Trump e Putin tiveram encontro “não divulgado” durante o G20; Trump diz que é “fake news”

Michael Klimentyev / Sputnik / Kremlin Pool

Donald Trump e Vladimir Putin tiveram uma segunda conversa, à margem da cúpula do G20, na Alemanha, que não tinha sido inicialmente divulgada pela Casa Branca. O “encontro” já foi entretanto confirmado, nesta terça-feira (18).

Não constam da agenda oficial do encontro, mas são uma das mais importantes partes da cúpula: os encontros bilaterais entre chefes de Estado ou de Governo. Este ano, o mais esperado era o de Donald Trump com Vladimir Putin, que se realizou pela primeira vez desde a eleição do norte-americano.

Mas os dois líderes mundiais estão agora a ser falados por terem realizado não um, mas dois encontros à margem da cúpula. No primeiro encontro, Trump e Putin estiveram reunidos durante cerca de duas horas e, no final, o presidente dos EUA saiu a dizer que Putin negou as alegações de ter interferido diretamente nas presidenciais de 2016.

No segundo encontro, que não tinha sido inicialmente divulgado, não se sabe sobre o que os dois presidentes teriam falado, já que o encontro teria sido informal. Segundo a Reuters, ocorreu durante um jantar, no qual estavam presentes todos os líderes que participaram no G20, assim como os cônjuges.

Segundo Ian Bremmer, presidente do Eurasia Group e o primeiro a “denunciar” o encontro – que foi entretanto confirmado pelo porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, Michael Anton à CNN –, perto do fim do jantar, o presidente Trump falou com Putin.

Bremmer disse que Trump se levantou do seu lugar e teria ido falar com Putin “em privado e se mostrando animado, com apenas o tradutor de Putin presente“, já que o tradutor de Trump não falava russo, diz o New York Times.

A falta do tradutor norte americano foi notada pelos presentes no jantar, segundo o presidente da Eurasia Group, e vista como “uma quebra no protocolo nacional de segurança”.

Apesar do encontro ter sido confirmado pela Casa Branca, Trump comentou no Twitter dizendo que o segundo encontro entre ele e Putin era “fake news”, provavelmente porque este teria sido apenas uma conversa informal entre dois líderes que estavam presentes no mesmo jantar com outros chefes mundiais.

Essa notícia falsa de um jantar secreto é ‘doentia’. Todos os membros do G20 e os seus parceiros foram convidados pela chancelaria federal alemã. A imprensa sabia!“, escreveu na noite desta terça-feira.

As notícias são cada vez mais desonestas. Até um jantar organizado para os 20 principais líderes mundiais na Alemanha se torna em algo sinistro”, acrescentou noutro comentário.

A Casa Branca também negou que haja algo de errado no encontro, que descreveu como um “breve encontro no fim do jantar“. “A insinuação de que a Casa Branca tentou esconder um segundo encontro é falsa, maliciosa e absurda”, disse um funcionário.

A relação entre Trump e Putin é alvo de interesse devido às denúncias de que o governo russo tenha interferido na eleição presidencial americana de 2016, com o objetivo de favorecer o então candidato republicano. O Kremlin nega as acusações.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Companhia aérea adota copos comestíveis para substituir descartáveis

A redução do uso de plástico como medida de combate à poluição é necessidade urgente e, ainda que cada um de nós seja parte desse destrutivo consumo, é sabido que a diferença se dá de …

Senado votará pacote anticrime nesta quarta-feira, diz Alcolumbre

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse que vai pautar para esta quarta-feira (11) a votação do pacote anticrime. O projeto foi aprovado na semana passada pela Câmara dos Deputados e passou nesta terça-feira (10) …

Vacina contra gastroenterite pode ser eficaz contra câncer, mostra pesquisa

O estudo, realizado por um grupo de cientistas franceses do Centro de Pesquisa em Cancerologia de Lyon, mostrou que a vacina usada para prevenir a gastroenterite em crianças pode provocar a morte de células cancerígenas …

Famosa na internet, a falecida gata Lil Bub terá suas cinzas enviadas ao espaço

Visitar pessoalmente o espaço sideral é uma oportunidade que pouquíssimas pessoas têm em vida, mas enviar suas cinzas ao espaço pode se tornar uma nova forma de passar a eternidade entre as estrelas. E, assim …

Câmara dos EUA formaliza acusações contra Trump

Democratas dizem ter provas suficientes para acusar o presidente americano de abuso de poder e obstrução do Congresso. Votação sobre o impeachment no plenário da Câmara deve ocorrer na próxima semana. Congressistas democratas na Câmara dos …

Cientistas criam pele artificial que é flexível se cura como a de verdade

Cientistas da Universidade Nacional da Austrália criaram um hidrogel que funciona como a pele de verdade, com a mesma força e durabilidade. “Com a química especial que desenvolvemos no hidrogel, ele pode se reparar após ser …

Putin e Zelenski anunciam cessar-fogo na Ucrânia

Em cúpula em Paris, presidentes concordam em retomar processo de paz e prometem troca de todos os prisioneiros até o fim deste ano. Apesar de avanços, divergências sobre eleições em regiões separatistas permanecem. Os presidentes ucraniano, …

Aung San Suu Kyi vai defender Mianmar na ONU de acusações de genocídio

A prêmio Nobel da Paz defenderá seu país das acusações de genocídio da minoria muçulmana rohingya no tribunal internacional da ONU, em Haia. A Corte Penal Internacional (CPI) autorizou em novembro que Mianmar, antiga Birmânia, seja …

Em meio a "emergência climática", UE aposta em Acordo Verde

Com a UE prestes a fracassar em suas metas de redução de CO2 até 2030, todos os olhos se voltam para os planos de longo prazo da Comissão Europeia para combater a mudança climática. A nova …

Kim Jong-un "tem tudo a perder" se agir de maneira hostil, diz Trump

O presidente americano Donald Trump também disse neste domingo (8) que a Coreia do Norte tem potencial econômico, mas deve manter "boas relações" com os Estados Unidos. A mensagem de Trump foi publicada no Twitter …