A culpa é dos Neandertais

(dr) Joe McNally, National Geographic

De acordo com novos estudos genéticos que identificaram quantos de nossos traços nós devemos aos nossos antepassados, se você tem dificuldade em pegar um bronzeado, é uma pessoa muito noturna ou possui artrite, então seus ancestrais neandertais podem ser os culpados.

Segundo um estudo publicado no American Journal of Human Genetics de Neanderthal, estes nossos parentes ancestrais chegaram no norte da Europa milhares de anos antes dos humanos modernos, o que lhes deu tempo para que sua pele ficasse mais pálida, pois seus corpos se esforçavam mais para absorver a luz solar.

Quando os homo neanderthalensis se cruzaram com os Homo Sapiens, os humanos modernos, esses genes pálidos foram transmitidos.

Também outro estudo, publicado na revista Science, sustenta que algumas das características do homem moderno foram herdadas dos antigos neandertais, como as que predispõem as pessoas à artrite e a ser uma pessoa noturna, que fica acordada até tarde, em vez de render mais durante o dia.

Esta última característica se deve ao fato de que as latitudes do norte terem alterado o relógio circadiano dos neandertais.

Os cientistas compararam o DNA neandertal antigo com o de  112 mil britânicos que participaram do estudo UK Biobank. O Biobank inclui dados genéticos juntamente com informações sobre muitos traços relacionados à aparência física, dieta, exposição ao sol, comportamento e doenças.

Os resultados da análise permitiram concluir que cor de cabelo, humor, propensão a fumar ou a ter um transtorno alimentar são todos traços que podem estar relacionados ao cruzamento da espécie humana moderna com neandertais.

Quando os humanos modernos chegaram na Eurásia, há cerca de 100 mil anos, os neandertais já viviam ali há milhares de anos e estavam provavelmente bem adaptados a níveis mais baixos e variáveis de luz solar do que os recém-chegados da África.

“A cor da pele e do cabelo, os ritmos circadianos e o humor são todos influenciados pela exposição à luz”, disse a Dra. Janet Kelso, do Instituto Max Planck de Antropologia Evolutiva, na Alemanha.

“A exposição ao sol pode ter moldado os fenótipos neandertais e esse fluxo de genes em seres humanos modernos continua a contribuir para a variação nestes traços hoje”.

Com base em novo material genético retirado de uma mulher neandertal que viveu na Croácia há cerca de 50 mil anos, os cientistas agora estimam que os europeus devem 2,6% de seu DNA aos neandertais, e não os 2,1% que se pensava anteriormente.

Endogamia

Um estudo separado da Universidade de Cambridge, no Reino Unido também deu indícios da razão pela qual as populações neandertais se extinguiram, enquanto os humanos modernos prosperaram.

Os primeiros humanos parecem ter sentido os perigos da endogamia, a união entre indivíduos aparentados, geneticamente semelhantes, há pelo menos 34 mil anos, e desenvolveram redes sociais e de acasalamento surpreendentemente sofisticadas para evitar isso.

Estudos genéticos de esqueletos do Paleolítico Superior na Rússia não mostram endogamia nos seres humanos modernos, ao contrário dos neandertais, onde a consanguinidade pode ser vista em mutações genéticas.

Objetos e joias encontrados no local, ligados a diferentes tribos, também sugerem que os seres humanos modernos selecionavam parceiros a partir um grupo maior de pessoas e podem ter realizado cerimônias de casamento rudimentares, trocando objetos preciosos.

A variedade de parceiros é certamente importante do ponto de vista da evolução: a seleção natural atua escolhendo os melhores genes.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Defesa de Trump diz que processo de impeachment é ilegal

Em primeira manifestação formal desde o início do julgamento do presidente, defesa acusa oposição democrata de tentar interferir nas eleições de 2020. Os advogados do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disseram neste sábado que o …

Cidade de interior de SP inicia tarifa zero no transporte público

Enquanto diversas capitais ao redor do país aumentam o valor das passagens no transporte público, algumas outras cidades pensam diferente. Se o transporte coletivo gratuito parece um sonho inalcançável e utópico, algumas administrações públicas buscam maneiras …

Quantos anos de vida saudável os ricos ganham em relação aos pobres?

Um novo estudo europeu e americano descobriu que os ricos possuem cerca de nove anos de vida saudável a mais do que os pobres. A pesquisa foi bastante abrangente – os cientistas analisaram dados de mais …

O país sul-americano que deve crescer 14 vezes mais que a China neste ano

A Guiana ganhou na loteria e está prestes a resgatar o prêmio. Seus vizinhos, especialmente a Venezuela, aguardam intrigados para saber em que ela vai gastar. De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a economia …

Portugal supera marca histórica de 500 mil imigrantes residindo no país; brasileiros são a maioria

Portugal atingiu um número recorde de imigrantes vivendo no país. O anúncio foi feito pelo governo nesta quarta-feira (15), durante debate no Parlamento sobre o Orçamento de Estado para 2020. "Os dados preliminares levam a dizer …

Papa Francisco nomeia primeira mulher para cargo de alto escalão no Vaticano

Pela primeira vez, uma mulher ocupará um cargo de alto nível no Vaticano. O Papa Francisco nomeou Francesca Di Giovanni para a função de vice-ministra da Secretaria de Estado da Santa Sé, órgão equivalente ao …

Khamenei chama Trump de "palhaço" e exalta ataque a bases dos EUA

Em primeiro sermão desde 2012, líder supremo do Irã afirma que Trump finge apoio ao povo iraniano e pede união após dizer que queda de avião foi "acidente trágico". EUA admitem que militares ficaram feridos. O …

Uma desconhecida explosão de ondas gravitacionais foi detectada na Terra

Os detectores de ondas gravitacionais da Terra, os observatórios LIGO e Virgo, identificaram uma misteriosa “explosão” de ondas gravitacionais não prevista na última terça-feira, 14 de janeiro. As ondas gravitacionais detectadas até hoje foram resultado de …

Twitter pede desculpas por permitir anúncios direcionados a neonazistas

O Twitter emitiu hoje (16), um pedido de desculpas público, logo após a BBC fazer uma denúncia de que a plataforma de anúncios da empresa estava permitindo o direcionamento de conteúdo para neonazistas e outros …

SP quer lei para incentivar uso de veículos híbridos e elétricos

Um novo projeto de lei apresentado em São Paulo pretende combater os problemas ambientais provocados pelos carros à combustão, que utilizam os tão poluentes combustíveis fósseis, através do incentivo ao uso de veículos elétricos ou …