Blue Origin quer criar habitats espaciais comerciais já na década de 2020

Parece que a Blue Origin, empresa de Jeff Bezos focada em voos espaciais comerciais, está mesmo querendo entrar no novíssimo e vindouro mercado de habitats na órbita da Terra — e pode ter a NASA como cliente, inclusive.

A companhia publicou uma vaga de emprego para o que chamou de “Orbital Habitat Formulation Lead’, sendo que essa pessoa ficará encarregada de liderar o desenvolvimento de estações espaciais comerciais na órbita baixa do nosso planeta.

A ideia da empresa é que as pessoas possam viver e trabalhar no ambiente espacial e, para isso, é preciso criar habitats que permitam essa possibilidade.

E onde a NASA entraria na história? Bom, a descrição da vaga também diz que o trabalho exige “uma compreensão detalhada da NASA”, com essa pessoa sendo “responsável por captar financiamentos e patrocínios externos e internos para estabelecer os sistemas viáveis na década de 2020”.

Isso deixa claro que a NASA é um potencial financiador da iniciativa; logo, faz sentido pensar que a agência espacial poderá desfrutar de tais habitats futuristas.

A descrição completa da vaga informa o seguinte:

Como líder de formulação da Blue Origin para a linha de produtos Orbital Habitat, você liderará o desenvolvimento de conceitos técnicos, estratégias de produtos, casos de negócios, relacionamentos com clientes, alcance de modelagem de mercado, parcerias industriais, abordagens de implementação e cadeia de suprimentos. Em parceria com profissionais de desenvolvimento de negócios, você desenvolverá uma compreensão detalhada da NASA, outras necessidades governamentais e comerciais, e orientará o desenvolvimento iterativo da estratégia do produto. Você será responsável por obter financiamento de patrocínio externo e interno para estabelecer sistemas de destino viáveis na baixa órbita da Terra ​​na década de 2020. Você terá um impacto direto na história do voo espacial humano.

A empresa também disse que sua ideia é “fundamentalmente diferente” de estações espaciais como a ISS, uma vez que elas foram projetadas para “equipes pequenas e profissionais treinados”.

Isso dá a entender que Bezos tem em mente um futuro próximo no qual pessoas que não sejam astronautas e especialistas em atividades espaciais poderão, sim, viver no espaço — e aqui podemos especular que haverá interesses comerciais por trás, não exatamente científicos, uma vez que a Blue Origin é, bem, uma empresa comercial.

E quando a empresa de Jeff Bezos pretende lançar seu primeiro habitat espacial do tipo? Bom, por enquanto, nenhuma data foi especulada.

Mas, dado o anúncio da vaga para um profissional que busque financiamentos e parcerias a esse projeto, e considerando que a “década de 2020” foi mencionada ali, podemos imaginar que isso deverá se tornar realidade muito antes do que se imagina.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …