Turma do STF decide que aborto nos primeiros 3 meses de gravidez não é crime

Elza Fiúza / Agência Brasil

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu esta terça-feira (29) descriminalizar o aborto no primeiro trimestre da gravidez.

Seguindo voto do ministro Luís Roberto Barroso, o colegiado entendeu que são inconstitucionais os artigos do Código Penal que criminalizam o aborto. O entendimento, no entanto, vale apenas para um caso concreto julgado pelo grupo nesta terça-feira.

A decisão da Turma foi tomada com base no voto do ministro Luís Roberto Barroso.

Para o ministro, a criminalização do aborto nos três primeiros meses da gestação viola os direitos sexuais e reprodutivos da mulher, o direito à autonomia de fazer suas escolhas e o direito à integridade física e psíquica.

No voto, Barroso também ressaltou que a criminalização do aborto não é aplicada em países democráticos e desenvolvidos, como os Estados Unidos, Alemanha, França, Reino Unido e Holanda, entre outros.

“Em verdade, a criminalização confere uma proteção deficiente aos direitos sexuais e reprodutivos, à autonomia, à integridade psíquica e física, e à saúde da mulher, com reflexos sobre a igualdade de gênero e impacto desproporcional sobre as mulheres mais pobres”, diz o ministro.

“Além disso, criminalizar a mulher que deseja abortar gera custos sociais e para o sistema de saúde, que decorrem da necessidade de a mulher se submeter a procedimentos inseguros, com aumento da morbidade e da letalidade”, decidiu Barroso.

Apesar de admitir a descriminalização do aborto nos três primeiros meses, Barroso entendeu que a criminalização do procedimento pode ser aplicada a partir dos meses seguintes.

“A interrupção voluntária da gestação não deve ser criminalizada, pelo menos, durante o primeiro trimestre da gestação. Durante esse período, o córtex cerebral – que permite que o feto desenvolva sentimentos e racionalidade – ainda não foi formado, nem há qualquer potencialidade de vida fora do útero materno”, disse Barroso.

“Por tudo isso, é preciso conferir interpretação conforme a Constituição aos Artigos 124 e 126 do Código Penal, para excluir do seu âmbito de incidência a interrupção voluntária da gestação efetivada no primeiro trimestre”, concluiu o ministro.

O caso julgado pelo colegiado tratava da revogação de prisão de cinco pessoas detidas em uma operação da polícia do Rio de Janeiro em uma clínica clandestina, entre elas médicos e outros funcionários.

Os cinco ministros da Primeira Turma votaram pela manutenção da liberdade dos envolvidos. Rosa Weber e Edson Fachin acompanharam o voto de Barroso.

No entanto, Marco Aurélio e Luiz Fux não votaram sobre a questão do aborto e deliberaram apenas sobre a legalidade da prisão.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Novo estudo aponta Uber e Lyft como responsáveis por aumento de 70% da poluição

Um novo estudo divulgado pela Union of Concerned Scientists nesta terça-feira (25) afirma que as viagens feitas em carros de apps como o Uber e o Lyft foram responsáveis por um aumento de 69% nos …

Brasil tem primeiro teste positivo para coronavírus

Pela primeira vez, o teste em um paciente no Brasil deu positivo para o novo coronavírus causador da doença Covid-19. Segundo divulgou o Ministério da Saúde nesta terça-feira (25/02), trata-se de um homem de 61 …

Tese diz que ‘Parasita’ se inspirou em filme de Sérgio Mallandro e assusta por coerência

E se toda a inspiração do mago do cinema Bong Joon Ho viesse das grandes pérolas do nosso cinema dos anos 90? O diretor e roteirista de parasita já se declarou um fã da sétima …

Cientistas: a primeira vida alienígena que encontrarmos provavelmente será inteligente

Segundo cientistas do SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence), é mais provável que encontremos evidências de vida extraterrestre inteligente antes de encontrarmos microrganismos aliens, por exemplo. Por quê? Se você costuma ler notícias sobre a busca científica …

'Marte está vivo': sonda da NASA registra sismos no Planeta Vermelho

Os resultados dos primeiros 10 meses de observações da sonda InSight da NASA em Marte conseguiram revelar que o Planeta Vermelho é um mundo sismicamente ativo. "Marte está vivo", comentou a missão InSight no Twitter, acrescentando …

Brasileiro cria app para ajudar conterrâneos imigrantes nos Estados Unidos

Mudar-se para outro país pode ser uma das experiências mais desafiadoras até mesmo para quem tem conhecimento da língua e da região onde vai morar. Contudo, isso pode ficar mais fácil com uma ajudinha de …

Em visita à Índia, Trump é homenageado em evento “Namaste Trump”

O presidente americano Donald Trump e o primeiro-ministro indiano Narendra Modi celebraram, nesta segunda-feira, um comício para 100.000 pessoas em um estádio de críquete. O evento, chamado de “Namaste Trump”, é considerado o momento …

Harvey Weinstein é condenado por estupro e abuso sexual

O ex-produtor de cinema Harvey Weinstein foi condenado pelos crimes de estupro e abuso sexual por um tribunal em Nova York nesta segunda-feira (24/02) – um marco para o movimento #MeToo, que inspirou mulheres a …

Barbie apresenta coleção inspirada nos Jogos Olímpicos

Os Jogos Olímpicos de Tokyo 2020 já estão batendo na porta. Além de novas modalidades como Baseball, Softball, Surfe, Escalada, Karatê e Skate, novos produtos licenciados do maior evento esportivo de todo o mundo já …

Pesquisadores usam inteligência artificial para descobrir novo antibiótico

Um time de pesquisadores do Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT) descobriu, por meio da inteligência artificial, um novo tipo de antibiótico, após um poderoso algoritmo analisar por vários dias mais de 100 milhões de compostos …