Terra está em perigo? Cientistas registram aumento de erupções no Sol

A atividade solar tem aumentado significativamente e o Sol está queimando “combustível” do ciclo anterior, comunicou o Laboratório de Astronomia Radiológica da Academia de Ciências da Rússia.

“Um crescimento brusco da atividade solar está sendo observado nas últimas 24 horas nos monitores espaciais, que concedem dados sobre o fluxo de radiação de raios X do Sol”, de acordo com comunicado da instituição científica russa.

Entre 20 e 21 de março, foram avistadas três erupções de classe C sem consequências significativas para a Terra. É a primeira vez em meses que o “índice da atividade de erupções” ultrapassa o nível amarelo, ou seja, atingiu 3,5 pontos em uma escala de 10 pontos.

(dr) Lebedev Physical Institute of the Russian Academy of Sciences

Aumento de erupções no Sol, registrado em 21 de março de 2019

Hoje os cientistas registraram uma erupção solar de classe C de 4,8 pontos. Entretanto, o 25º ciclo da atividade solar ainda não começou, segundo os especialistas. O Sol continua queimando “combustível” do ciclo anterior — campos magnéticos formados em cima da superfície da estrela e lançados para fora pelos fluxos de plasma junto com a energia excedente.

“É justamente essa energia que é queimada em forma de erupções”, ressaltaram pesquisadores que repararam um aumento “claramente visível” da atividade solar em imagens.

Astrônomos esperam que o início do 25º ciclo da atividade solar venha a ser nos polos solares, e acrescentam que ainda não houve sinais do surgimento de novo ciclo. “É um mistério, porque os campos magnéticos do 24º ciclo continuam no Sol, sete anos depois do ciclo ter atingido seu máximo em 2012″, assinalaram.

Sendo significativamente intensas, as erupções solares podem causar danos a equipamentos espaciais, desde espaçonaves e instrumentos de diferentes satélites que orbitam próximo ao nosso planeta até inteiras redes de energia no planeta, particularmente durante os períodos de enfraquecimento do escudo magnético que normalmente protege a Terra da radiação solar e cósmica.

Em 2011, a Academia Nacional de Ciências dos EUA calculou que a repetição de uma erupção solar tão intensa quanto à de 1859 poderia causar dois trilhões de dólares de danos iniciais e levar mais de uma década para ser reparada.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Plataforma de gelo no Canadá quebra e cria iceberg pouco menor que Vitória, do Espírito Santo

Após um aquecimento de cerca de 9 ºC nas últimas décadas, a Milne, considerada "a última plataforma de gelo completa" no mundo, perdeu uma grande parte, formando um iceberg. Uma das maiores plataformas de gelo no …

Cientistas propõe adicionar drogas psicoativas na água potável

Pesquisadores do Reino Unido propuseram uma idéia radical para reduzir a taxa de suicídios: incluir o medicamento psicoativo lítio — um estabilizador de humor — na água potável da população. Parece uma idéia completamente radical, mas …

Magnata da mídia é preso em Hong Kong

Jimmy Lai, crítico do regime de Pequim e proprietário de jornal pró-democracia, foi detido com base em nova lei de segurança nacional imposta pela China. O empresário Jimmy Lai, uma das figuras mais influentes do movimento …

Twitter entra na briga pela compra do TikTok e pode fundir redes sociais

O banimento do TikTok nos Estados Unidos virou uma verdadeira novela mexicana. O aplicativo chinês, que tem até 45 dias para encontrar uma companhia americana para assumir suas operações no país e não ser bloqueado …

Motoboy é vítima de racismo de homem branco: "Você tem inveja disso aqui [minha cor]"

A manhã de sexta-feira (7) começou com mais um caso de racismo no Brasil. Um vídeo que viralizou no Twitter registra um homem branco fazendo injúrias raciais contra um entregador de delivery. As fortes imagens são …

‘Grande ameaça à saúde pública’: cientistas descobrem mutação resistente a remédio contra a malária

Pesquisadores em Ruanda identificaram uma cepa do parasita causador da malária que é resistente a medicamentos. O estudo, publicado na revista Nature, revelou que os parasitas eram capazes de resistir ao tratamento com a artemisinina, um …

Brasil, um ano no foco da crítica ambiental mundial

Em agosto de 2019, país virou pária ambiental devido a incêndios e aumento do desmatamento. Bolsonaro reagiu com agressividade e insultos. Agora, aumenta a pressão de investidores estrangeiros por uma mudança de rumo. Foi uma catástrofe …

Com medo da Covid-19, Venezuela discrimina venezuelanos que voltam ao país

Várias medidas vêm sendo aplicadas na Venezuela para conter a Covid-19. Um estádio foi transformado em hospital de campanha, blocos de concreto foram colocados nas vias, festas estão proibidas e há um canal de …

Centro Gamalei, desenvolvedor de vacina russa, explica como funciona e se há riscos para o paciente

O diretor do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamalei falou sobre os testes da vacina, que será registrada oficialmente na quarta-feira (12). As partículas do coronavírus na vacina da COVID-19 não podem prejudicar …

Mistura inusitada de amônia e água cria raios superficiais e granizos em Júpiter

Júpiter, o maior gigante gasoso do Sistema Solar, é um lugar coberto por tempestades estranhas. O que os cientistas ainda não sabiam é que no meio dessas tormentas, existem raios de natureza bem diferente dos …