Explosão solar lançará o caos na Terra (só não se sabe quando)

Uma avassaladora tempestade solar pode afetar a Terra com consequências trágicas para “o mundo inteiro”. O alerta é de um especialista da Agência Espacial Europeia (ESA) que avisa: a chegada desse evento, resultado de uma explosão solar, é uma certeza, só não se sabe quando vai acontecer.

As explosões solares resultam da reorganização ou do cruzamento das linhas do campo magnético situadas perto das manchas solares, como explica a NASA. Essas explosões de energia liberam “muita radiação para o espaço” e, se forem “muito intensas”, podem “interferir com as comunicações de rádio” na Terra, acrescenta a agência espacial.

Por vezes, essas explosões solares são “acompanhadas por um evento conhecido como Ejeção de Massa Coronal (CME, na sigla em inglês) que libera “enormes bolhas de radiação e partículas do Sol”, destaca-se no site da NASA.

Quando as partículas da CME “alcançam áreas próximas da Terra, podem gerar luzes intensas no céu, chamadas auroras”, mas quando é particularmente forte, também pode “interferir em redes de energia elétrica” e, na pior das hipóteses, “pode causar escassez de eletricidade e falta de energia”, releva a NASA.

Estas são “as explosões mais poderosas do Sistema Solar“, sustenta a agência. E “se houver uma grande erupção solar, o mundo inteiro será afetado”, alerta o chefe do Gabinete de Meteorologia Espacial da ESA, Juha-Pekka Luntama, em declarações divulgadas pelo jornal inglês Express.

Um evento desses poderia lançar o caos na Terra, destruindo satélites, equipamentos tecnológicos e redes elétricas, com danos potenciais que podem atingir os 14 bilhões de libras (R$ 77 bilhões), salienta o jornal.

“Se a radiação de uma explosão solar atingir a Terra, pode destruir satélites, perturbar redes móveis e outras formas de comunicação”, avisa também o astrofísico Brian Gaensler, da Universidade de Toronto, no Canadá, em declarações citadas pelo jornal inglês Star.

E esses efeitos negativos poderiam se prolongar durante meses ou até anos.

“O Sol parece ser bonito e tranquilo, mas na verdade não é”, frisa Luntama no Express. “Há eventos de partículas solares energéticas em que os prótons e os elétrons são ejetados do Sol e se aproximam da velocidade da luz“, realça, notando que, “quando atingem satélites, podem causar mau funcionamento ou até destruir sua eletrônica”.

Luntama diz que a humanidade tem tido “sorte”, mas lembra o chamado “Evento Carrington”, de 1859, quando um CME fez fios telegráficos se incendiarem em alguns locais. “Não tivemos nenhum tão grande desde então, mas se aconteceu uma vez, vai voltar a acontecer e temos que estar preparados”, alerta.

A missão Lagrange

As declarações de Luntama surgem no âmbito da apresentação da missão Lagrange, com a qual a ESA pretende colocar uma sonda em órbita ao redor do Sol para monitorar sua atividade.

A missão, cujo investimento previsto ronda os 500 milhões de euros, irá ajudar a supervisionar as explosões solares, bem como os CME e outras atividades em torno da estrela. “Podemos ver esses eventos com instrumentos na Terra”, todavia “é um pouco como ser um goleiro com a bola vindo diretamente em nossa direção”, destaca Luntama.

Com a missão Lagangre, será possível “melhorar a capacidade de dar leituras mais precisas” e detectar essas explosões solares antecipadamente para “alertar as pessoas que operam satélites e sistemas de energia”, de modo que consigam “tomar medidas para proteger os equipamentos“, nota o especialista da ESA.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …