Trump diz que dinheiro para silenciar mulheres é dele e não de campanha

Gage Skidmore / Flickr

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O presidente dos EUA insistiu que o dinheiro para silenciar as duas mulheres com quem teve relações é proveniente da sua fortuna e não dos fundos da campanha eleitoral.

“O dinheiro não veio da campanha, veio de mim”, disse Donald Trump em entrevista à Fox, que será transmitida amanhã e da qual já foram divulgados alguns trechos. “Na verdade, a primeira coisa que perguntei foi se esse dinheiro veio da campanha, o que poderia ter sido um pouco nebuloso”, acrescentou Trump.

O presidente norte-americano tinha acusado seu ex-advogado pessoal, Michael Cohen, de “inventar histórias” para conseguir um “acordo” judicial.

Em mensagem no Twitter, Trumpse referia à audiência de terça-feira, em um tribunal federal, em que Cohen admitiu ter pagado a duas mulheres “a pedido do candidato” Donald Trump e “com a intenção de influenciar as eleições” presidenciais de 2016.

A admissão de Cohen implica que o presidente norte-americano poderia ter cometido um crime, mas Trump disse que as ações de Cohen “não são crime”. “Michael Cohen se declarou culpado de duas acusações de violação das leis de financiamento das campanhas, que não são um crime“, escreveu.

“O presidente [Barack] Obama teve uma importante violação das leis de financiamento e isso foi facilmente resolvido“, acrescentou.

Nas mensagens que publicou, Trump diz também se sentir “muito mal” com a condenação, também na terça-feira, do seu ex-diretor de campanha Paul Manafort por crimes financeiros.

“A ‘Justiça’ pegou um caso de impostos com 12 anos, entre outras coisas, exerceu enorme pressão sobre ele e, ao contrário de Michael Cohen, ele recusou se ‘dobrar’ – inventar histórias para conseguir um ‘acordo’”, escreveu Trump.

Trump diz ainda, sobre Manafort, ter muito respeito por “um homem tão corajoso!”.

Em outro tuíte, o chefe de Estado diz que não recomendaria os serviços do seu antigo advogado: “Se alguém procura um bom advogado, sugiro vivamente que não contrate os serviços de Michael Cohen!”.

Cohen, advogado e empresário, se declarou culpado em cinco acusações de fraude fiscal, uma de fraude bancária e duas de violação das leis de financiamento das campanhas eleitorais, em audiência no tribunal federal de Manhattan, Nova York.

O advogado, que trabalhou mais de dez anos para Trump, afirmou ter pagado as quantias de 130 mil e 150 mil dólares a duas mulheres que afirmavam ter tido uma relação com Donald Trump em troca do respectivo silêncio, “a pedido do candidato” e “com a intenção de influenciar as eleições” presidenciais, de que Trump sairia vencedor.

Michael Cohen não forneceu os nomes das mulheres, mas os montantes correspondem aos pagamentos já divulgadps feitos a Stormy Daniels, atriz de filmes pornográficos que afirma ter tido uma breve ligação com Trump em 2006, e a Karen McDougal, uma ex-modelo da Playboy que também alega ter tido ligação com o multimilionário em 2006-2007.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Investigação revela terras protegidas da Amazônia à venda no Facebook

Pessoas que invadem e desmatam ilegalmente trechos da Floresta Amazônica estão anunciando as áreas no Facebook em busca de compradores. Uma investigação da BBC encontrou na plataforma dezenas de anúncios em que vendedores negociam pedaços da …

Primeiro ataque militar da era Biden mata pelo menos 17 no leste da Síria

Os Estados Unidos atacaram, nesta quinta-feira (25), infraestruturas utilizadas pelas milícias pro-iranianas no nordeste da Síria, deixando 17 mortos. Esta é a primeira operação militar organizada pelo governo de Joe Biden. A ação é …

Tiranossauros jovens impediram o desenvolvimento de espécies menores, diz estudo

A pesquisa demonstrou que grandes dinossauros, como o T-rex, que cresceram de um pequeno tamanho até se tornarem criaturas enormes, modificaram seus ecossistemas ao competirem com espécies rivais menores. Um estudo publicado nesta sexta-feira (26), no …

UE quer passaporte para vacinados até meio do ano

A União Europeia quer estabelecer um sistema de passaportes para vacinados contra covid-19 ainda antes de suas férias de verão, no meio do ano. O setor turístico é fundamental para várias economias do bloco, sobretudo …

Facebook encerra contas do exército birmanês devido ao recurso à violência

A rede Facebook anunciou hoje em comunicado ter encerrado as contas vinculadas à junta militar birmanesa devido ao uso da "violência mortífera" contra os manifestantes que têm protestado contra o golpe militar perpetrado no …

Malcolm X: carta indica plano do FBI e polícia de NY para assassinar líder negro

Morto em 1965, aos 39 anos, em Nova York, o ativista negro norte-americano Malcolm X não teve, até hoje, o assassinato totalmente esclarecido. Contudo, o surgimento recente de uma carta aponta para uma possível conspiração entre …

NVIDIA e Stefanini anunciam que desenvolverão Inteligência Artificial no Brasil

A Nvidia Enterprise e a Woopi, empresa do Grupo Stefanini focada em Inteligência Artificial (IA) anunciaram nesta quarta-feira (24) uma parceria para desenvolver soluções de IA e processamento de linguagem natural. E o primeiro projeto …

250 mil mortos por covid no Brasil: o que significa esse número

O Brasil acumula um quarto de milhão de mortes por covid-19, às vésperas de se completar um ano desde o primeiro caso de coronavírus ter sido identificado no país. Segundo as contas do consórcio de imprensa …

Na diplomacia das vacinas, Israel troca imunizante por reconhecimento de Jerusalém como capital

No combate à Covid-19, Israel é exemplo mundial. A metade da população do Estado hebreu já recebeu pelo menos uma dose da vacina contra o coronavírus e um terço está completamente imunizada, com as …

"Subestimar Rússia de Putin é sempre um erro", diz indicado de Biden para chefiar CIA

Nesta quarta-feira (24), William Burns, o indicado do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para o cargo de diretor da CIA, disse que subestimar a Rússia é sempre um erro e acusou a China de …