Astrônomos acidentalmente encontram uma galáxia enorme do início do universo

Uma nova pesquisa da Universidade do Arizona (EUA) descobriu uma galáxia enorme nascida no início da história do universo, praticamente invisível para nós, utilizando o grupo de mais de 60 telescópios do Atacama Large Millimetre Array, no Chile.

As observações realizadas pela equipe indicam que a galáxia tem 12,5 bilhões de anos, ou seja, surgiu apenas um bilhão de anos depois do Big Bang, uma época que é considerada a “infância” do universo.

A luz que os pesquisadores observaram é provavelmente o brilho de partículas de gás formando estrelas dentro da galáxia. A poeira bloqueia outros comprimentos de luz, incluindo a luz das próprias estrelas.

“A luz parecia não estar ligada a nenhuma galáxia conhecida. Quando vi que essa galáxia era invisível em qualquer outro comprimento de onda, fiquei muito empolgada, porque significava que provavelmente estava muito longe e escondida por nuvens de poeira”, explica Christina Williams, pós-doutoranda na Universidade do Arizona e principal autora do estudo.

“Faz você pensar se isso é apenas a ponta do iceberg, com todo um novo tipo de população de galáxias esperando para ser descoberta”, disse outra pesquisadora do estudo, Kate Whitaker, em um comunicado à imprensa.

A nova galáxia é interessante por um número de fatores. Por exemplo, enquanto possui o mesmo número de estrelas que a Via Láctea, é 100 vezes mais ativa.

Os cientistas já previam que tais galáxias enormes e “maduras”, fábricas velozes de estrelas, existiam no início do universo, mas nunca tinham encontrado uma.

O Telescópio Espacial Hubble encontrou alguns objetos semelhantes, porém muito menores. Logo, o achado pode ajudar os pesquisadores a compreenderem melhor seus modelos do universo jovem.

“Nossa galáxia monstruosa invisível tem precisamente os ingredientes certos para ser o elo que falta”, afirmou Williams.

Os cientistas esperam que tecnologias futuras possam oferecer mais detalhes sobre essa galáxia e outras semelhantes. Por enquanto, é muito difícil observá-la, mas telescópios como o James Webb, que deve estar ativo em março de 2021, podem trazer muitas novas informações.

“O Telescópio Espacial James Webb poderá olhar através do véu de poeira para que possamos aprender quão grandes são realmente essas galáxias e quão rápido elas estão crescendo, para entender melhor por que os modelos falham em explicá-las”, resumiu Williams.

Um artigo sobre o estudo foi publicado na revista científica The Astrophysical Journal.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

As vovós que lutam pela democracia na Polônia

Idosas polonesas organizam protestos regulares contra erosão da democracia no país, governado por partido ultraconservador. "Não sou capaz de ficar tranquila em casa, cada violação dos direitos me dói", diz aposentada. Clima de fim de expediente …

Coruja super rara dá o ar da graça depois de 125 anos

A coruja rajá de Bornéu (Otus brookii brookii) é uma espécie tão pequena que apenas seu tamanho já tornaria sua identificação mais complexa. Nativa do Sudeste da Ásia e com peso médio de apenas 100 gramas, …

Nintendo bate todos os recordes de lucros com videogames durante a pandemia

A Nintendo apresentou resultados recordes para o ano fiscal de 2020/21 encerrado em 31 de março, impulsionada pela mania global dos videogames em tempos de pandemia, mas o grupo japonês não espera repetir essa …

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

Médicos no Canadá têm deparado com pacientes que apresentam sintomas semelhantes aos da doença de Creutzfeldt-Jakob, um mal raro e fatal que ataca o cérebro. Mas quando resolveram investigar o mal em mais detalhe, o …

Governador do Rio diz que operação que terminou com 25 mortos foi ação de 'inteligência'

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, afirmou que a operação da Polícia Civil realizada no Jacarezinho foi "ação pautada e orientada por longo e detalhado trabalho de inteligência e investigação".  A operação terminou com …

Butantan diz que ataques de Bolsonaro à China afetam vacinas

Presidente insinuou que chineses, principais fornecedores de matéria-prima para imunizantes ao Brasil, criaram vírus como parte de "guerra química". "Essas declarações têm impacto", diz diretor do Instituto Butantan. A direção do Instituto Butantan e o governador …

Fotos da última sessão de Kurt Cobain são vendidas como NFT

As imagens da última sessão de fotos da vida do compositor e cantor Kurt Cobain irão a leilão em formato de token não-fungível, os célebres NFTs. O anúncio foi feito por Jesse Frohman, fotógrafo por trás …

EUA, França e Rússia apoiam quebra de patentes contra a Covid-19, mas laboratórios resistem

A ideia de suspender as patentes da fabricação de vacinas contra a Covid-19 continuou a ganhar apoio em todo o mundo nesta quinta-feira, após o impulso inicial dado Estados Unidos. Porém, os laboratórios resistem, …

Descoberta a evidência mais antiga de atividade humana

Uma das atividades mais antigas de humanos foi identificada em uma caverna na África do Sul. Uma equipe de geólogos e arqueólogos encontrou evidências de que nossos ancestrais estavam fazendo fogo e ferramentas na Caverna …

Jeff Bezos: os planos do homem mais rico do mundo para voo espacial turístico

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, afirma que está pronto para levar pessoas ao espaço. A empresa Blue Origin, do empresário americano detentor de uma fortuna estimada em R$ 1 trilhão, diz que lançará uma tripulação …