Bebês pássaros conseguem se comunicar de dentro dos ovos

O estudo fez experimentos com ovos de Larus michahellis, as gaivotas-de-patas-amarelas. Eles exibiam gravações de pios de alerta para os ovos, que sinalizavam a presença de predadores na região.

Quando os ovos eram expostos a esses sons, eles repetiam a informação para os outros ovos do ninho, e saiam dos ovos com um comportamento muito mais cauteloso do que os filhotes que não ouviram os sons de alerta.

“Esses resultados sugerem fortemente que os embriões de gaivotas são capazes de adquirir informação ambiental relevante através de seus irmãos”, dizem os pesquisadores no artigo científico que detalha o trabalho.

A equipe coletou ovos de gaivotas selvagens de uma colônia de procriação na ilha de Sálvora (Espanha). Neste local há níveis flutuantes de ataques de predadores, especialmente de pequenos carnívoros como o minque, mamífero semelhante à doninha da América do Norte.

Esses ovos foram divididos em grupos de três e colocados em incubadoras. Eles foram classificados em dois grupos: amarelo, que foi exposto aos sons de alerta, e azul, que é o grupo controle.

Noguera & Velando, Nature Ecology & Evolution, 2019

Desses trios de ovos, dois eram removidos quatro vezes por dia (cor escura no diagrama) e colocados em uma caixa à prova de som onde eram expostos aos sons de alerta de predadores. Depois, eram colocados de novo em suas incubadoras originais para ficarem pertinho do ovo que ficou para trás.

Já os ovos dos grupos azuis eram retirados da mesma forma da incubadora, colocados na caixa mas não eram expostos a nenhum som. Depois eles também eram devolvidos.

Os pesquisadores perceberam que os ovos que receberam a mensagem sonora tendiam a vibrar mais na incubadora do que os ovos que ficaram em silêncio na caixa.

O resultado foi que os ovos amarelos demoraram mais para rachar, mesmo os ovos que não foram expostos ao som de alerta. Eles faziam menos barulho ao nascer do que os filhotes do grupo azul. Eles também ficavam mais agachados que os outros, como se estivessem se escondendo.

Os filhotes que receberam a informação de perigo também exibiam maiores níveis de hormônio de estresse e menos cópias de DNA mitocondrial por célula.

Essas alterações físicas indicam que apesar de conseguirem se comportar de forma que melhora suas chances de sobreviver a um ataque, as células desses filhotes têm menor capacidade de produzir energia e crescer.

Ou seja, eles têm mais chance de não serem mortos nos primeiros momentos de vida, mas ficam têm crescimento prejudicado mais tarde.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo indica razão bizarra para a existência de barba nos homens

Humanos são bastante diferentes dos outros grandes primatas no que se refere ao pelo corporal: de forma geral temos bem menos que eles, especialmente as mulheres. Os homens, por outro lado, conseguem produzir uma barba longa, …

EUA querem fechar brecha em regra que bloqueia fornecimento de chips para Huawei

Reguladores dos EUA querem fechar uma brecha na nova regra que bloqueia o fornecimento global de chips para a Huawei. Recentemente, a fabricante chinesa também teve a sua presença prorrogada por mais um ano na …

Objetos escondidos por prisioneiros são descobertos em Auschwitz

Talheres e outros itens encontrados num duto de chaminé de um dos blocos daquele que foi o maior campo de extermínio nazista podem revelar detalhes sobre a vida no local, onde mais de um milhão …

Troca de ministros é exemplo de 'simplificação da política' de Bolsonaro

Constantes mudanças de ministro feitas por Jair Bolsonaro têm "impacto político importante", mas "simplificação da política" praticada pelo presidente o "mantém no cargo", disse sociólogo à Sputnik Brasil. Para Dario Sousa e Silva, professor da Universidade …

Pinguins fazem tour exclusivo em museu fechado por causa do coronavírus

Por todo o mundo a pandemia do novo coronavírus e a quarentena fecharam as portas dos museus, deixando as obras de arte solitárias nos corredores esvaziados das instituições, que já há meses não recebem visitantes. Enquanto …

Esse pode ser o único sintoma de Covid-19 em alguns pacientes

De acordo com publicação da Universidade de Utah, o coronavírus pode causar conjuntivite em casos raros e não parece ser o único sintoma de Covid-19, sendo acompanhada de febre, tosse e falta de ar. Mas …

Spotify reforça ambição de expandir para além do streaming de música

O Spotify teve uma alta em suas ações nessa terça-feira (19), depois de anunciar que terá, com exclusividade, um dos maiores podcasters do mundo na sua plataforma. "The Joe Rogan Experience", um podcast no estilo …

Israel é alvo de ciberataques generalizados

Vários websites de Israel foram atingidos nesta quinta-feira (21) por um ataque cibernético coordenado, com suas páginas principais sendo substituídas por imagens da capital, Tel Aviv, e de outras cidades israelenses em chamas. De acordo com …

Para imprensa europeia, cloroquina se tornou "arma política" no Brasil

A imprensa europeia demonstra surpresa e preocupação com a decisão do governo brasileiro de ampliar o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina para o tratamento de doentes com sintomas leves do coronavírus no SUS. Sites de …

STF libera vídeo de reunião com Moro e Bolsonaro

O ministro Celso de Mello do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu liberar nesta sexta-feira (22/05) a íntegra do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril mencionada pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro, logo …