Açúcar ameaça arruinar sistema de saúde da China

A vida sedentária somada ao crescente apetite pela fast-food transformaram a China no país com maior número de obesos do mundo, enquanto a diabetes já ameaça arruinar o sistema sanitário da nação mais populosa do planeta.

Nos últimos 35 anos, o número de crianças com obesidade ou sobrepeso se quadruplicou, o que transformou este transtorno em uma epidemia que alerta não só especialistas sanitários, mas também economistas, que advertem para o impacto que terá muito em breve o alto custo da obesidade e da diabetes para os cofres da segunda potência econômica mundial.

O número de afetados pela diabetes segue aumentando sem controle e, segundo os últimos dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), já afeta mais de 110 milhões de chineses (10% da população adulta), enquanto outros 500 milhões são pré-diabéticos.

“Neste ponto, o sistema sanitário chinês simplesmente não é capaz de fazer frente a estas quantidades tão grandes”, declarou à Agência EFE Justin Fendos, pesquisador da Universidade de Fudan, em Xangai.

Segundo alguns estudos, o custo médio de um tratamento contra a diabetes nos hospitais chineses é de cerca de US$ 3.200 anuais por paciente, “embora seja importante levar em conta que nem tudo está coberto pelo governo”.

Caso todos os pacientes com diabetes fossem tratados com dinheiro público, a China necessitaria de cerca de US$ 352 bilhões, o que representa quase 2,75% do Produto Interno Bruto (PIB) de 2017.

Não é realista pensar que o governo pode absorver uma despesa tão grande”, comentou Fendos, que alerta também para o fato de que cerca de dois terços dos chineses que sofrem diabetes nem sequer estão a par de sua condição, o que evidencia deficiências no diagnóstico e na conscientização social.

Enquanto a China centra seus esforços no seu crescimento econômico, os especialistas advertem que estão sendo deixadas de lado ameaças importantes para sua estabilidade em longo prazo.

O novo sonho da China é a prosperidade e uma vida sustentável para o futuro”, disse em uma conversa com jornalistas Peggy Liu, diretora da Joint US-China Collaboration on Clean Energy (JUCCCE), organização ambiental que trabalha na China desde 2007.

O bem-estar físico é tão importante quanto o econômico, lembrou Liu, frisando a importância de educar os menores (20% das crianças chinesas sofrem sobrepeso) para mudar seus hábitos na dieta, invadida na atualidade por produtos com altos níveis de açúcar, sal e gorduras.

“É preciso influenciá-las antes que se transformem em viciados em açúcar, a maior droga do mundo”, ressaltou.

A JUCCCE promove programa “Food Heroes”, que é realizado em colégios e shoppings de todo o país para educar os menores e suas famílias sobre os benefícios de fazer boas escolhas na mesa.

A eficácia deste tipo de programa está demonstrada em países como Japão e Coreia do Sul, onde, após implantá-los de maneira obrigatória nos centros educativos, se conseguiu registrar as taxas mais baixas de obesidade no mundo todo.

Segundo Liu, estes programas devem estar acompanhados de outras ações governamentais como a imposição de impostos de entre 20% e 50% aos produtos com altos níveis de açúcar.

“A arrecadação seria destinada a financiar estes programas educativos. Os impostos também obrigariam os fabricantes a reduzir os níveis de açúcar“, sugeriu.

Joan Kaufman, da Escola Médica de Harvard, também adverte para as deficiências que a China enfrenta nos seus trabalhos de prevenção destes tipos de doenças, que podem chegar a colapsar o sistema sanitário.

Apenas com uma prevenção adequada e detecção antecipada se pode conter a epidemia do açúcar no gigante asiático, onde a diabetes já causa cerca de um milhão de mortes a cada ano, 40% delas em idades prematuras (antes dos 70 anos), segundo a OMS.

“Os hospitais da China e os sistemas de seguros médicos se verão cada vez mais saturados pelo custo da morbidez e da mortalidade de doenças crônicas na população que está envelhecendo”, destacou Kaufman.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

STF suspende resolução da ANS sobre coparticipação em planos de saúde

A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, suspendeu temporariamente nesta segunda-feira (16) a Resolução Normativa 433, de 28 de junho de 2018, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) da Agência Nacional de …

Trump e Putin na Finlândia: "Nosso relacionamento nunca foi pior"

Os presidentes dos EUA e da Rússia realizam, nesta segunda-feira (16), em Helsinque, sua primeira cúpula bilateral, sob o espectro da ingerência russa nas eleições presidenciais norte-americanas de 2016 e ainda da situação na Ucrânia …

Após 25 anos em queda, mortalidade infantil volta a subir no país

O índice de mortalidade infantil voltou a aumentar no Brasil, pela primeira vez, desde 1990. Segundo dados do Ministério da Saúde, a taxa de mortalidade de 2016 ficou em 14 óbitos infantis a cada mil …

Cinco meses de intervenção no Rio: chacinas aumentam e apreensão de arma diminui

O Observatório da Intervenção, do Centro de Estudos de Segurança e Cidadania da Universidade Cândido Mendes, divulgou nesta segunda-feira (16) um balanço dos cinco meses de intervenção federal no Rio de Janeiro. A conclusão? “Muito …

Feminicídio: funcionária do Ministério dos Direitos Humanos é assassinada

Uma funcionária terceirizada do Ministério dos Direitos Humanos foi assassinada neste sábado (14), em Santa Maria, região administrativa do Distrito Federal a cerca de 26 quilômetros do centro de Brasília. A 33ª Delegacia de Polícia …

Mergulhador manda Elon Musk enfiar submarino onde dói mais; empresário reage: "Pedófilo"

Elon Musk, o multimilionário da Tesla, se envolveu em uma troca de insultos no Twitter com um dos mergulhadores que participaram do resgate dos 12 adolescentes da Tailândia, chegando mesmo a chamá-lo de “pedófilo”. O CEO …

Brasil é ouro na Olimpíada Internacional de Matemática

Um estudante brasileiro conquistou medalha de ouro na Olimpíada Internacional de Matemática (IMO) em Cluj-Napoca, na Romênia. Pedro Lucas Lanaro Sponchiado, de 17 anos, é de São Paulo. Desde 2012 o Brasil não conseguia um …

Violência toma conta da festas na França: 2 pessoas morreram

Pelo menos duas pessoas morreram e cerca de 300 foram detidas na sequência dos episódios de violência registrados na França, neste domingo (15), nas festas pela vitória da seleção francesa na Copa do Mundo de …

Nova Constituição de Cuba reconhecerá propriedade privada

Esboço de reforma apresentado em diário do Partido Comunista acena com mudanças profundas na política, judiciário, economia e sociedade cubanas. Comissão encarregada é liderada por ex-presidente Raúl Castro. O governo de Cuba revelou novos detalhes sobre …

Naufrágio do século XVI é encontrado na Flórida, mas seu tesouro pertence à França

Um naufrágio do século XVI, sobrevivente de uma das primeiras viagens europeias à América, foi descoberto na costa da Florida. O achado guarda tesouros que valem milhões de dólares, mas uma juíza americana determinou que a …