Último aviso da Cassini: se for a Saturno, leve guarda-chuva

NASA / JPL-Caltech

A sonda Cassini da NASA

Se você está pensando em fazer uma viagem até Saturno, temos um conselho: não se esqueça do guarda-chuva. Cientistas norte-americanos descobriram recentemente que os anéis de Saturno podem produzir um tipo de chuva.

A sonda Cassini viveu em setembro os seus últimos momentos de vida. Em 1997, a sonda foi lançada pela NASA com o objetivo de estudar profundamente o planeta Saturno, suas luas e arredores. No final do ano de 2004, soltou a sonda Huygens na superfície da lua Titã e dedicou seus últimos 13 anos de vida a orbitar o “senhor dos anéis”.

Cassini sempre surpreendeu os astrônomos e, como seria de se esperar, seus últimos momentos não foram exceção. Um artigo, publicado na revista Science esta semana, é a prova disso.

Segundo a HypeScience, o estudo analisa a ionosfera de Saturno, um segmento da atmosfera superior preenchido com partículas que adquiriram uma carga magnética. A ionosfera apresentou variações que intrigaram os cientistas, como a temperatura e densidade, que sugeriram algumas explicações possíveis para o fenômeno.

Os registros mostraram que os anéis “lançam sombras sobre Saturno”, o que pode provocar um tipo de chuva – um fato desconhecido até então. Além das “nuvens” criadas pelos anéis, o comportamento anormal da ionosfera pode também ser explicado pela ocorrência de ventos fortes ou até por uma “chuva de anéis” congelada.

Os anéis de Saturno são constituídos por sete anéis principais, separados por algumas faixas vazias, com partículas de gelo, poeira, água e material rochoso com tamanhos variados.

A ionosfera, localizada a uma altitude entre os 2,6 mil e os 4 mil quilômetros, apresenta uma ionização reduzida em regiões onde a radiação ultravioleta solar é bloqueada pelos anéis. Ou seja, isto faz com que a atmosfera de Saturno mude, de maneiras desconhecidas até então, provocando, por exemplo, a “chuva de Saturno”.

“Estas são as primeiras observações diretas da ionosfera superior de Saturno”, afirma William Kurth, cientista da Universidade de Iowa, nos EUA. Segundo o cientista, este é o primeiro estudo de muitos outros que poderão ser feitos sobre a ionosfera de Saturno e suas interações com os anéis.

Esta não é, porém, a primeira vez que as chuvas dos anéis são apontadas como uma explicação para os fenômenos de Saturno. Desde de 2013, os cientistas acreditam que podem ser a causa para misteriosos sinais de rádio, algo que vinha sendo discutido desde os anos 1980.

Ainda que seja uma explicação viável, não pode ser apontada como uma certeza absoluta. Kurth acredita que a resposta definitiva surgirá de futuras observações de rádio e de plasma, que fornecerão a base para possíveis missões de retorno ao sistema saturniano.

Ciberia // HypeScience / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Eduardo Bolsonaro desiste de ser embaixador nos EUA

Filho do presidente anuncia decisão após conquistar liderança do PSL na Câmara e em meio à incerteza sobre apoio de senadores à sua indicação à embaixada. Deputado diz que fica no Brasil para defender pauta …

Após coletes amarelos, Macron enfrenta crise e onda de suicídios no meio rural

Agricultores franceses protestaram nesta terça-feira em toda a França contra o que chamam de “agribashing”, ou, em tradução livre da expressão em inglês, uma "agressão violenta" (“bashing”) contra o setor. O fenômeno se repetiu na Alemanha, …

Sujar-se de terra é o mais moderno e eficaz antidepressivo de acordo com este estudo

Com a depressão já diagnosticada como a doença do século XXI, em um mundo cada vez mais tomado por medicamentos como a agomelatina, amitriptilina, escitalopram, mirtazapina e paroxetine – entre tantos outros – , a …

Patenteado material que permite ocultar objetos e é chamado capa de invisibilidade

A empresa canadense fabricante de uniformes de camuflagem para militares, HyperStealth Biotechnology, anunciou quatro pedidos de patente, todos relacionado ao Quantum Stealth. O material também é chamado de “capa de invisibilidade”. O inventor dos quatro pedidos …

Netanyahu desiste de formar governo em Israel

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, renunciou, nesta segunda-feira (21), à tarefa de formar um novo governo. O presidente Reuven Rivlin informou que entregará a missão ao opositor Benny Gantz. O primeiro-ministro anunciou a decisão nas redes …

'Nunca houve tanta interferência de uma família dentro de um poder', diz Joice sobre governo

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) declarou nesta segunda-feira (22) que "nunca houve tanta interferência de uma família dentro de um poder" como existe no governo do presidente Jair Bolsonaro. Após ser retirada da função de …

"Táxis de cocaína" são problema crescente em Berlim

Aumento do número de veículos que entregam drogas diretamente na casa dos usuários preocupa a polícia berlinense. A cocaína perde apenas para a heroína como causa de mortes relacionadas a drogas na capital alemã. A polícia …

A casa da Barbie existe na vida real – e você pode se hospedar lá

Possivelmente a mais célebre e vendida boneca do mundo, a Barbie costumava sugerir uma vida de luxo e deleite ao imaginário da criançada que cresceu – e ainda cresce – inventando uma vida enquanto brinca …

Eleição na Bolívia: Resultados parciais indicam 2º turno inédito entre Evo Morales e Carlos Mesa

Com quase 90% dos votos contabilizados, resultados parciais da eleição realizada neste domingo na Bolívia indicam que o atual presidente Evo Morales não teve votos suficientes para garantir já sua vitória, caminhando para disputar com …

Voo mais longo e sem escalas da história pousou em Sydney

O voo mais longo e sem escalas da história pousou nesse domingo (20) em Sydney, 19 horas e 16 minutos após a decolagem, em Nova York. Foi um teste da companhia australiana Qantas, que pretende …