WhatsApp volta atrás e estende suporte a aparelhos mais antigos

Atendendo aos pedidos dos usuários, o WhatsApp estendeu o período de suporte para uma série de aparelhos antigos, que ganharam novas datas para o fim do funcionamento. Inicialmente, dispositivos da Nokia e edições mais velhas do Android deixariam de funcionar neste sábado (1º), mas ganharam uma sobrevida adicional com as mudanças.

Apesar da extensão, entretanto, o WhatsApp informa que a garantia é de que apenas as funções essenciais do mensageiro permanecerão funcionando – ou seja, a capacidade de mandar mensagens em si.

Outras opções, entretanto, podem depender de recursos disponíveis em versões mais recentes dos sistemas operacionais, deixando de funcionar quando elas não estiverem disponíveis.

Confira a lista de suporte atualizada e as novas datas para fim do funcionamento em sistemas antigos:

Android 2.3.7: 1º de fevereiro de 2020;
Windows Phone 8: 31 de dezembro de 2017;
BlackBerry OS e BlackBerry 10: 31 de dezembro de 2017;
Nokia S40: 31 de dezembro de 2018.

Para outros, entretanto, esta sexta-feira (30) é o último dia de funcionamento do WhatsApp em seus aparelhos. Os dispositivos e plataformas que perdem suporte no fim deste mês são os seguintes:

Android 2.3.3;
Windows Phone 7;
iOS 6 (iPhone 3GS);
Symbian S60.

Apesar de o calendário de desativação de dispositivos antigos ser sempre informado com antecedência pelo WhatsApp – no caso, aqui, esse anúncio foi feito no começo de 2017.

A iminência do desligamento em dispositivos com Windows 8.1 e BlackBerry 10, por exemplo, gerou bastante ansiedade por parte dos usuários, que reclamaram à empresa uma extensão para que pudessem se adaptar.

No Brasil, por exemplo, a Proteste, associação em prol da defesa do consumidor, notificou o WhatsApp pelo fim do suporte, alegando que a interrupção do serviço fere os direitos dos clientes.

Para a organização, dispositivos que fazem parte da lista de desligamento ainda recebem suporte das operadoras locais, e sendo assim, a empresa não poderia obrigar os usuários a trocarem de dispositivo por dependerem de suas soluções.

Na ocasião, o Facebook, que é dono do WhatsApp, não comentou o caso. As mudanças no calendário de desativação foram realizadas, de acordo com a empresa, para atender aos clamores de uma parcela importante, mesmo que pequena, da base de usuários.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Qual a idade em que somos mais infelizes, segundo a ciência

A chamada crise dos 40 deixou de ser um mito, pelo menos de acordo com uma ampla pesquisa realizada em 134 países pelo economista David Blanchflower, professor da universidade Dartmouth College, nos EUA, e ex-membro …

Trump fecha acordo e sinaliza fim da "guerra fiscal" com a China

Na última quarta-feira, os Estados Unidos e a China firmaram um acordo que pode ser o primeiro passo para o fim da chamada “guerra comercial” entre as potências. O pacto, que foi anunciado em dezembro do …

YouTube vincula anúncios em vídeos controversos sobre mudanças climáticas

Uma notícia deixou algumas empresas anunciantes do YouTube surpresas. Segundo estudo feito pela Avaaz, a plataforma de vídeos da Google tem vinculado anúncios de grandes companhias em vídeos que têm como propósito desinformar as pessoas …

Premiê renuncia após Putin propor reformas constitucionais

Líder russo propõe pacote de mudanças com as quais, segundo críticos, poderia permanecer no poder após fim do mandato. Premiê Medvedev renuncia com todo o gabinete para "abrir espaço" às reformas. O presidente da Rússia, Vladimir …

Musculação: detonando o grande mito da nutrição para ganhar massa muscular

Dietas com alto teor de carboidratos costumam ser recomendadas como parte de protocolos de exercícios para melhorar a recuperação e aumentar o desempenho. No entanto, pesquisas recentes tem mostrado que os carboidratos talvez não ajudem …

Austrália: aviões jogam alimentos para animais sobreviventes dos incêndios

Os incêndios que ardem por toda a Austrália desde setembro do ano passado vem atingindo e ameaçando a vida dos animais locais não só diretamente – mais de 500 milhões de animais já morreram por …

"Democracia em Vertigem", de Petra Costa, é indicado ao Oscar

A Academia de Artes e Ciências cinematográficas anunciou nesta segunda-feira (13) os indicados ao Oscar. “Democracia em Vertigem”, da brasileira Petra Costa, foi indicado ao prêmio de melhor documentário. "Dois Papas", o filme de Fernando Meirelles …

Arquivos sobre OVNIs poderiam 'danificar seriamente' segurança dos EUA, segundo Marinha americana

Marinha dos EUA considera que abertura de arquivos sobre OVNIs poderia causar sérios danos à Segurança Nacional, enquanto reconhece existência de OVNIs. Enquanto conspiracionistas acreditam que as Forças Armadas americanas utilizam tecnologia alienígena para o desenvolvimento …

Crise do 737 Max faz Boeing registrar perda de produção recorde

Pela primeira vez em décadas, a Boeing terminou o ano com pedidos negativos de produção de aviões comerciais. No final de 2019, a gigante aeroespacial registrou cancelamentos de 87 unidades, o que significa mais baixas …

Temperatura dos oceanos bate recorde em 2019, diz estudo

Calor absorvido pelos mares nos últimos 25 anos equivale ao gerado por 3,6 bilhões de bombas como a de Hiroshima. Aquecimento disparou nas últimas décadas, o que, segundo cientistas, é "prova do aquecimento global". Em 2019, …