Vídeo mostra a Terra no futuro – e é assustador

Ninguém pode dizer com certeza o que o futuro irá nos trazer, mas um vídeo recentemente publicado no YouTube resume todas as previsões apoiadas pela ciência e mostra como será, provavelmente, a Terra nos próximos milhões de anos.

É muito improvável que alguém esteja por perto para ver a maioria destas mudanças acontecer, mas, mesmo assim, o vídeo é surpreendente e mostra um mundo onde um supercontinente reina supremo, onde o Monte Everest já não é a mais alta montanha do planeta e onde o Sol é muito mais quente.

Uma das previsões mais interessantes é a ideia de que, daqui a dois milhões de anos, os seres humanos, habitando diferentes planetas, terão evoluído para espécies completamente diferentes que talvez nem sequer conheçam umas às outras. Em outras palavras, vamos nos transformar em extraterrestres.

Pode soar um pouco exagerado, mas quando se pensa quanto a Terra mudou desde que os antepassados humanos evoluíram pela primeira vez na África, não é assim tão maluco. Durante a vida da nossa espécie, já vimos a ponte terrestre de Bering que ligava a Ásia à América do Norte desaparecer e os humanos andarem na Lua.

Assim, leia a seguir os momentos mais marcantes do que ainda está por vir!

Ano 10.000

Esqueça o bug do milênio! No ano 10.000, os nossos aparelhos informáticos serão confrontados com o bug muito real dos 10.000 anos. Neste momento, todos os nossos softwares entram no ano com quatro casas decimais, assim, quando atingirmos o ano 10.000, a tecnologia não será capaz de codificar datas.

Se as tendências atuais da globalização continuarem, todos os traços genéticos humanos, como a pele e a cor do cabelo, serão distribuídos uniformemente em todo o mundo. Deixará de haver variação humana associada à região.

Ano 50.000

Toda a linguagem moderna deixará de ser reconhecível no ano 20.000, e por volta de 50.000, o planeta também começará a ficar diferente – as Cataratas do Niágara, por exemplo, terão erodido totalmente em um lago gigante.

A Terra também entrará em outro período glacial, independentemente das atuais tendências do aquecimento global.

Ano 100.000

Todas as estrelas e constelações visíveis da Terra serão completamente diferentes. Se chegarmos a Marte, podemos ter transformado o planeta em uma “segunda Terra”.

Ano 500.000

Provavelmente, a Terra será atingida por um asteroide de 1 quilômetro de diâmetro, a menos que, de alguma forma, consigamos evitá-lo de forma artificial.

Ano 1 milhão

A Terra deverá experimentar até o ano 1 milhão uma supererupção vulcânica, forte o suficiente para espalhar 3.200 km3 de cinzas para a atmosfera – semelhante à supererupção de Toba que quase eliminou a humanidade há cerca de 75 mil anos.

A nossa estrela vizinha – Betelgeuse – explodirá em uma supernova que será totalmente visível da Terra, mesmo durante o dia.

Ano 2 milhões

Se os humanos tiverem colonizado vários planetas, é provável que tenham evoluído para várias espécies diferentes, adaptadas ao seu próprio habitat. E podem não estar cientes das outras espécies humanas.

O Grand Canyon terá erodido em um vale ainda maior.

Ano 50 milhões

A África entrará em colisão com a Eurásia e fechará o Mar Mediterrâneo, gerando uma nova cordilheira de montanhas que poderá produzir uma montanha mais alta do que o Monte Everest.

Ano 250 milhões

Todos os continentes da Terra terão se fundido em um supercontinente de novo.

Anos 500 a 600 milhões

Uma explosão mortal de raios gama ocorrerá dentro de 6.500 anos-luz da Terra, provocando uma extinção em massa.

A luminosidade crescente do Sol irá parar os movimentos das placas tectônicas e os níveis de Co2 na atmosfera cairão dramaticamente. A fotossíntese C3 já não será possível e 99% da vida vegetal atual na Terra morrerá.

Ano 800 milhões

Os níveis de dióxido de carbono continuarão a cair até o ponto em que a fotossíntese C4 deixará de ser possível. O oxigênio e o ozônio desaparecerão da superfície da Terra, impossibilitando qualquer tipo de vida complexa.

Ano 1 bilhão

A luminosidade do Sol será 10% mais forte do que hoje em dia. A temperatura da Terra aumentará para 47 graus centígrados (em média), o que transformará a atmosfera em uma estufa que fará evaporar nossos oceanos. Poderão existir bolsas de água líquida perto dos polos e estes serão os últimos lugares da Terra capazes de conter vida.

É claro que já houve muitas surpresas em toda a história da Terra e, sem dúvida, há muitas surpresas ainda por vir. Isto é apenas uma amostra animadora, em alguns aspectos, e bastante assustadora, em outros, do que os próximos milhões de anos podem trazer.

HypeScience // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Andrzej Duda reeleito Presidente da Polónia

O chefe de Estado da Polónia, Andrzej Duda, venceu as presidenciais deste domingo. Segundo os dados oficiais da comissão eleitoral que se baseiam nos resultados de 99,97% das mesas de voto. Uma segunda volta renhida, …

Com mais de 35 mil mortes pela COVID-19, México passa Itália em óbitos causados pela doença

O México chegou neste domingo (12) a marca de mais de 35.000 mortes causadas pela COVID-19, tornando-se o quarto país do mundo com mais óbitos provocados pela doença. Anteriormente, a Itália era quarta nação do mundo …

Ex-assessor de Carlos Bolsonaro é efetivado na Funarte

Luciano da Silva Barbosa Querido, ex-assessor do vereador Carlos Bolsonaro, foi efetivado como presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte) nesta segunda-feira (13/07), após ocupar o cargo interinamente por mais de dois meses. A decisão, publicada …

Espanha determina confinamento em parte da Catalunha, enquanto focos de Covid-19 aumentam no mundo

Autoridades da Catalunha (nordeste da Espanha) ordenaram neste domingo (12) que 200.000 habitantes que vivem ao redor da cidade de Lérida retornem ao confinamento obrigatório, enquanto aumenta a preocupação em todo o mundo com …

TikTok pode sair da China para se afastar de polêmicas envolvendo privacidade

Febre durante a pandemia do novo coronavírus, nos últimos dias o TikTok tem virado notícia não pelo sucesso dos vídeos compartilhados na rede social, mas sim pelas sérias acusações de violação à privacidade dos usuários …

Nuvem monstruosa de poeira do Saara é observa da espaço vindo em direção a Amazônia

  Todo os anos o deserto do Saara, lá do lado oposto do Oceano Atlântico, sopra uma nuvem tão gigantesca de poeira em direção as Américas que foi apelidada de Godzilla. É a maior destas nuvens em …

Oi? Kanye West compara vacina para COVID-19 com "a marca da besta"

Em nova polêmica, o rapper norte-americano Kanye West fez uma série de revelações sobre como ele enxerga uma possível vacina contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2). Durante entrevista concedida para a revista Forbes, o cantor também comentou …

Comentarista da CNN Brasil insinua que gays são promíscuos e ‘têm chance muito maior de ter Aids’

A CNN Brasil convidou o comentarista Leandro Narloch para falar sobre ao vivo sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), de liberar a doação de sangue por parte de homens homossexuais e mulheres transsexuais, …

China detecta rastros de coronavírus em pacotes de alimentos do Equador

A China anunciou nesta sexta-feira (10/07) a suspensão das importações de alimentos do Equador após encontrar rastros do novo coronavírus em embalagens de camarão. Os vestígios foram encontrados em contêineres com pacotes de camarão branco do …

Pesquisadores se deparam com '1º colar' humano de 160.000 anos

Fósseis de conchas de amêijoas de 160 mil anos encontradas em cavernas de Israel são os primeiros exemplares de conchas usadas como adorno no corpo humano, defendem pesquisadores. Há cerca de 160 mil a 120 mil …