Uma notícia está repercutindo fortemente nesta quarta-feira (8), dando conta de que alguns canais do YouTube estariam trapaceando para conseguir mais visualizações e, consequentemente, ganhar dinheiro de maneira ilícita na plataforma de vídeos do Google.

Tudo faria parte de um esquema milionário recém-descoberto por um usuário, que utiliza o nickname Anonymous. Segundo ele, alguns canais brasileiros estão dentro de um esquema que utiliza vídeos populares de sites piratas para gerarem views ocultos ao executar um iframe no background.

Ao que indica o Sr. Anonymous, o esquema funcionaria mais ou menos como um bot.

Usando, por exemplo, desenhos japoneses como isca (ou qualquer outro conteúdo popular em buscas) e se aproveitando de uma falha no código do YouTube, a trapaça inclui um vídeo de um canal escondido sob um anime buscado por usuários do mundo inteiro em sites piratas.

Graças a uma “gambiarra” no código, assim que o usuário dá o play no desenho animado, o vídeo de canais como os citados “Café & Cinema” e “uJoãozinho do Vine” roda em segundo plano, sem áudio e completamente oculto.

Assim, o usuário não consegue descobrir que está dando play em dois vídeos ao mesmo tempo (anime + vídeo trapaceiro do YouTube), mas a largura de banda dele é consumida normalmente, já que, de fato, dois vídeos estão sendo reproduzidos ao mesmo tempo.

Um usuário do YouTube, aparentemente associado a ideia Anonymous, revelou a fraude para a comunidade em um vídeo publicado esta quarta no YouTube.

Graças ao tempo gasto pelo usuário que assiste a um episódio de desenho animado, o canal trapaceiro consegue monetizar por retenção (watchtime), ou seja: enquanto você assiste a seu anime, sem saber está também ajudando o tal canal a ganhar dinheiro, como se você estivesse assistindo a um vídeo dele.

Essa é a métrica mais relevante para o YouTube hoje em dia, e a que mais rende em monetização.

A tal retenção eleva a posição do canal no ranking e os canais citados estão aparecendo na de sugestões do YouTube, com vídeos de meio milhão de acessos que praticamente ninguém assistiu.

Além de ser desleal com quem realmente trabalha duro para criar conteúdo e monetizar em cima de views e watchtime, o esquema também traz uma enorme cadeia de desvantagens para a plataforma de vídeos e tudo aquilo que mantém sua roda girando:

  • a questão de publicidade, investimentos em anúncios e patrocínios que estão pagando para não aparecer;
  • a credibilidade do próprio YouTube quanto à rentabilidade;
  • o engajamento e interação com usuários, que resultam no salário de vários vloggers que trabalham exclusivamente no YouTube.

Até o momento, as informações ainda não foram confirmadas. O YouTube também não se manifestou sobre o assunto.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Não precisa sofrer. Carnaval começa cedo em 2021

Com a chegada da quarta-feira de Cinzas, está declarado o fim do Carnaval 2020… Ok, vai… Dá para fazer mais um bota fora na sexta e sábado dessa semana, pois, como sempre, brasileiro dá o …

Coronavírus: antiga vacina pode ter resposta para prevenção contra Covid-19

Novos casos do coronavírus SARS-CoV-2 continuam a se espalhar pelo mundo, mesmo que em velocidade menor de propagação, e sem nenhuma vacina ou medicamento para a prevenção — pelo menos até agora. Já são mais de …

Líderes políticos condenam apoio de Bolsonaro a ato anti-Congresso

Presidente teria compartilhado com aliados convocação para manifestações a seu favor e contra o Legislativo. Lula, FHC, OAB e outras lideranças alertam contra ameaça às instituições democráticas e à Constituição. Líderes políticos de várias correntes e …

A menina de 6 anos que foi presa por se comportar mal na escola nos EUA

Imagens gravadas pela câmera corporal de um policial mostram o momento em que uma criança de seis anos foi presa em uma escola de Orlando, na Florida, em setembro de 2019. As mãos da menina foram …

Achado 'elo perdido' bacteriano fundamental a pensamento e memória do ser humano

Os canais de cálcio que se abrem e fecham em resposta a sinais elétricos no cérebro são essenciais para o pensamento, memória e contrações musculares. A descoberta de um canal de cálcio que é possivelmente um …

Novo estudo aponta Uber e Lyft como responsáveis por aumento de 70% da poluição

Um novo estudo divulgado pela Union of Concerned Scientists nesta terça-feira (25) afirma que as viagens feitas em carros de apps como o Uber e o Lyft foram responsáveis por um aumento de 69% nos …

Brasil tem primeiro teste positivo para coronavírus

Pela primeira vez, o teste em um paciente no Brasil deu positivo para o novo coronavírus causador da doença Covid-19. Segundo divulgou o Ministério da Saúde nesta terça-feira (25/02), trata-se de um homem de 61 …

Tese diz que ‘Parasita’ se inspirou em filme de Sérgio Mallandro e assusta por coerência

E se toda a inspiração do mago do cinema Bong Joon Ho viesse das grandes pérolas do nosso cinema dos anos 90? O diretor e roteirista de parasita já se declarou um fã da sétima …

Cientistas: a primeira vida alienígena que encontrarmos provavelmente será inteligente

Segundo cientistas do SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence), é mais provável que encontremos evidências de vida extraterrestre inteligente antes de encontrarmos microrganismos aliens, por exemplo. Por quê? Se você costuma ler notícias sobre a busca científica …

'Marte está vivo': sonda da NASA registra sismos no Planeta Vermelho

Os resultados dos primeiros 10 meses de observações da sonda InSight da NASA em Marte conseguiram revelar que o Planeta Vermelho é um mundo sismicamente ativo. "Marte está vivo", comentou a missão InSight no Twitter, acrescentando …