante é mais de duas vezes mais rápida que no mineral dominante nas rochas do manto superior, a olivina”, constata Faul.

Por se tratar de uma porcentagem tão pequena de diamantes, não afeta a densidade das rochas cratônicas que “são como pedaços de madeira flutuando na água“, refere Faul. “São um pouco menos densas do que o seu entorno, por isso não não afundam”, continuando “a flutuar na superfície”, explica o cientista.

“Por isso, descobrimos que só são precisos 1 a 2 por cento de diamantes para os crátons serem estáveis e não afundarem”, conclui ainda o cientista.

A descoberta não é de todo surpreendente, já que “os diamantes são forjados no ambiente de altas pressões e altas temperaturas da Terra profunda e só chegam à superfície através de erupções vulcânicas que ocorrem a cada poucas dezenas de milhões de anos”, nota o MIT.

Essas erupções criam “tubos” geológicos feitos de kimberlite, um tipo de rocha, através dos quais são expelidos os diamantes e o magma das profundezas da terra.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …