Ataques sônicos a diplomatas dos EUA podem não passar de histeria coletiva

US Department of State

Segundo um especialista, os diplomatas norte-americanos que se dizem vítimas dos chamados “ataques sônicos” experimentam apenas uma forma contagiosa de delírio coletivo.

Em 2016, diplomatas norte-americanos em Cuba foram alvo de um misterioso “ataque sônico”, realizado por uma tecnologia nunca vista antes de sons armados. O ataque em Cuba e, mais recentemente, na China, acionaram o alerta da chegada dessa arma perigosa e invisível.

No entanto, talvez nunca tenha acontecido nada.

De acordo com um especialista em doenças psicogênicas coletivas, os sintomas dos diplomatas poderiam ser o resultado de uma ilusão contagiosa coletiva, e não as marcas de uma arma sonora invisível para a qual não existem provas concretas.

“Estou convencido de que lidamos com um caso de histeria coletiva”, disse o sociólogo Robert Bartholomew à ABC News.

A condição é descrita pelo especialista como um fenômeno médico e social que causa ilusões e sintomas em determinado grupo de pessoas. O fenômeno tem sido observado não só nos últimos tempos, como ao longo da história.

Apesar de um relatório divulgado por cientistas da Universidade da Pensilvânia ter concluído que as vítimas de Cuba sofreram “danos nas redes cerebrais”, Bartholomew diz que a histeria coletiva é exatamente o fenômeno que estamos presenciando.

Armas sônicas não podem causar concussões – é fisicamente impossível”, argumenta Bartholomew, contrariando o resultado do relatório.

Na verdade, o estudo não foi conclusivo no que toca à forma como o trauma aconteceu, sugerindo que os sintomas e manifestações podem representar “uma nova entidade clínica”, destacando que ainda não está claro de que forma o ruído está relacionado com o que os diplomatas americanos relataram.

No entanto, Bartholomew desvaloriza os resultados do estudo, defendendo a tendência estereotipada das pessoas de alcançar diagnósticos médicos improváveis face a explicações mais plausíveis. “As pessoas escolhem uma hipótese mais exótica e cientificamente impossível”, destaca.

Seja qual for a causa dos sintomas misteriosos – se um som armado ou delírios desenfreados –, o certo é que não estão desaparecendo.

Caso venha a ser comprovado que se trata mesmo de um fenômeno de histeria coletiva, é provável que nunca venha a ser anunciado pelo governo. “Uma vez que é afirmada a existência de um ataque, não há volta”, explica Mitchell Joseph Valdés-Sosa, diretor do Centro de Neurociência cubano.

O governo estaria disposto a admitir que cometeu um erro?“, questiona.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Um traumatizado veterano SEAL da Marinha dos EUA disse que uma viagem "mágica" de cogumelo pôs fim à sua depressão

Antes de sua primeira viagem guiada de cogumelos “mágicos”, Chad Kuske era prisioneiro de sua própria raiva no trânsito. Se um carro parasse na frente dele, ele ficava consumido pela raiva, ultrapassando todos os veículos em …

Esta espécie rara de uva é maior que um ovo de galinha

Não, as fotos de uvas gigantes (do tamanho de ovos de galinha) não são falsas. Se você passa um tempo considerável na internet, deve ter visto imagens dessas frutas atípicas por aqui. Para a surpresa …

Reino Unido anuncia novas restrições após fim do lockdown para tentar conter segunda onda de covid-19

O Reino Unido sai na próxima semana de um novo lockdown, mas, diante do aumento de casos de covid-19 no país, não entra em um período de flexibilização das medidas de distanciamento social. Nesta quinta-feira (26/11), …

Neandertais podem ter usado as mãos de maneira diferente à dos humanos modernos

Os neandertais podem ter feito um uso diferente das mãos em comparação à forma como os humanos modernos as usam, para eles seria difícil repetir muitos gestos normais para nós hoje em dia. Os dedos do …

Catarro? Som da tosse? Conheça métodos alternativos para detectar a covid-19

Desde o início da pandemia, a realização de testes para detectar a covid-19 fez-se extremamente necessária. No entanto, com o passar dos meses, instituições e empresas privadas ao redor do mundo deram início ao desenvolvimento …

Ativistas preparam protesto global contra a Amazon

Um grupo internacional de ativistas climáticos, aliados a trabalhadores de armazéns da Amazon, lançou uma campanha online global, cujo objetivo é pressionar a gigante do e-commerce a oferecer melhores condições de trabalho para seus funcionários …

Pesquisadores descobrem em cometa elemento essencial para vida na Terra

A descoberta indica que os elementos imprescindíveis para o surgimento da vida podem ter chegado à Terra por meio de cometas. Pesquisadores identificaram fósforo e flúor em partículas de poeira sólida coletadas no interior do cometa …

Consumo de plásticos explode na pandemia e Brasil recicla menos de 2% do material

Com o avanço do delivery de alimentos e do comércio eletrônico, além do maior uso de material hospitalar descartável como máscaras e luvas, o consumo de plásticos explodiu durante a pandemia do coronavírus. O aumento do …

Cientistas explicam por que não se consegue parar a pandemia

Cientistas turcos descobriram que a quantidade de vírus SARS-CoV-2 no organismo de pacientes assintomáticos é mais alta do que nos que apresentam sintomas, o que diferencia radicalmente o novo coronavírus de outros patógenos e explica …

Al-Ahly venceu Liga dos Campeões da CAF

A equipa egípcia do Al-Ahly arrecadou o troféu da Liga dos Campeões da Confederação Africana de futebol pela nona vez ao derrotar o outro clube egípcio, o Zamalek, por 1-2. A final 100% egípcia decorreu no …