A Via Láctea pode estar ficando maior

Z. Levay and R. van der Marel, STScI; T. Hallas; and A. Mellinger / NASA, ESA

Os modelos de formação de galáxias sugerem que novas estrelas aumentam lentamente o tamanho da galáxia em que residem.

Cristina Martínez-Lombilla, que faz doutorado no Instituto de Astrofísica das Canárias em Tenerife, na Espanha, e seus colaboradores, acreditam que a galáxia que habitamos, a Via Láctea, pode estar ficando maior.

O trabalho da equipe foi apresentado em uma palestra, na semana passada, durante a Semana Europeia de Astronomia e Ciências Espaciais, em Liverpool.

O Sistema Solar está localizado num dos braços do disco de uma galáxia espiral barrada – a Via Láctea –, com um diâmetro de cerca de 100 mil anos-luz. Nossa Galáxia é formada por várias uma centena de bilhões de estrelas, com enormes quantidades de gás e poeira, componentes interligados que interagem através da força da gravidade.

A natureza dessa interação determina a forma de uma galáxia, que pode ser espiral, elíptica ou irregular. Sendo uma espiral barrada, a Via Láctea tem um disco no qual estrelas, poeiras e gases se encontram principalmente em um plano, com braços que se estendem para fora de uma barra central.

No disco da Via Láctea existem estrelas de muitas idades diferentes. Estrelas azuis, quentes e maciças são muito luminosas e têm uma vida relativamente pequena de milhões de anos, enquanto estrelas de massa menor eventualmente se tornam mais avermelhadas e mais fracas, podendo durar dezenas de bilhões de anos.

As estrelas mais jovens podem ser encontradas no disco da galáxia, onde novas estrelas continuam se formando, ao passo que as estrelas mais antigas dominam a protuberância ao redor do centro galático e o halo que circunda o disco.

Algumas regiões de formação estelar podem ser encontradas na orla externa do disco, e os modelos de formação de galáxias preveem que novas estrelas aumentem lentamente o tamanho da galáxia em que residem.

Um problema em estabelecer a forma da Via Láctea é que vivemos dentro dela, de modo que os astrônomos olham para galáxias similares em outros lugares como análogas à nossa.

Martínez-Lombilla e colegas se propuseram a estabelecer se outras galáxias espirais parecidas com a Via Láctea estão realmente ficando maiores e, em caso afirmativo, o que isso significa para a nossa própria galáxia.

(dr) Ken Crawford

NGC 4565, uma galáxia espiral a uma distância estimada em 30-50 milhões de anos-luz.

Assim, usaram o telescópio terrestre SDSS para dados óticos, e os dois telescópios espaciais GALEX e Spitzer para dados de ultravioleta próximo e infravermelho próximo, respectivamente, a fim de examinar detalhadamente as cores e movimentos das estrelas no final dos discos de outras galáxias.

Os pesquisadores mediram a luz nessas regiões, predominantemente proveniente de jovens estrelas azuis, e mediram o movimento vertical (para cima e para baixo no disco) das estrelas para descobrir quanto tempo levaria para se afastarem dos seus locais de nascimento, e como as galáxias hospedeiras cresciam em tamanho.

Com base nisso, calcularam que as galáxias como a Via Láctea crescem a cerca de 500 metros por segundo, depressa o suficiente para cobrir a distância de Liverpool a Londres em aproximadamente 12 minutos.

“A Via Láctea já é enorme. Mas o nosso trabalho mostra que pelo menos a sua parte visível aumenta lentamente de tamanho, à medida que se formam estrelas na periferia galática”, explica Martínez-Lombilla.

“Não é um crescimento rápido, mas se pudéssemos avançar no tempo e olhar para como a galáxia seria daqui a 3 bilhões de anos, seria cerca de 5% maior do que é hoje”, destaca.

O crescimento lento pode ser irrelevante no futuro distante. É previsto que a Via Láctea colida com a vizinha galáxia de Andrômeda daqui a cerca de 4 bilhões de anos, e a forma de ambas mude radicalmente à medida que se fundem. E a nossa galáxia, que já é enorme, ficará monstruosamente gigante.

Ciberia // CCVAlg / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Mais humanos estão evoluindo para ter três artérias nos braços; entenda porquê

Não se engane ao achar que o corpo humano não está em constante evolução. Pesquisadores australianos descobriram recentemente que o nosso organismo parece estar, aos poucos, desenvolvendo uma nova artéria no braço: a artéria mediana. Esse …

Tesla supera expectativas e apresenta quinto trimestre consecutivo de lucros

A Tesla divulgou nesta quarta-feira (21) seus resultados financeiros relativos ao terceiro trimestre de 2020. E as notícias foram boas: além de apresentar lucros pelo quinto trimestre consecutivo, a montadora elétrica apresentou os três meses …

Bitcoin alcança valor máximo anual após anúncio do PayPal

Nesta quarta-feira (21), o PayPal anunciou que vai lançar um sistema que permite efetuar compras e vendas em moedas digitais. Nesta quarta-feira (21), o bitcoin alcançou seu valor máximo neste ano, acima de US$ 13.200 (R$ …

Papa Francisco defende união civil homossexual

Pela primeira vez desde que assumiu a liderança da Igreja Católica, pontífice se manifesta a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo. "Gays têm direito a ter família, são filhos de Deus", diz …

Obama faz campanha para Biden e tenta ganhar votos republicanos com evento drive-in na Pensilvânia

Em seu primeiro evento presencial do ano, o ex-presidente Barack Obama vai participar de uma campanha drive-in na noite desta quarta-feira (21) na Pensilvânia. A expectativa é que Obama conquiste eleitores negros no sul …

Cientistas acabam de descobrir um órgão misterioso escondido no centro da cabeça humana

Cientistas fizeram uma descoberta anatômica surpreendente, encontrando o que parece ser um misterioso conjunto de glândulas salivares escondidas dentro da cabeça humana que de alguma forma passaram despercebidas até agora. Essa “entidade misteriosa” foi identificada acidentalmente …

Estudo revela por que formigas são excepcionalmente fortes

Neste trabalho, os pesquisadores conseguiram obter imagens detalhadas do que ocorre no tórax de uma formiga, tirando raios-X e criando modelos 3D para analisar os músculos e o esqueleto interno. Pesquisadores de universidades do Japão e …

Hackers russos são acusados de planejarem ataques contra as Olímpiadas do Japão

Hackers russos estariam planejando uma nova onda de ataques contra a organização das Olímpiadas de 2020, que aconteceriam neste ano, no Japão, e foram transferidas para 2021 devido à pandemia do novo coronavírus. Mais uma …

Pais de 545 crianças separadas na fronteira dos EUA não foram localizados

Famílias foram separadas como parte da política anti-imigração de Trump a partir de 2017. Muitos dos pais podem ter sido deportados sem os filhos. Os pais de 545 crianças migrantes que foram separadas deles nos Estados …

ONG Repórteres Sem Fronteiras denuncia deterioração da liberdade de imprensa no Brasil

Um novo relatório publicado nesta terça-feira (20) pela ONG Repórteres sem Fronteiras (RSF) denuncia o aumento de ameaças a jornalistas e veículos de comunicação no Brasil em 2020. Para a organização civil, sediada em …