Vítima de violência doméstica é salva por pedido de pizza

SXC

Ela ligou pro 911 – uma espécie de 190 americano – e pediu uma pizza. O atendente, confuso, não estava entendendo porque alguém faria isso. Após alguns segundos, ele compreendeu que se tratava de uma denúncia de violência doméstica. Mas como?

O atendente, Tim Teneyck, atendeu e ficou muito confuso com o pedido. Ele tentou entender o que se passava e até tentou avisá-la de que aquela linha era somente para emergências. Confira uma transcrição da conversa:

Teneyck: Oregon, 911

Mulher: Gostaria de pedir uma pizza em (endereço).

Teneyck: Você ligou para o 911 (emergência) para pedir uma pizza?

Mulher: Hum, sim. Apartamento (número do apartamento).

Teneyck: Esse é o número errado para pedir uma pizza…

Mulher: Não, não, não. Você não está entendendo.

E aí Tim compreendeu o que estava acontecendo. A história é a seguinte, a filha ligou para 911 para pedir apoio para violência doméstica porque sua mãe, uma mulher de 57 anos, estava sendo agredida brutalmente por seu namorado alcoólatra. Claro, Tim não entendeu todos os recados, mas percebeu que se tratava, de fato, de uma urgência.

Teneyck: Estou entendendo agora.

Teneyck: O outro cara ainda está lá?

Mulher: Sim, preciso de uma pizza grande.

Teneyck: Certo. E médico, você precisa de médico?

Mulher: Não. Com pepperoni.

O namorado da mulher, que cometeu as agressões, foi preso em uma penitenciária de Ohio. Simon Lopez foi acusado por diversas testemunhas oculares de ter, de fato, cometido as agressões. Ele tem 56 anos e foi condenado à cadeia pelas acusações.

O chefe de Teneyck, Mike Navarre, elogiou a postura de seu funcionário. “Ele utilizou seu treinamento e experiência para reconhecer que uma mulher estava em risco de vida. Não haveria como nós sabermos o que aconteceria se ela não conseguisse completar a ligação”, contou Navarre à NBC News.

A estratégia da pizza se tornou comum nos EUA para disfarçar ligações que denunciam violência doméstica. A prática é endossada por diversas associações feministas e os atendentes do 911 têm sido treinados para identificar o ‘erro‘ como um código. Entretanto, especialistas alertam que a prática pode levar a riscos.

“Colocar qualquer expectativa na ideia de que frases secretas podem funcionar com os centros de emergência é muito perigoso”, afirmou Christopher Carver, diretor-chefe do 911 nos EUA.

A principal alternativa dada pelos especialistas é a mensagem de texto. Entretanto, infelizmente, no Brasil, são raros os canais de denúncia para violência contra a mulher por mensagem de texto. Se você presenciar algum caso de violência doméstica, ligue para o 190 – o número da Polícia Militar -, ou ligue para o 180, o número especializado das delegacias da Mulher no Brasil.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Rede 5G pode transmitir energia elétrica e aposentar as baterias no futuro

O mundo já conhece os benefícios da tecnologia 5G como a alta velocidade na transmissão de dados e baixa latência. Agora, os cientistas do Instituto de Tecnologia da Geórgia, nos EUA, descobriram que essas redes …

Covid: como evitar a trágica marca de 5 mil mortes por dia no Brasil?

No dia 19 de maio de 2020, o Brasil atingiu pela primeira vez a marca das mil mortes diárias por covid-19. Esse número permaneceu relativamente estável, em um patamar considerado alto, durante todo o segundo semestre …

Físicos afirmam que o universo é um computador de aprendizado de máquina

Físicos teóricos que trabalham com a Microsoft lançaram um artigo na sexta-feira afirmando que o universo é essencialmente um computador de aprendizagem de máquina (machine learning, em inglês). Os pesquisadores, vários afiliados à Microsoft, pré-publicaram um …

Mundo ainda tem países sem uma única dose de vacina

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 600 milhões de doses de vacina contra a covid-19 já foram aplicadas em todo o mundo. Mas a discrepância entre países é alta: enquanto, …

Covid: site calcula quando você será vacinado. Resultados não animam

Um grupo de voluntários chamado CoronavirusBra desenvolveu uma plataforma para calcular quando você será vacinado contra a covid-19. O ‘Quando vou ser vacinado?’ utiliza dados públicos como a média de imunizados com o número de pessoas …

Rússia inicia desenvolvimento de mais uma vacina contra COVID-19

Sendo o primeiro país a registrar uma vacina contra a COVID-19, a Rússia anunciou o início do desenvolvimento de mais uma vacina contra o coronavírus. A criação do novo medicamento estará a cargo do Instituto Smorodintsev …

Especialista chinês: ascensão da China faz EUA entrarem em pânico e ficarem nervosos

O desenvolvimento econômico e a ascensão do país asiático fazem os EUA ficarem nervosos e entrarem em pânico, mas este medo se origina em seus preconceitos, disse em entrevista à Sputnik um especialista chinês. Li Junru, …

Interação de múons, a nova força da natureza que cientistas acreditam ter descoberto

Desde colar um ímã na porta de uma geladeira até jogar uma bola em uma cesta de basquete, as forças da física funcionam em todos os momentos de nossas vidas. Todas as forças que experimentamos todos …

Receita afirma que "só rico lê" e reforça preconceito de classe brasileiro

A Receita Federal deseja manter o projeto que cobra impostos sobre livros. Através da mesclagem entre PIS e Cofins, a nova CBS (Contribuição sobre bens e serviços), uma espécie de imposto sobre valor agregado, o …

Tribunal europeu dá aval a vacinação obrigatória

Corte de direitos humanos diz que medida pode ser necessária em sociedades democráticas e abre precedente no combate à covid-19. Tribunal julgava ação de famílias tchecas que se recusaram a vacinar os filhos. O Tribunal Europeu …