Bombardeios da Segunda Guerra Mundial chegaram ao Espaço

US Air Force

As poderosas bombas lançadas durante a Segunda Grande Guerra deixaram profundas e claras cicatrizes em terra. Agora, um novo estudo sugere que as consequências podem ter chegado mais longe – até o Espaço.

De acordo com um novo estudo, publicado nesta terça-feira (25) na Annales Geophysicae, os bombardeios causaram ondas de choque que atingiram a borda do Espaço. Como resultado, essas ondas enfraqueceram a atmosfera superior da Terra, a ionosfera.

A pesquisa, realizada por uma equipe de pesquisadores da Universidade de Reading, no Reino Unido, teve como foco essencialmente nos grandes bombardeios das cidades alemãs, que foram atingidas pelas forças aliadas.

Segundo o estudo, as ondas de choque produzidas pelas bombas lançadas sobre as cidades europeias há quase 80 anos foram fortes o suficiente para enfraquecer a atmosfera superior eletrizada – a ionosfera – acima do Reino Unido – a 1.000 quilômetros de distância.

Os pesquisadores utilizam esses dados para compreender melhor de que forma as forças naturais – como raios, erupções vulcânicas e terremotos – também afetam a atmosfera superior da Terra, nota a Europa Press.

“As imagens das cidades da Europa reduzidas a escombros devido a ataques aéreos em tempo de guerra são um lembrete duradouro do tipo de destruição que as explosões artificias podem causar”, explicou Chris Scott, professor de Física do Espaço.

Contudo, destaca o cientista, “o impacto dessas bombas na atmosfera da Terra nunca tinha sido analisado até agora”. “O que não perceberam na época da Guerra é que os registros ionosféricos realmente contêm as assinaturas da guerra em si”.

É assombroso ver como as ondas causadas por explosões provocadas pelo Homem podem afetar a borda do Espaço. Cada ataque liberou uma energia de, pelo menos, 300 raios. E a enorme energia envolvida nos permitiu identificar como os eventos na superfície da Terra podem também afetar a ionosfera”, continuou em comunicado.

Para o estudo, os pesquisadores observaram e analisaram os registros diários no Radio Research Center em Slough, no Reino Unido, coletados entre 1943-45.

A ionosfera afeta várias tecnologias modernas, como comunicações de rádio, sistemas de GPS, radiotelescópios e alguns radares de alerta. No entanto, a extensão do impacto sobre as comunicações de rádio durante a Segunda Guerra Mundial ainda não é clara.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Químicos usados em panelas e roupas tornam os pênis menores

Um novo estudo científico concluiu que a exposição a altos níveis de compostos perfluoroalquílicos, mais conhecidos por PFCs, atrofia o crescimento dos órgãos sexuais masculinos, tornando os pênis menores e afetando também a fertilidade dos …

Atriz pornô é condenada a pagar 293 mil dólares a Donald Trump

Stormy Daniels foi condenada a pagar 293 mil dólares a Donald Trump para cobrir os gastos do presidente dos EUA com a Justiça. A atriz pornô Stormy Daniels, cujo nome real é Stephanie Clifford, foi condenada …

McDonald's vai reduzir uso de antibióticos na produção da carne

A resistência aos antibióticos representa uma ameaça à saúde global e à segurança alimentar. Quanto mais antibióticos são dados ao gado, mais rapidamente as bactérias podem se adaptar e se tornar resistentes. Quando se trata de …

Uma tonelada de chocolate invadiu as ruas de uma cidade na Alemanha

Um “rio” de chocolate invadiu as ruas de Werl, na Alemanha, esta semana. Um tanque de uma fábrica local produtora de chocolate transbordou, derramando cerca de uma tonelada de chocolate nas ruas da cidade, se …

Sonda da NASA captou o som do vento em Marte

A sonda InSight da NASA pousou em Marte em 26 de novembro, tendo a missão de estudar o interior do Planeta Vermelho. Por enquanto, nos presenteou com o som do vento no nosso planeta vizinho. No …

Voyager 2 da NASA já entrou no espaço interestelar

Pela segunda vez na história, um objeto feito pelo homem alcançou o espaço entre as estrelas. A sonda Voyager 2 da NASA saiu da heliosfera – a bolha protetora de partículas e campos magnéticos criada …

Freiras desviam 500 mil de escola católica para jogar em Las Vegas

Duas freiras norte-americanas admitiram terem desviado fundos escolares estimados em 500 mil de dólares para realizarem viagens aos cassinos de Las Vegas, anunciou esta semana a arquidiocese de Los Angeles. O desvio de fundos destinados a …

Uma selfie em meio aos protestos em Paris: “metáfora do nosso tempo”

Uma foto do jornalista russo Ilya Varlamov está correndo o mundo, sendo considerada por muitos internautas como um documento que “capta de forma precisa o espírito da nossa era”. A imagem de uma jovem tirando uma selfie …

Experiências de quase-morte: luz no fim do túnel pode ter explicação

Pessoas que estiveram à beira da morte afirmam ter visto uma luz branca brilhante no fim de um túnel e encontrado familiares ou animais de estimação. Apesar do tom sobrenatural, a ciência consegue explicar o …

Setenta anos depois, teste de DNA reúne mãe e filha pela primeira vez

Genevieve achava que sua bebê recém-nascida tinha morrido no parto. Mas não: foi adotada por uma família da Califórnia que mentiu sobre suas origens. Agora, mãe e filha se conheceram graças a um teste de …