Terra está em perigo? Cientistas registram aumento de erupções no Sol

A atividade solar tem aumentado significativamente e o Sol está queimando “combustível” do ciclo anterior, comunicou o Laboratório de Astronomia Radiológica da Academia de Ciências da Rússia.

“Um crescimento brusco da atividade solar está sendo observado nas últimas 24 horas nos monitores espaciais, que concedem dados sobre o fluxo de radiação de raios X do Sol”, de acordo com comunicado da instituição científica russa.

Entre 20 e 21 de março, foram avistadas três erupções de classe C sem consequências significativas para a Terra. É a primeira vez em meses que o “índice da atividade de erupções” ultrapassa o nível amarelo, ou seja, atingiu 3,5 pontos em uma escala de 10 pontos.

(dr) Lebedev Physical Institute of the Russian Academy of Sciences

Aumento de erupções no Sol, registrado em 21 de março de 2019

Hoje os cientistas registraram uma erupção solar de classe C de 4,8 pontos. Entretanto, o 25º ciclo da atividade solar ainda não começou, segundo os especialistas. O Sol continua queimando “combustível” do ciclo anterior — campos magnéticos formados em cima da superfície da estrela e lançados para fora pelos fluxos de plasma junto com a energia excedente.

“É justamente essa energia que é queimada em forma de erupções”, ressaltaram pesquisadores que repararam um aumento “claramente visível” da atividade solar em imagens.

Astrônomos esperam que o início do 25º ciclo da atividade solar venha a ser nos polos solares, e acrescentam que ainda não houve sinais do surgimento de novo ciclo. “É um mistério, porque os campos magnéticos do 24º ciclo continuam no Sol, sete anos depois do ciclo ter atingido seu máximo em 2012″, assinalaram.

Sendo significativamente intensas, as erupções solares podem causar danos a equipamentos espaciais, desde espaçonaves e instrumentos de diferentes satélites que orbitam próximo ao nosso planeta até inteiras redes de energia no planeta, particularmente durante os períodos de enfraquecimento do escudo magnético que normalmente protege a Terra da radiação solar e cósmica.

Em 2011, a Academia Nacional de Ciências dos EUA calculou que a repetição de uma erupção solar tão intensa quanto à de 1859 poderia causar dois trilhões de dólares de danos iniciais e levar mais de uma década para ser reparada.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Em contexto de tensão na Síria, diplomacia boicota jogo entre França e Turquia

A polícia reforçou suas equipes nos arredores do estádio. Já os responsáveis pela segurança dentro do Stade France passarão dos 1.200 habituais para 1.400 homens. Há temores de que torcedores turcos e militantes pró-curdos se enfrentem …

Enterros verdes: Paris inova e inaugura seu primeiro cemitério sustentável

O cemitério de Ivry-sur-Seine, no subúrbio de Paris, reservou uma área de 1.560 metros quadrados para enterros sustentáveis. A nova ala deverá ajudar a diminuir o impacto gerado pelos enterros tradicionais. A contaminação do solo e …

Microsoft quer levar internet a mais de 40 milhões de pessoas em 2022

A inicativa Airband, desenvolvida pela Microsoft, está sendo expandida com a meta de conectar mais de 40 milhões de pessoas à internet até julho de 2022. Lançado em 2017, o programa visa o aprimoramento da internet …

Abandonados, curdos encontram em inimigo dos EUA um aliado

Regime sírio, um aliado russo, desloca tropas para a fronteira em apoio a milícias curdas, que estão sendo atacadas pela Turquia desde que perderam apoio de Trump. Nova aliança representa reviravolta no conflito. As Forças Armadas …

Experimento quântico indica que viagem no tempo é possível

Utilizando um computador quântico cientistas conseguiram fazer com que a máquina voltasse em uma fração de segundo ao passado mostrando que a viagem no tempo é possível. Viajar ao passado é um dos maiores sonhos da …

Dobram os focos de queimadas em terras indígenas da Amazônia

Números são os maiores desde 2011. Parque do Xingu registrou o total mais alto de sua história. Segundo Ipam, aumento se deve à ação de invasores em combinação com período de secas intensas. Dados do Instituto …

Obesidade cresce de forma acelerada no Brasil e se aproxima da taxa dos países ricos, indica OCDE

A quantidade de pessoas obesas no Brasil cresceu de forma mais acelerada que a média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Agora, o Brasil se aproxima da taxa do problema …

É detectado quando asteroide recém-descoberto poderia impactar Terra

A Agência Espacial Europeia (ESA) acrescentou um novo asteroide à sua lista de perigos porque esse corpo celeste pode colidir com a Terra dentro de 65 anos. O asteroide se chama 2019 SU3, tem um diâmetro …

Queniano completa maratona em menos de duas horas

O queniano Eliud Kipchoge fez história no atletismo neste sábado (12/10) ao se tornar a primeira pessoa a correr uma maratona em menos de duas horas. O atleta de 34 anos terminou a prova clássica …

Chineses detectam novos sinais de rádio vindos do espaço

Novas dezenas de rajadas rápidas de rádio foram detectadas pelo maior radiotelescópio esférico do mundo localizado em Guizhou, China, disse especialista à Sputnik Internacional. O achado foi feito por astrofísicos chineses que estão estudando minuciosamente as …