Arqueólogos creem ter solucionado mistério de pinturas rupestres aborígenes

Equipe de arqueólogos australianos descobriu raros exemplares de arte rupestre detalhada e em pequena escala com recurso a estênceis, em um abrigo rochoso do povo aborígene Marra.

O achado teve lugar em uma caverna que servia de refúgio, denominada Yilbilinji e situada no Parque Nacional de Limmen, perto de Ngukurr, no Território do Norte da Austrália.

Tradicionalmente propriedade do povo aborígene Marra, o local foi sinalizado pela primeira vez pela equipe de pesquisa em 2017, que logo percebeu importância e caráter único do local, escreveu o jornal australiano The Nord West Star.

“É o tamanho [das figuras] que torna este local incomum e altamente distinguível”, diz o arqueólogo Liam Brady, citado pelo jornal.

“Tipicamente, a arte rupestre estampada ao redor do mundo recorre a dimensões completas ou em tamanho real, como partes do corpo humano e animal, objetos [por exemplo, bumerangues] e até mesmo matéria vegetal”, prosseguiu Liam Brady.

“No entanto, muitos dos estênceis em Yilbilinji são tão pequenos ou em miniatura, para terem sido feitos usando partes do corpo da vida real e objetos em tamanho real.”

Estêncil é uma técnica usada para fazer um desenho ou ilustração através da aplicação de tinta sobre um molde perfurado representando a figura que se pretende reproduzir ou circundando a tinta o que se pretende pintar, como uma mão, por exemplo.

Apenas dois outros exemplos de arte rupestre com recurso a estênceis em miniatura, e ambas figuras humanas, são conhecidas no mundo: uma no riacho Nielson em Nova Gales do Sul, Austrália, e outra na ilha Kisar, na Indonésia.

A equipe de pesquisa, constituída por arqueólogos e antropólogos, coadjuvada por guardas florestais do povo Marra e por guardas florestais do Parque Nacional de Limmen, registrou um total de 17 imagens desses estênceis em miniatura durante a viagem de campo em 2017.

O representante do povo Marra, Shaun Evans, relatou ao Star que as imagens retratam uma grande variedade de motivos, incluindo figuras humanas, animais (caranguejo, tartarugas-de-pescoço-comprido), patas de canguru, linhas onduladas, bumerangues e formas geométricas.

Os pesquisadores se propuseram então a descobrir como essas imagens inusitadas foram feitas.

Uma pista veio do fato de a maioria dos estênceis em miniatura ter sido elaborada com bordas arredondadas e curvas, o que significa que provavelmente foram feitos usando algo que poderia ser facilmente moldado e colado à superfície da rocha.

Outra pista veio de uma pesquisa antropológica na região. O coautor e antropólogo John Bradley, do Centro Indígena Monash, trabalha com o povo aborígene na área em estudo há mais de 40 anos.

Ele recorda-se de ver cera de abelha utilizada pelo povo Marra para diversos fins, como adesivo para reparo de lanças e arpões. O antropólogo também viu crianças moldando cera de abelha em forma de animais, gado, cavalos e vaqueiros.

“Usando essas pistas, os pesquisadores decidiram testar se a cera de abelha poderia ter sido usada para fazer os estênceis em miniatura”, afirmou Bradley.

A equipe efetuou experimentos de elaboração de estênceis de figuras humanas, animais, objetos e formas geométricas, com recurso a aquecimento e moldagem de cera de abelha.

“O experimento confirmou que a cera de abelha era um excelente material para fazer estênceis em miniatura”, disse Bradley.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Opositor belarusso é achado morto na Ucrânia

Ativista Vitaly Shishov ajudava compatriotas a fugir da perseguição do regime de Alexander Lukashenko, considerado o último ditador da Europa. Polícia investiga possível assassinato encenado como suicídio. Um ativista de Belarus foi encontrado morto nesta terça-feira …

Polônia concede visto humanitário a atleta olímpica e alimenta tensões com Belarus

A Polônia concedeu nesta segunda-feira (2) um visto humanitário para a atleta olímpica bielorrussa Krystsina Tsimanuskaya. A jovem afirma que estava sendo obrigada a deixar o Japão após ter criticado sua equipe e temia …

EUA e Reino Unido teriam dado 'luz verde' a Israel para retaliar Irã após ataque a petroleiro

Irã rejeitou o envolvimento do país no ataque contra o petroleiro Mercer Street no mar Arábico que ocorreu na quinta-feira (29), condenando as acusações lançadas pelo governo israelense. Tel Aviv teria recebido "luz verde" de Washington …

Incêndios causam mortes e devastação no sul da Europa

A União Europeia EU) enviou ajuda para a Turquia nesta segunda-feira (02/08), e voluntários se juntaram a bombeiros na luta contra fortes incêndios que já duram seis dias e mataram oito pessoas no país. Em …

Golpe militar em Mianmar completa seis meses e já resultou em quase mil mortes de civis

Aterrorizados pela repressão da junta militar e pela propagação do coronavírus, poucos birmaneses se atreviam a ir às ruas para protestar neste domingo (1º), quando completam-se seis meses do golpe de Estado que mergulhou …

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …